Início » Jogos » Nintendo encerra venda de jogos e consoles no Brasil devido aos altos impostos

Nintendo encerra venda de jogos e consoles no Brasil devido aos altos impostos

Avatar Por

Se você tem a pretensão de comprar um Wii U, Nintendo 3DS ou qualquer jogo da Big N por aqui, é melhor correr: nesta sexta-feira (9), a Nintendo anunciou à imprensa brasileira a pausa na distribuição dos produtos da gigante de Yamauchi-san. O processo de distribuição, efetuado pela Gaming do Brasil, não vinha apresentando grandes lucros para a Nintendo.

Bill van Zyll, diretor e gerente geral para a América Latina da Nintendo of America, declarou que o encerramento da parceria com distribuidores tupiniquins se deu, principalmente, por "desafios no ambiente local de negócios" que tornaram o Brasil um solo árido para o modelo de distribuição da empresa.

"Estes desafios incluem as altas tarifas sobre importação que se aplicam ao nosso setor e a nossa decisão de não ter uma operação de fabricação local. Trabalhando junto com a Juegos de Video Latinoamérica, iremos monitorar a evolução do ambiente de negócios e avaliar a melhor maneira de servir nossos fãs brasileiros no futuro”, declarou.

super-mario

Curiosamente, em meados de 2013, Reggie Fills-Aime, presidente da divisão americana da Nintendo, abriu ao público suas expectativas para com o mercado brasileiro, declarando que o país apresentava "grande potencial" para receber uma filial da empresa, mas não teria capacidade técnica para produzir os sistemas da marca.

Em 2011, uma mudança de estratégia fez com que os preços dos portáteis da Nintendo no mercado global diminuíssem consideravelmente, tendo refletido, por exemplo, numa redução de 33% no valor do Nintendo 3DS no Brasil.

Contudo, em muito devido às altas taxas de importação, os consoles e jogos da Nintendo tiveram baixo fluxo de vendas no Brasil. Uma coisa puxou a outra, e o mercado nacional só veio a receber a presença do Wii U, lançado oficialmente em novembro de 2012, um ano depois, em novembro de 2013.

Desde 2011, a Nintendo vem passando por uma crise fiscal intensa - que parece ter sido abrandada em 2014, tendo fechado o ano fiscal de 2013 com um prejuízo operacional de US$ 457 milhões.

Apesar de não mais atender o mercado brasileiro, a Juegos de Video Latinoamerica ainda é a distribuidora oficial da companhia na America Latina. Contudo, Bernard Josephs, CEO da JVL garante que sua empresa continuará monitorando o Brasil e avaliando "futuras oportunidades".

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Arthur Fernandes
Pois é, não vejo ninguém discutindo qualquer jogo da nintendo que queira ou goste além de ps4,pc ou xbox, nem vale a pena virem aqui mesmo
The Power Guido
Tu é burro mesmo cara, continuo o que disse, não ter a empresa aqui não impede de ter publishers aqui, isso aconteceu por anos com todas as empresas antes de oficializarem lojas no Brasil. Deixa de ser burro, produtos podem ser importados, não vivemos na eurásia seu burro chupador do bill gates
The Power Guido
RSRS, na verdade tenho PS4, 360 e Wii U, mas de todos prefiro o PC. Não perca seu tempo discutindo, viva no seu mundinho e nunca veja a opnião alheia ou a realidade, entre na vgchartz e olhe o revenue da nintendo, veja qual é no brasil, talvez se surpreenda
Keaton
A Nintendo anda em crise... mas acho que não é só fiscal não... A cambada que cuida das estratégias deve estar usando alguma substancia estragada ou está com uma má vontade incrivel! No brasil, temos fabrica de um zilhão de coisas mais complexas que o Wii U e o 3DS e não tem capacidade para fabricar os mesmos? Seeeeeeei....
Tiago
Ah nem, já saquei da sua, nitendista. Quer saber, nem vou perder o meu tempo!
Tiago
Tu é burro, mesmo, em nitendista. No texto não está escrito que um dos motivos é não termos capacidade técnica? Chupador de consolo Nintendo.
The Power Guido
Aprende a ler cara, não colocar a publisher num pais não quer dizer que não vende nele... Tinha que ser um chupador de Iphone mesmo.
The Power Guido
Eu não explico nada, só que pelo ponto de vista da nintendo acho corrétissimo eles tirarem a própria publisher do brasil, isso diminui o custo num mercado que não é muito lucrativo, e levando em consideração que as vendas do Wii U e 3DS no brasil já está a mais de um ano sendo feita por transação estrangeira, simplesmente não muda nada para eles, só corta os custos. Aliás, montar um PC com a potência do PS4 ou xone sai a metade do valor do video game....
Tales Cembraneli Dantas
eu acho q ela disse os dois... reclamou da parte técnica e dos impostos...
Rafael Luik
A diferença é que as especificações de um PC bom pra jogos, do XOne e do PS4 são desejáveis. Muitos PCs comuns rodam jogos bem hoje em dia seja APU da AMD ou até da Intel (é o que é mais usado na Steam), principalmente se os gráficos dos jogos que a pessoa se interessa forem "nível Nintendo". A pessoa escolhe um desses e não tem dinheiro ou interesse em partir pra um Wii U. O mercado extra que o Wii teve na geração passada a Microsoft roubou com o Kinect e até o Xbox 360 o preenche sendo mais barato que o Wii U ainda por cima, fora os dispositivos móveis... Entendo que possam dizer isso todos os anos, mas acho que a demanda por hardware da Nintendo deve estar realmente diminuindo. Como você explica o XOne e o PS4 permanecerem no Brasil mesmo sendo mais caros que o Wii U?
The Power Guido
Com o dinheiro dos Brasileiros
The Power Guido
Os jogos de Wii U e ds é de 35 dolares no lançamento, é a mesma quantia que pago nos games do Xone e do PS4, os valores de jogos no Brasil é o mesmo para TODOS os consoles. só quem sai na frente em questão de preço de games é o Steam.
The Power Guido
Mercado é isso, ou inova ou some... Sério mesmo que vc ta dizendo que a Sony e a Microsoft inova mais que a nintendo...
The Power Guido
O mercado da nintendo é pequeno aqui, muito menor que MS e Sony, o inventimento sem visão de lucro não é viável, até porque o Wii u ta vendendo da mesma forma mesmo tendo a store a mais de 1 ano fora do Brasil.
Gabriel Rodrigues.
O canal Pela Lenta de um iPhone é um vlog que aborda os mais variados assuntos. Neste vídeo comento sobre uma das maiores feiras de tecnologia do mundo, a CES. Espero que gostem! https://www.youtube.com/watch?v=RBufn0ssQh0&feature=youtu.be
Leandro Nascimento
Vai Brasil, né...
Whatever
And not a single fuck is being given lol
Ismael Pini Gonzales
Muito comentário preconceituoso e mal informado por aqui... A Nintendo vai muito bem no mercado dos portáteis (3DS vende como água), diferente do "ultra high-tech" PS Vita que floopou bonito! =D Já entre os consoles de mesa, o Wii U enfrentou alguns problemas, mas está beeeeem longe de ser um fracasso como alguns dizem. Então, pq a Nintendo deixaria de fabricar hardware se ela está numa boa situação no mercado (o Wii vendeu mais que PS3 e X360 na geração passada) e ainda tem uma grande reserva de dinheiro para os momentos de crise???! É mais fácil a Sony quebrar de vez, e por consequência abandonar a linha Playstation, do que a Nintendo seguir os passos da Sega! O que aconteceu com a Sega é muito diferente do que acontece com a Nintendo hoje. Até pq a Sega não conseguia manter um console com pouco auxílio das thirds, coisa que a Nintendo vem fazendo com louvor desde o N64... Para aqueles que falam que ele tem um hardware "ridículo" comparável com o iPhone 3GS e ficam sugerindo que ele é muito inferior aos demais consoles da geração atual eu só digo uma coisa; leiam um pouco mais sobre o assunto antes de opinar...
Marcvs Antonivs
Bah. Tudo culpa dos impostos. A Apple aumenta preços dos seus produtos aqui e na Europa também - não apenas na Russia - sem que o Governo tenha aumentado os impostos e a culpa do aumento foi ''dos impostos''. Essa cantilena de ''impostos'' não cola.
Tiago
São. Mas pergunta se a Apple e a Microsoft estão achando ruim de montar seus produtos aqui!
Tiago
Um iPhone tem mais tecnologia e complexidade do que qualquer videogame da Nintendo. Não, não precisa ser um iPhone 6, pode ser um 3GS mesmo. O nome disso é incompetência. Se a Apple consegue vender telefones a R$3.500,00, como a Nintendo não vai conseguir vender videogames? Há, tenha paciência. Não vi a Sony reclamar do PlayStation 4 no Brasil. Eu tenho um sentimento que é assim: se as empresas tiverem que diminuir um pouco o lucro Brasil para vender, elas preferem não vender no país. Eu me esforço para não cair nesse pensamento, mas parece que a Nintendo acabou me provando que esse sentimento é certo. Bom, e daí, nunca fui fã da Nintendo mesmo.
Willian Nobuo
Pra mim eh apenas desculpas de uma empresa que em breve seguirá o caminho da finada nokia. No mundo de hj ten q saber se reinventar todos os dias, a nintendo não conseguiu.
Le Pontello
Sem comentários, para a maioria dos comentários de vocês. Em vez de vocês aproveitarem a situação e criticar, atacar o nosso governo, referente as altas taxas de impostos, não... vocês metem o pau na nintendo. Ai, vocês iram me dizer: "Ah... mas a sony e a ms, estão ganhando muito dinheiro aqui..." Já respondo: Sim, concordo. Mas nós pagamos preços absurdos, abusivos, somos estuprados, assaltados pelo nosso governo em tudo e em consoles e jogos também, por causa dos impostos. A maioria aqui deveria parar de jogar um pouco de videogame e ler mais jornais ver a real situação que nós vivemos e começar a lutar um pouco, por uma melhor qualidade de vida no Brasil, que incluem até os videogames. Sejam espertos, divulguem essa noticia, em qualquer canal de comunicação, mas critiquem os altos impostos do governo Brasileiro, façam alguma coisa pelo seu país. Em vez de ficar só matando zumbis. A nintendo, não falou em sua reportagem sobre quem é melhor ou pior fabricante de consoles e games(porque também não precisa, nós sabemos),.... E SIM, sobre os impostos abusivos que o Brasil cobra, leiam a noticia direito. Quanto mais eu vejo nesse país, QUE EU AMO, mais me decepciono com as pessoas e percebo que vamos afundar cada vez mais.
David Marquardt
Parabéns, acho que a internet tem gente o suficiente para pessoas terem a mesma ideia ao mesmo tempo.
Walter Hugo Nishida Xavier da
Exato, eles nunca iriam admitir que não conseguem vender bem por aqui, então jogam a culpa em alguma pra ver se cola.
Walter Hugo Nishida Xavier da
A Nintendo apresenta péssimas vendas no Brasil e não faz questão de mudar esse cenário, mais sensato sair e ficar naquela do "esperando ficar bom pra voltar". Sou fã deles, mas seus consoles não tem o mesmo apelo que a concorrência por aqui.
Felipe Ferreira
Pessoal, não foi a Nintendo em sí, e sim a distribuidora que abriu o bico e saltou do barco, a própria Nintendo nem sequer se pronunciou oficialmente. O jeito e esperar uma distribuidora nova. A Nintendo pode passar por todas as crises que ainda vai ter mais dinheiro em caixa do que a M$ e a Sony juntas!
danielneves
O título da notícia está equivocado, não foi a Nintendo que saiu/vai sair. Mas sim a distribuidora dos jogos dela. Enquanto isso ficamos sem os lançamentos(que só vai ter coisa lá pra fevereiro, dá pra aguentar), mas a Nintendo deve vir oficialmente pra cá ou achar um substituto.
Adersian Pedroso
Eu só queria que o 3DS pudesse ser um smartphone também, seria minha escolha numero 1.
robson laranjeiras
Muito cuidado com esse argumento. Diziam o mesmo da Nokia todos os anos, e...
daniel
Isso, em ienes. Você não ta entendendo, o 3ds vende feito agua, o Wii u teve um enorme boost de vendas apos Mario kart 8 e super smash Bros.. Falência n ta nem perto
Leandro Martins M
Você está completamente certo.
Dereck Bolsanelo
Pera ai Nintendo, guenta mais um pouco que preciso ainda comprar Bayonetta 2
Dereck Bolsanelo
Nem vejo como um fracasso o console em si, acho que eles não souberam vender um produto novo, eu tenho um Wii U e acho irado.
Kessler
É simples: a maioria dos países não colocam impostos de importação impagáveis para obrigar as empresas a fabricar consoles dentro do país. Por isso é fácil manter a distribuição na Europa, mesmo em países menores. Eles simplesmente importam tudo e só distribuem.
pinportal
Cara, eles não gastam uma fortuna, por favor né. A Nintendo faria acordo com Foxconn ou qualquer outra empresa chinesa que já tem fábrica local. O problema da Nintendo não são os impostos brasileiros, é que a própria empresa perdeu aquela atração que os usuários tinham antigamente. Não vale a pena continuar no Brasil, se não há uma parcela significativa de brasileiros querendo um console da Nintendo, simples assim :)
pinportal
gizmodo.uol.com.br.... eu vi também lá :)
Kessler
E para a Sega deu muito certo. Só que não.
Kessler
Desde o lançamento do GameCube eles não tem mais mercado por aqui. O GC foi um fracasso, mas pelo menos vendeu alguma coisa nos EUA e Europa. Aqui praticamente nada.
Alisson Silva
O fator imposto alto não é a única justificativa. O fato é que a Nintendo é inexpressiva no mercado brasileiro, inviabilizando sua manutenção por aqui. O Brasil é um dos maiores mercados gamers do mundo, tanto que Microsoft e Sony se apressaram em lançar seus consoles por aqui, além dos jogos em português, etc. A Microsoft, inclusive, fabrica o console no Brasil também. A desculpa da Nintendo é válida, mas só pesa porque fica caro manter um produto que não vende quase nada.
Kessler
Menos, bem menos. Wii U é um fracasso, mas o Wii foi um sucesso absoluto. 3DS vendeu 5x mais que o falido Vita. A Nintendo é a que mais tenta inovar. No Wii deu certo, no Wii U nem tanto. Acontece.
Kessler
O Wii foi o console mais vendido da geração passada. O Wii U está fraco, mas mesmo o PS4 e Xbox One estão bem abaixo das expectativas. E 2014 foi um ano bom para o Wii U, muitos jogos bons em comparação com os lixos da concorrência.
Rafael
Nunca teve coragem de entrar aqui mesmo. Para mim isto é uma grande falta de interesse, pois, como sabemos, as concorrentes estão lucrando muito, vide Xbox. Eu ainda não engulo que em Portugal, mesmo com a crise financeira que ele têm a tanto tempo, a Nintendo dá um p* suporte e lançam ate o Club Nintendo e todos os seus serviços para a minoria de pessoas que tem ali. Aqui o público é muito maior, há quem até desenvolve jogos para PC, celular, etc. Não consigo entender. Sobretudo, pelo que comentam, os jogos ainda serão vendidos por aqui só que importado. Você não deixará de comprar um console ou jogo, apenas de mercados de revendedoras como Americanas, Submarino, Casas Bahia, etc.
Julio Sá
Mercado é isso, ou inova ou some. Gosto da Nintendo, passei minha infancia jogando Mario Bros., Metroid, etc mas ou eles fazem alguma coisa urgente ou vao desaparecer. E softhouses tambem ganham muito $$. Vide a Activision-Blizzard com seus hits (CoD, WoW, Starcraft, etc)
Rafael Luik
Eu acho que pega pior dizer tecnicamente inviável. o_o
Rafael Luik
Ela se tornaria uma, como você chamou, "mera softhouse" se fizesse isso... Essa é a questão que levantei sobre sua sugestão. Obs: não que isso não seja benéfico pra mim, quem dera pudesse comprar jogos sem ter que investir em mais e mais hardware, mas conflita com o que você falou antes do "medo" dela se tornar outra SEGA.
Matheus Fernal
Só tem especialista em mercado de games e comércio exterior aqui. Michael Patcher tá chorando de vontade de contratar vocês todos.
Julio Sá
Ano após ano eles tem tido prejuizo operacional, e eu nao enxergo luz no fim do túnel para eles. Dinheiro, por mais que seja, nao dura pra sempre
Julio Sá
Só se for 500B de Ienes... que está na cotação de 120 pra cada dólar
Rafael Luik
Pode acabar acontecendo, por que não? Ninguém realmente quer o console da Nintendo (principalmente se você não tiver boas condições financeiras onde poderia gastar esse dinheiro num computador ou outro dispositivo que serve pra jogos além das outras funções - ter vários dispositivos não é barato), o WiiMote e o Gamepad podem até ser desejáveis, mas o hardware em si só vende porque as pessoas são obrigadas a comprar se quiserem os jogos dela. Soma isso ao preço de um jogo 3DS/WiiU 140~240 reais! Se vê porque a Nintendo não está fazendo sucesso por aqui.
Julio Sá
Então camarada, essa é a questão. Foi o que a SEGA fez para nao morrer há umas décadas. A questão é a competição, quanto tempo tem que a Nintendo não lança um console inovador, que seja estrondoso sucesso de vendas? É verdade que eles miram noutro mercado diferente do mercado-alvo da MS com o xbox e da Sony com o PS, esses investem em games mais hardcore e com multiplayer online, mas sem hardware que venda bem para alavancar a venda do jogos, a empresa nao anda. Dado que a base instalada de smartphones é absurdamente maior que a de consoles... Pq nao tentar...?
Guilherme C.
Nintendo tem reservas de US$ 5 bilhões, que só vem caindo.
Rafael Luik
Cara que sugestão é essa? É exatamente isso que faria a Nintendo virar uma softhouse ainda mais rápido. Quem vai comprar console da Nintendo se ela lançar os jogos pra outro(s) sistema(s)?
Roberto
Uma pena mesmo :/
Guilherme C.
Nintem sempre foi grande no Brasil e no mundo, mas começou a decair. A parceria com a Grandiente e Estrela e depois só com a Grandiente poderia ter sido feita com outras fabricantes, mas o mercado pra eles aqui só vem caindo.
Mario Porfírio Souza
500 bi, de onde vc tirou esse valor?
Guilherme C.
Enquanto isso Sony e Microsoft investem no país pois vendem muito. O problema da Nintendo é de mercado e não só o brasileiro.
Julio Sá
Vide a Kodak e outras que na sua arrogância de virar as costas ao mercado, decretaram a própria morte.
Senju Hashirama
Se a Nintendo precisar lançar jogos em outras plataformas, pode ter certeza que não vai ser Android e IOS, ela é muito maior que isso.
Rafael
haha, que piada. A MS que anda lançando celulares ainda antes dos EUA, não deve pensar isto.
daniel
"Encolher e sumir". Com dinheiro em caixa de mais de 500 Bilhões, tá perto disso acontecer.
Leandro Alves
Porque ela nunca teve coragem de entrar aqui. Ficou como Gradiente por muito tempo. E outra, se a Microsoft pode, ela também pode.
Kessler
A Microsoft já tinha um mercado enorme por aqui ANTES de fazer uma fábrica. A Nintendo não tem.
The Power Guido
Não, morreu, olha o velório: http://www.polygon.com/2014/12/31/7463827/nintendo-2014-year-in-review
Kessler
É PR. Pega menos mal que dizer que "seu país é economicamente inviável para nossos consoles".
leonardo gregorio
Concordo com seu pensamento, mas pelo o que a tradução da matéria diz, eles alegaram "capacidade técnica", o que nao deixa de ser uma grande desculpa...
Glauber Silva
O título da matéria poderia ser "Nintendo encerra venda de jogos e consoles no Brasil, nada acontece feijoada" .. porque né ??
The Power Guido
Dizem isso todos anos, e ....
The Power Guido
montar e ter lucro são coisas diferentes
Leandro Alves
A Microsoft não concorda com a Nintendo, tá ganhando rios de dinheiro aqui no Brasil.
Leandro Alves
Eu acho que você não leu essa noticia velha. hehehe
Julio Sá
A Nintendo é a próxima empresa a encolher e sumir, se nao abrir o olho. Vai acabar seguindo o mesmo caminho da SEGA, que produzia sistemas e videogames e agora é uma mera softhouse. Essa empáfia de nao querer lançar jogos para iOS e android vai minar a empresa. Vamos torcer para que os executivos mudem de idéia antes que a empresa vá à bancarrota.
Infinity
Só a Microsoft se importa com os brasileiros.
Kessler
A questão não é a POSSIBILIDADE de montar os consoles aqui, é óbvio que é possível. A questão é se é economicamente viável gastar uma fortuna construindo uma fábrica aqui. Pelo jeito para a Nintendo a resposta é não.
Marcos M.
Concordo totalmente! Se produz o Xone, porque não seria capaz de produzir o WiiU e o 3DS? Eu vejo a Nintendo no curto prazo trabalhando com portáteis (e nem isso sei, porque estão cogitando lançar algumas coisas pra iOS), e no médio prazo, entrando no mesmo rumo que a Sega e produzindo jogos apenas. Essa mentalidade retrógada que eles tem está sendo a maldição deles.
Toga
Nintendo fala, fala, promete muito e não faz nada. Nunca levou o mercado a sério, nunca trabalhou de verdade aqui (pelo menos nas últimas gerações). Imposto não é desculpa, mesmo com preço alto o pessoal compra. Pura preguiça.
Felipe Domingues ?
Nossa que chato. Essa empresa ainda existe?
Antony
A Microsoft também está vendo que não tem como lucrar no Brasil. http://www.istoe.com.br/reportagens/331568_LUCRO+E+O+NOME+DO+JOGO
leonardo gregorio
Não é mesmo? Ja tive um 3ds e não gostei nem um pouco, a Nintendo não é a mesma da minha passada infância, só sabe reclamar da pirataria e se mantem nos seus antigos conceitos, investimentos por aqui? Não vi nada, propagandas? Preço baixo? Nem sonhando, e-shop que não aceita Cartão nacional, preço astronômico nos jogos...
Yan Gabriel Minário
Quem monta xbox one tem mais do que capacidade de montar wii. papo furado.
leonardo gregorio
"declarando que o país apresentava “grande potencial” para receber uma filial da empresa, mas não teria capacidade técnica para produzir os sistemas da marca." Tá legal, quem vê pensa que os sistema da marca são os melhores do mundo em questão de tecnologia e engenharia, olha as ideias....
David Marquardt
Essa imagem resume bastante: