Início » Computador » Intel apresenta processadores Core i3, i5 e i7 de quinta geração para laptops

Intel apresenta processadores Core i3, i5 e i7 de quinta geração para laptops

Emerson Alecrim Por

A presença da Intel na CES costuma indicar que mais processadores vêm por aí, certo? Certo: nesta segunda-feira (5), a companhia anunciou novos modelos Core de quinta geração (arquitetura Broadwell) voltados para notebooks, ultrabooks e híbridos.

Chips Broadwell já podiam ser encontrados em laptops, mas dentro da linha Core M. O anúncio de hoje marca a chegada de processadores Core i3, i5 e i7 mais rápidos para o segmento, embora todos os modelos tenham apenas dois núcleos. Versões quad-core são esperadas para o último trimestre do ano.

São 17 chips no total, incluindo dois Celeron e um Pentium, as opções mais baratas. Todos contam com processo de fabricação de 14 nanômetros frente aos 22 nanômetros dos processadores Haswell, a geração anterior.

Intel Broadwell - 28 W

As diferenças entre os lançamentos aparecem principalmente em relação aos recursos gráficos e ao TDP. Os chips mais avançados possuem GPU Iris Graphics 6100 e 28 W. As demais opções têm TDP de 15W, mas GPU HD Graphics 6000, HD Graphics 5500 e, no caso dos chips mais econômicos, HD Graphics.

Intel Broadwell - 15 W

Intel Broadwell - 15 W

O ganho de desempenho em relação à geração anterior é destacado pela Intel, assim como o menor consumo de energia, mas não dá para esperar diferenças gritantes aqui. A explicação está na estratégia "tick-tock", onde a Intel implementa uma tecnologia de fabricação menor (tick) e combina este processo com uma nova arquitetura somente na geração seguinte (tock).

Chips Broadwell são considerados "tick": apresentam dimensões menores em relação à família Haswell, mas compartilham muitas das características desta. Consequentemente, a próxima geração (Skylake) é que deverá ter um incremento substancial de performance.

Os primeiros dispositivos equipados com os novos processadores Broadwell deverão ser lançados já neste trimestre. Os preços oficiais dos chips vão de US$ 107 a US$ 426.

Com informações: AnandTech

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Geraldo Lopes
Quem diria... heim?
César
Vim do futuro apenas para dizer que ela ficou para trás de muita gente em 2017
luiz regis
estou querendo comprar um Notebook, a dúvida minha é a seguinte : O i3 da 5ªgeração tem um desempenho igual ao i5 da 4ª geração?
o i3 aguenta fazer tarefas básicas como assistir video-aulas , abrir PDF e Chrome ao mesmo tempo ou vai travar?
Obrigado!
Rafael Andrade
Já que estamos nesse assunto de processadores Intel, espero que alguém aqui consegue responder uma dúvida:
Tenho um note com i3-2310M + GeForce GT540M e estou pensando em trocar por um tablet, pela mobilidade, mesmo. As opções seriam o Surface Pro 3 com i5-4300U, Dell Venue Pro com i5-4300Y ou Dell Venue Pro com Core M-5Y10.
As atividades mais comuns seriam navegação web, jogos e apps simples, e-mail + Office, edição de imagens básica e streaming de vídeo. Eu vou sentir alguma diferença para menos no desempenho da CPU+GPU nesses casos?

Se alguém puder responder, obrigado!
Daniel Lobo
Sem concorrência praticamente, a Intel só dá uma lustrada nos chips, diminui o tamanho nos transistores, muda o nome e lança as novidades sem um grandessíssimo salto de desempenho. Enquanto isso, a forte concorrência dos chips para smartphones só o fazem evoluirem cada vez mais.
Geraldo Lopes
.


14 nanômetros... a Intel realmente se supera no fabrico de wafers. Deixa comendo poeira a TSMC, Samsung, GlobalFoundries etc.


.
Artur Bem Mongol
E eu achando que era feliz com um i7 3537U :(
Artur Benchimol
E eu achando que era feliz com um i7 3537U :(
shaolinmaru
São processadores para ultrabooks, não para desktops.

"(...)a companhia anunciou novos modelos Core de quinta geração (arquitetura
Broadwell) voltados para notebooks, ultrabooks e híbridos.(...)"
Edmilson_Junior
E é uma máquina de 2011. O desempenho com bateria é realmente triste mas como ele vive na mesa não me atrapalha. O mundo era mais simples no tempo do meu k6-II 550mhz.
Paulo Higa
Não.


Na geração anterior, o Core i7-4578U (dual-core de 3 GHz) tem desempenho equivalente a um Core i5-4200M (dual-core de 2,5 GHz), mas consumindo menos energia.

Seu 2630QM provavelmente ainda será melhor que todos os novos Core i7 anunciados aqui.
Edmilson_Junior
Mas o desempenho é equivalente a um i7 com 8 Threads? Intel Core i7-2630QM @ 2.00GHz aqui. Vou aguardar os benchmarks para ter uma ideia melhor.
LekyChan
mas o nome deles nunca teve algo com isso
Paulo Higa
São processadores de baixo consumo para ultrabooks (final U). Vários ultrabooks hoje têm Core i7 dual-core. Não faz jus ao nome i7, mas é o que tem para hoje.
Edmilson_Junior
Não entendi isso do i7 ter 2 cores e 4 Threads. Eu havia compreendido que seria i3 =2/4 15=3/6 e i7=4/8, como é o do meu notebook. Um i7 com 2/4 não faria perder o sentido do nome?
Guest
Provavelmente outro soquete. Nem dá pra fazer upgrade naquela placa-mãe gamer que você comprou recentemente.
Alisson Silva
Provavelmente outro soquete. Nem dá pra fazer upgrade naquela placa-mãe gamer que você comprou recentemente.