A administração de Satya Nadella continua promovendo mudanças impactantes na Microsoft. Nesta semana, a companhia anunciou uma parceria com a Mozilla para adicionar suporte ao asm.js no Internet Explorer e, principalmente, no futuro navegador do Windows 10, o Spartan. A iniciativa indica que a empresa está cada vez mais disposta a abraçar padrões abertos.

O asm.js pode ser entendido como um subconjunto do JavaScript focado em performance. O padrão possibilita, por exemplo, a “transformação” de código em C ou C++ em JavaScript mantendo o desempenho em níveis próximos ao que a aplicação tem quando executada de maneira nativa.

No Firefox, o primeiro navegador a ter suporte ao asm.js (a partir da versão 22), o tempo de execução é apenas uma vez e meia maior em relação ao mesmo aplicativo rodando nativamente.

Windows 10 - Spartan

Projeto Spartan

Com os navegadores de internet respondendo cada vez mais pela execução de jogos, sistemas gráficos e outras aplicações complexas, o asm.js vem atraindo um número crescente de desenvolvedores. O suporte ao padrão da Mozilla pela Microsoft é uma iniciativa sensata, portanto.

O time responsável pelo Chakra, motor de JavaScript do Internet Explorer e do Spartan, destaca dois atributos para reforçar a decisão. O primeiro, um tanto óbvio, é a expectativa de melhorias na execução de código em JavaScript. O segundo é a interoperabilidade entre plataformas e navegadores que o asm.js pode promover.

A última característica é, provavelmente, a mais importante. A Microsoft sempre estimulou o desenvolvimento de software nativo para o Windows. A decisão de suportar o asm.js não significa o fim dessa prática, mas sugere que, na atual fase, a companhia entende que aplicativos web se tornaram tão relevantes que não tratá-los com a devida atenção implica em perda de espaço no mercado, justamente um dos problemas que o Spartan terá que combater.

Com informações: TechCrunch

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

mord4z
Eu que o diga :( Por conta dele, preciso dar suporte a uma penca de apps legados que eu poderia ter atualizado há pelo menos 2 anos atrás...
Michel Monaco
Infelizmente ainda é ! tem maluco que paga pra garantir que os apps/sites web rodem em todos os browsers, antigos e novos ! tudo bem que pagam, mas é uma DESGRAÇA mesmo assim !
Michel Monaco
Satya é o cara ! Microsoft voltando a surpreender como nos velhos tempos ! e ainda tem o Windows 10 que coroa tudo isso ! Bill Gates deve estar bastante contente.
Daniel

Lembro que o IE era o inferno de qualquer programador WEB.

Daniel Silva
Lembro que o IE era o inferno de qualquer programador WEB.
Sergio Fagundes
É a microsoft notando que está perdendo mercado não por ter seu Windows ameaçado mas por ver o mercado de desktops ameaçado. Então abraça o que o mercado está fazendo, reduz custos, faz alianças, aproveita pra copiar o que pode e reaparece com seu pacote fechado de copias do que os outros fazem de bom.
brunocabral
Assim que restabelecer domínio absoluto da informática, ela volta! não se preocupe!
Vitor Mikaelson
Isso vai ser bom para apps em WinJS!
André Kittler
Microsoft virando o google de 5 anos atras. Enquanto o google vira a microsoft de 10.
Carlos Jean
Satya está reconstruindo a imagem da Microsoft, só tenho visto decisões acertadas desde sua nomeação para CEO.
Felipe Teixeira
Nossa, esse cara tá fazendo uma revolução dentro da Microsoft. Creio que em breve veremos uma empresa muito maior e melhor do que antes!
Lídison Santos
rsrs.
Douglas
Que Microsoft é essa? Cadê aquela empresa fechada que ninguém gostava de 2 anos atrás? impressionante essas mudanças. Satya Nadella para presidente!