Início » Internet » Google lança Contributor, serviço de crowdfunding para sites (ou quase isso)

Google lança Contributor, serviço de crowdfunding para sites (ou quase isso)

Emerson Alecrim Por
5 anos atrás

O Google lançou, nesta quinta-feira (20), um serviço que promete ajudar editores na obtenção de receita com seus sites: o Contributor. A ideia consiste em fazer com que os visitantes mais assíduos destas páginas tenham a opção de contribuir com pequenos valores mensais.

Em troca, o assinante deixará de visualizar peças publicitárias que aparecem no site (desde que estas façam parte da rede de anúncios do Google, é claro). No lugar, surgirão discretas mensagens de agradecimento. Em alguns casos, especialmente em acessos via dispositivos móveis, os espaços para anúncios sumirão completamente.

A não exibição de anúncios é possível apenas nos sites que recebem contribuições. O valor do pagamento do usuário será dividido entre os endereços participantes que ele acessar. Nos demais, as peças aparecem normalmente.

Google Contributor

Os valores são mesmo modestos. A princípio, o Google Contributor permite contribuições de US$ 1, US$ 2 ou US$ 3 por mês. Os débitos são feitos a partir das opções de pagamento que o usuário tem em sua conta no Google.

A ideia é interessante por ser quase um “meio-termo” entre a sustentação de um site com anúncios e o modelo de paywall (pague para acessar). Contribuindo ou não, o conteúdo aparecerá para o usuário. A exibição de publicidade é que é negociável.

Mas será que a proposta vinga? É o que o Google está tentando descobrir: por enquanto, o Contributor está limitado a um pequeno número de sites nos Estados Unidos. Entre eles estão imgur, Mashable e wikiHow. Usuários interessados devem se cadastrar nesta página e aguardar convite.

Vale destacar que o Google não está sozinho em sua tentativa de ajudar (ou seja lá quais forem as suas reais intenções) editores. Serviços como Flattr e Patreon possuem finalidades parecidas, embora tenham modos distintos de funcionamento.

Atualizado às 20:10

Com informações: GigaOM

Mais sobre: ,