A Receita Federal lançou uma versão renovada do aplicativo do Imposto de Renda – Pessoa Física nesta segunda-feira (3) com uma ferramenta deveras interessante: o rascunho para a declaração que será entregue só no próximo ano. O objetivo do software é facilitar na organização dos pagamentos e rendimentos. Quando for preencher a declaração e finalizar o documento para enviar aos servidores da Receita, o cidadão poderá importar as informações diretamente do app.

App pode ser baixado nas lojas do Google e Apple

App pode ser baixado nas lojas do Google e Apple

O governo brasileiro foi ligeiro em informar, ainda nesta segunda-feira, que as informações salvas no aplicativo não serão utilizadas de nenhuma outra forma. É bem verdade que os dados serão enviados para a nuvem da Receita Federal, mas o Planalto sustenta que o backup vai ficar lá, sem qualquer tipo de análise, até que o contribuinte efetivamente finalize a declaração do imposto de renda e envie o documento.

A facilidade será principalmente na hora de preencher informações como a venda de carro, consulta médica e o rendimento de trabalhador liberal. Para tanto, será preciso cadastrar o CPF e uma senha. Esta combinação de login e senha vai dar acesso à plataforma nos mais variados dispositivos – segundo promessa do órgão.

De acordo com a Receita, o programa vai aceitar a entrada de informações até 28 de fevereiro de 2015. A partir de 1º de março, haverá a opção de transportar os dados do modo de rascunho para a declaração definitiva.

Também pelo app será possível acompanhar o processamento de declaração, para lá na frente saber se a Receita vai efetivamente devolver aquilo que foi estimado quando a declaração foi preenchida, ou se você terá que desembolsar uma grana corrigindo algo.

Segundo reportagem do G1, o rascunho do IRPF tende a ser mais usado pelos contribuintes que optam por fazer o modelo completo de declaração. Nele, há o abatimento de despesas médicas e gastos com dependentes. Quem opta pelo modelo simples de IRPF poderá tirar proveito do software para cadastrar a venda de um imóvel ou veículo.

O aplicativo IRPF está disponível para download gratuito na Google Play e na App Store (iPhone). Vale lembrar que seu uso é completamente opcional. Entretanto, parece ser uma boa já ir se adaptando à plataforma. A cada ano que passa, a prestação de contas ao leão está mais informatizada. Melhor aprender de vez a lidar com a ferramenta.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Domingos Tavares
E os APPs pra Android são escritos em Java. =P
Domingos Tavares
Precisam sim. Mas vocês podem usar no Windows+BlueStacks.
Keaton
Eu ia falar "pelo menos não é java"... ops... o aplicativo do imposto de renda é java. =P
Josiel Hen
"Vale lembrar que seu uso é completamente opcional", mas eu me consolido com a causa hahah
Bruno Eduardo
app horroroso! nem me preocupo de não disponibilizarem p meu windows phone :P
Guilherme da Silva Manso
Que app horroroso! Triste ver que muito dos apps feitos no Brasil usam interfaces de 10 anos atrás, como se tudo fosse navegado por mouses ainda. Infelizmente o Brasil ainda é bem fraco nessa área...
Luciano Rocha
Nós com Windows Phone não precisamos declarar então?