Início » Celular » Versão KitKat já está presente em mais de 30% dos dispositivos Android

Versão KitKat já está presente em mais de 30% dos dispositivos Android

Emerson Alecrim Por

O Google iniciou a semana não só disponibilizando o Android 5.0 Lollipop oficialmente como também divulgando os números mais recentes da adoção das demais versões da plataforma. O destaque fica para o Android 4.4 KitKat que, com um ano de mercado, conquistou 30,2% de participação.

Android KitKat

Esta porcentagem faz do Android 4.4 a versão mais utilizada da atualidade, exceto se considerarmos um detalhe: as versões 4.1, 4.2 e 4.3 têm o mesmo codinome, Jelly Bean; juntas, elas representam 50,9% dos dispositivos móveis com Android.

Apesar de marcar presença em mais da metade dos aparelhos, o Android Jelly Bean já sente o "peso da idade". Os dados recém-divulgados dizem respeito a outubro de 2014. O relatório anterior, de setembro, mostrou que a participação conjunta das versões 4.1, 4.2 e 4.3 era de 53,8%. Houve uma queda de quase 3 pontos percentuais, portanto. No mesmo mês, o Android KitKat registrou 24,5% de mercado.

Mercado do Android - outubro de 2014

Mais do que evidenciar que Android 4.4 vem, conforme o esperado, ganhando espaço, estes números indicam que a fragmentação do Android - até hoje, um dos aspectos mais criticados da plataforma - já não é tão significativa quanto antes, embora continue importante. Basta somarmos os "sabores" Jelly Bean e KitKat para vermos que 81,1% dos dispositivos rodam versões mais atuais do Android.

O Google não informou quais partes dos novos números correspondem a aparelhos novos. De qualquer forma, é provável que porcentagens tão significativas tenham sido auxiliadas por políticas de atualização mais abrangentes - os fabricantes estão entendendo que disponibilizar versões recentes do Android para aparelhos já comercializados soma pontos em um mercado tão disputado.

As expectativas agora recaem sobre o Android 5.0, obviamente. Será que a nova versão conseguirá superar os números do Android KitKat? Se positivo, em quanto tempo? Como o Lollipop está apenas começando a chegar no mercado, os números liberados a partir de janeiro de 2015 é que nos darão margem para estimativas mais precisas.

Com informações: Android Central

Atualizado às 18:30

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tales Cembraneli Dantas
Acho que se a MS atualizasse com mais frequência seus SOs com versões intermediárias como por exemplo WP7,1 WP7,2, etc... seria tratada da mesma maneira...
Fernando Lima
Não é difícil, é impossível já que a maioria esmagadora são de low/mid-ends, logo sem updates...
Cassio
O legal é que ele fala em "JÁ" está em 30%. Após um ano é já. Que bom que são otimistas.
J E F F E R S O N
Com coisa que so a Samsung faz isso, engraçado.
Marcelo
Nada... WP e MS injustiçado?...nem, são tão filhos da mãe quantos os outros... Meu comentário mesmo foi sobre como parece ter panos quentes em alguns blogs... Já li o absurdo de um blog ai famoso, no review do Surface RT usar boa parte do texto pra reclamar que o tablet só rodava app e não programa de desktop...rss
Marcelo
Espero que sim... mas "maioria esmagadora dos telefones com KK receberão Lollipop"...acho meio difícil...
Wendel Schelhan
No Android 7.0 talvez o Facebook pense em reestruturar o app deles. Talvez.
Wendel Schelhan
Bom, maioria esmagadora dos telefones com KK receberão Lollipop.. Não digo todos pois não desprezo aqueles low/mid cost da Samsung que vêm com KitKat.. Já são obsoletos antes mesmo de lançados..
Vader

"O Google não informou quais partes dos novos números correspondem a aparelhos novos."

acredito que se deva a isso, não? mas enfim, por um lado você está certo. mas não vamos fazer com que o WP seja O Injustiçado, né? rs

Bruno Brito
"O Google não informou quais partes dos novos números correspondem a aparelhos novos." acredito que se deva a isso, não? mas enfim, por um lado você está certo. mas não vamos fazer com que o WP seja O Injustiçado, né? rs
Marcelo
Sim sim...eu sei de tudo isso... A questão nem foi Android ou WP...é que é engraçado como existem colocações diferentes em matérias sobre Android (Google) e WP (MS) em alguns blogs... O texto tende a fazer uma analise onde a fragmentação do Android é minimizada... mas inclui a versão mais antiga do android para, talvez, criar a ilusão de baixa fragmentação... Mas não conta que entre 4.1 e 4.4, quantos aparelhos de fato foram atualizados...e nem que, obviamente, desde o lançamento do JB em 2012, todos os novos celulares vendidos já saiam de fabrica com no minimo 4.1 A brincadeira é...e se isso fosse com a MS????
Vader

interpretação.

o WP 7 é absolutamente diferente do 8, tanto é que o kernel é diferente. eu diria que o KK é apenas uma evolução leve do JB - em questão de hardware quase não há incompatibilidade (se não levarmos em consideração as skins, claro). o que falta é vergonha na cara das fabricantes.

o WP 7 foi apenas um experimento da Microsoft, que morreu pouco tempo depois pela absoluta reformulação da linha, o que tornou aparelhos como o ótimo Lumia 800 incompatíveis com o novo sistema.

Bruno Brito
interpretação. o WP 7 é absolutamente diferente do 8, tanto é que o kernel é diferente. eu diria que o KK é apenas uma evolução leve do JB - em questão de hardware quase não há incompatibilidade (se não levarmos em consideração as skins, claro). o que falta é vergonha na cara das fabricantes. o WP 7 foi apenas um experimento da Microsoft, que morreu pouco tempo depois pela absoluta reformulação da linha, o que tornou aparelhos como o ótimo Lumia 800 incompatíveis com o novo sistema.
Gabriel Arruda
Muito bom, todos achavam que isso iria piorar mas no final das contas acabou melhorando. Acho que o maior problema dessa fragmentação é nos momentos de ruptura, como será agora e foi na versão 4.0. Demorou muito para os aplicativos se tornarem Holo, espero que seja mais rápido com Material Design.
Roberto
Grande parte da culpa dessa fragmentação é culpa da Samsung que lança um milhão de modelos e atualiza apenas alguns.
Exibir mais comentários