Início » Internet » Java, Silverlight e outros plugins NPAPI deixarão de funcionar no Chrome em 2015

Java, Silverlight e outros plugins NPAPI deixarão de funcionar no Chrome em 2015

Paulo Higa Por
5 anos atrás

O Google anunciou em setembro de 2013 que estava planejando remover o suporte a plugins NPAPI do Chrome. O NPAPI foi criado originalmente para o Netscape, funcionou no Internet Explorer e chegou até os navegadores atuais, mas tem problemas de desempenho e segurança. Em setembro de 2015, plugins baseados na tecnologia deixarão de funcionar permanentemente no navegador do Google.

As estatísticas do Google mostram que a adoção desses plugins caiu significativamente nos últimos meses. O Java é um dos principais afetados: em setembro de 2013, era usado mensalmente por 8,9% dos usuários do Chrome; em outubro de 2014, o uso caiu para apenas 3,7%. Devido às constantes falhas de segurança, o plugin do Java é bloqueado por padrão, e o usuário precisa ativá-lo manualmente caso queira usá-lo.

chrome-icone

O Silverlight também está sumindo, mas num ritmo mais lento: no mesmo período, foi de 15% para 11%. Boa parte da queda certamente tem a ver com a substituição do Silverlight pelo HTML5 pela Netflix, uma das poucas plataformas que ainda dependia do plugin da Microsoft para fazer streaming adaptativo de vídeo e proteger o conteúdo por direitos autorais — o HTML5 já possui extensões que oferecem esses recursos.

O cronograma prevê que o NPAPI será desativado por padrão no Chrome em abril de 2015 e as extensões que exigem esses plugins serão removidas da Chrome Web Store. Usuários avançados que realmente precisarem do NPAPI poderão ativá-lo manualmente em chrome://flags/#enable-npapi. Em setembro de 2015, a ideia é remover totalmente o suporte ao NPAPI do Chrome.

De certa forma, dá para dizer que o Google amarelou nos seus planos — inicialmente, a empresa planejava acabar de vez com o NPAPI até o final de 2014, o que não vai acontecer. Com o novo cronograma, os desenvolvedores e as empresas que ainda dependem desses plugins terão mais alguns meses para fazer a transição.

O Flash, um dos plugins mais conhecidos, não será afetado pela decisão porque usa o PPAPI, tecnologia mais segura desenvolvida pelo Chrome. Até o momento, nem Microsoft e nem Oracle informaram se pretendem lançar novas versões do Silverlight e do Java para que eles continuem funcionando no Chrome.

Você pode se interessar também

Mais sobre: ,