Início » Celular » Gorilla Glass 4 (finalmente) quer proteger seu smartphone contra quedas

Gorilla Glass 4 (finalmente) quer proteger seu smartphone contra quedas

Por
5 anos atrás

gorilla-glass-4

Vamos quebrar um mito que muitas pessoas ainda tomam como verdade: o Gorilla Glass não protege seu smartphone contra quedas; ele funciona apenas como uma proteção contra arranhões. É por isso que muitos aparelhos com Gorilla Glass quebram quando caem no chão: porque vidros… quebram. Mas a Corning anunciou nesta quinta-feira (20) o Gorilla Glass 4, que pretende ao menos amenizar esse problema.

Para desenvolver o Gorilla Glass 4, a Corning analisou centenas de telas quebradas e descobriu o que você já sabia: a maneira mais frequente dos aparelhos quebrarem (mais de 70% dos casos) é quando o vidro do display entra em contato com superfícies duras e ásperas, como o concreto. Por isso, a Corning passou a fazer um novo teste de resistência: queda do vidro em uma lixa para simular uma superfície áspera.

O teste consiste em derrubar vidros a uma altura de 1 metro em uma superfície áspera. Os resultados da Corning mostraram que o Gorilla Glass 4 resistiu por até 80% do tempo. Em relação ao Gorilla Glass 3 e outros vidros de aluminosilicato, o Gorilla Glass é duas vezes mais duro, logo, você deverá ter menos problemas com riscos — mas sempre é bom lembrar que celular e molho de chaves no mesmo bolso não combinam.

Ou seja, com 80% do tempo resistindo a pequenas quedas, o Gorilla Glass 4 não é um vidro inquebrável — mas ainda assim é uma grande melhoria em relação ao Gorilla Glass 3 e aos outros vidros de aluminosilicato. A Corning diz que os vidros de soda-cal, que ainda são usados em alguns aparelhos, quebram “em quase 100% do tempo” quando caem.

A Corning já está distribuindo o Gorilla Glass 4 para as fabricantes, então é provável que seu próximo smartphone possua a nova tecnologia.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.