black-friday

A Black Friday, data em que as lojas costumam vender produtos por valores menores que o normal, acontecerá nesta sexta-feira (28). Para não ser enganado, faça uma pesquisa de preço, para ver se o desconto que está sendo oferecido é verdadeiro, e evite algumas lojas que já causaram problemas no passado. O Procon-SP atualizou sua lista negra, que atualmente conta com 449 lojas não recomendadas.

As 449 lojas tiveram reclamações de consumidores registradas no Procon-SP e não responderam ou não foram encontradas pelo órgão. Em outubro e novembro, 16 lojas foram adicionadas à lista de sites de compra que devem ser evitados no Brasil, incluindo nomes como a Lucunha Store, que fazia campanhas com famosos no Instagram para tentar convencer as pessoas de que a loja entregava os produtos.

A lista completa segue abaixo:

O Procon-SP estará de plantão durante a Black Friday e registrará reclamações no telefone 151 (cidade de São Paulo) e nesta página. Além de tomar os cuidados acima, a recomendação é salvar todas as informações do seu pedido para comprovar a compra. Caso a loja online fique instável ou o preço varie durante a compra, reclame: se a oferta for comprovada, a loja deverá cumpri-la.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Paulo Rochel
link pra que né
Bruno B.

Cade ?

Bruno Valente
Cade ?
popxd
A DICA é: Faça compra em sites de lojas conhecida nacionalmente, que usam os meios de comunicação tradicionais para se divulgar.
Mario

Que bom que adicionaram o Aikade, nem sabia q tava lá desde 2013.

Mario Porfírio Souza
Que bom que adicionaram o Aikade, nem sabia q tava lá desde 2013.
tuneman

coloca a Saraiva aí tambem. Tem um monte de gente reclamando la no Gatry.
Hoje anunciaram um Moto D3 por 269 e não dá pra comprar!
Pior os relatos de quem pagou o boleto e recebeu o aviso que nao havia mercadoria em estoque.

Rafael Machado de Souza
coloca a Saraiva aí tambem. Tem um monte de gente reclamando la no Gatry. Hoje anunciaram um Moto D3 por 269 e não dá pra comprar! Pior os relatos de quem pagou o boleto e recebeu o aviso que nao havia mercadoria em estoque.
Jedielson Almeida
Vou acompanhar pelo Buscapé (histórico de preços) e junto da garfanhotada no Hardmob :v
michelblopes
Creio que muita gente é lesada pecando pelo óbvio: Não desconfiar de valores muito baixos. Sou meio cabreiro com compras online. Sempre compro, mas de lojas confiáveis. Já vi algumas das lojas da lista, mas nunca me passou pela cabeça comprar.
Rafael Oliveira

É spam essa propaganda ai? Sei lá, comentários muito iguais.

De fato existe mais de uma opção de comparador de preços, que mostra o histórico de variação de preços.

Alisson Santos

Existe um site de comparação de preço que só exibe resultados de lojas comprovadamente confiáveis (mesmo que você nunca tenha ouvido falar nelas). Além disso, o site possui um gráfico que mostra a variação de preço do produto pesquisado no decorrer do ano, assim você fica sabendo se as ofertas do Black Friday são realmente as melhores do ano.

Alisson Silva
Existe um site de comparação de preço que só exibe resultados de lojas comprovadamente confiáveis. Além disso, o site possui um gráfico que mostra a variação de preço do produto pesquisado no decorrer do ano, assim você fica sabendo se as ofertas do Black Friday são realmente as melhores do ano.
Guest
Prefiro acompanhar as ofertas pela Econovia, o comparador mostra apenas marcas e lojas conhecidas e tem gráfico com histórico diário de preços. Dizem que na sexta vão atualizar os valores a cada 10 minutos.
Leandro Lacerda
Prefiro acompanhar as ofertas pela Econovia, o comparador mostra apenas marcas e lojas conhecidas e tem gráfico com histórico diário de preços. Dizem que na sexta vão atualizar os valores a cada 10 minutos.