Início » Aplicativos e Software » Ferramenta de videoconferência Hello chega à versão estável do Firefox

Ferramenta de videoconferência Hello chega à versão estável do Firefox

Por
5 anos atrás

A versão 35 do Firefox (estável) foi disponibilizada nesta semana e tem, talvez como principal novidade, a integração com o aplicativo de videoconferência Hello. Ainda em fase beta, o recurso vem sendo testado há meses. Por conta disso, até então só estava disponível nas versões experimentais do navegador.

Parece uma decisão insensata se aventurar em uma modalidade de serviço dominada por nomes como Hangouts e, principalmente, Skype. Mas a intenção da Mozilla é atrair a base de usuários que não se entende com estas ferramentas. Para tanto, a organização está apostando na simplicidade.

Firefox Hello

Começa pela pronta disponibilidade: o Hello é integrado ao Firefox, portanto, não necessita de plugins ou clientes adicionais para funcionar.

Depois vem a (relativa) facilidade de uso. Não há configurações complexas e não é necessário criar uma conta no serviço. Para iniciar uma videoconferência, o usuário tem a opção de gerar um link para ser enviado por e-mail ou chat.

Assim que o convite for aceito, a videoconferência começará. Mas se você fizer questão do modo tradicional, com login e lista de contatos, pode criar uma conta Firefox.

A espinha-dorsal do Hello é a API WebRTC, criada pela World Wide Web Consortium (W3C) para aplicações de áudio, vídeo e compartilhamento de arquivos. Por se tratar de um padrão aberto, sua adoção vem sendo feita não só pela Mozilla como também pelo Google e pela Opera Software.

Este aspecto indica que o usuário não está condicionado a se comunicar apenas com pessoas que utilizam o Firefox. Graças à API, é possível participar de conversas por áudio ou vídeo com usuários do Chrome e do Opera. Internet Explorer e Safari ainda não são compatíveis, mas extensões devem cobrir esta lacuna.

O Hello vem sendo desenvolvido em conjunto com a Telefónica. Esta parceria, provavelmente, é que está motivando a Mozilla a sonhar ainda mais alto: a organização pretende adicionar à ferramenta recursos como compartilhamento de tela e colaboração online.

Se você já tem a versão mais recente do Firefox, o Hello aparecerá ao lado da barra de endereços do navegador nos próximos dias. Caso não o encontre, você pode seguir as instruções desta página para saber se o aplicativo já está disponível. Se negativo, é necessário aguardar: a Mozilla explica que a liberação está sendo feita gradualmente para evitar falhas por demanda excessiva.