positivo-octa-x800-traseira

A Positivo anunciou nesta terça-feira (24), durante um evento em São Paulo, o Positivo Octa X800, um smartphone com processador octa-core de 1,4 GHz fabricado no Brasil. O aparelho, que a Positivo classifica como seu topo de linha, vai competir no segmento intermediário e será vendido em duas capacidades de armazenamento, sendo que a versão de 8 GB chega ao país por R$ 899.

A característica que a Positivo mais destaca no X800, inclusive no nome do smartphone, é o processador. Trata-se de um MediaTek MT6592, um chip acessível com oito núcleos Cortex-A7 de 1,4 GHz (que podem ficar ativos ao mesmo tempo) e GPU Mali–450. A capacidade de processamento bruto é pouco mais que o dobro do Snapdragon 400 que temos em boa parte dos intermediários.

positivo-x800-frente

As especificações de hardware são condizentes com o que encontramos nessa faixa de preço: o Positivo Octa X800 traz 1 GB de RAM, bateria de 2.000 mAh (que a Positivo estima durar aproximadamente 17 horas) e entrada para dois SIM cards. Já a resolução das câmeras estão acima da média: são 13 MP na traseira e 5 MP na frontal; daremos uma olhada de perto para ver como elas se comportam na prática.

A tela IPS LCD de 5 polegadas, que possui resolução de 1280×720 pixels, tem proteção Gorilla Glass 3. A Positivo destacou o design do aparelho, colocando um revestimento de vidro na traseira. O smartphone estará disponível nas cores preta, branca e dourada, e a carcaça possui uma espessura de apenas 7,9 mm.

positivo-octa-x800-2

A versão com 8 GB de armazenamento do Positivo Octa X800 chega ao Brasil em março por R$ 899, enquanto a opção com 16 GB de espaço sai por R$ 949. Independentemente da variante, é possível expandir o armazenamento com um cartão microSD de até 32 GB. Ele vem com Android 4.4 KitKat de fábrica, e a Positivo promete lançar a atualização para o Lollipop ainda no primeiro semestre de 2015.

positivo-octa-x800-3

positivo-octa-x800-1

positivo-octa-x800-2

positivo-octa-x800-5

positivo-octa-x800-4

Positivo X400 e Positivo S550

Mais dois novos smartphones também estão sendo anunciados pela Positivo. O X400 é um aparelho mais básico, que deve ficar um pouco abaixo do S480 que vimos no ano passado. Já o S550 é um smartphone grande de 5,5 polegadas, mas que também compete em um segmento mais baixo — há apenas 512 MB de RAM. As especificações técnicas são as seguintes:

Positivo X400

  • Processador: quad-core de 1,3 GHz da MediaTek
  • RAM: 512 MB
  • Tela: IPS LCD de 5 polegadas com resolução de 854×480 pixels
  • Armazenamento interno: 4 GB (com entrada para microSD de até 32 GB)
  • Câmeras: 5 MP (frontal) e 5 MP (traseira)
  • Bateria: 2.000 mAh

positivo-x400-1

positivo-x400-2

positivo-x400-3

positivo-x400-4

Positivo S550

  • Processador: dual-core de 1,0 GHz da MediaTek
  • RAM: 512 MB
  • Tela: LCD de 5,5 polegadas com resolução de 854×480 pixels
  • Armazenamento interno: 4 GB (com entrada para microSD de até 32 GB)
  • Câmeras: 5 MP (traseira) e 2 MP (frontal)
  • Bateria: 2.100 mAh

positivo-s550-1

positivo-s550-2

positivo-s550-3

positivo-s550-4

Como é de costume na Positivo, ambos os aparelhos possuem entrada para dois SIM cards. O X400 será lançado por R$ 549, enquanto o S550 estará disponível por R$ 569, ambos com Android 4.4 KitKat. A Positivo antecipou que esses dois modelos não terão atualização para o Lollipop.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Filipe Almeida
A Tela quebra atoa pq você talvez não tenha cuidado com o aparelho.
Vinicius

pior coisa por qual eu ja gastei mil reais em um mes ja tava travando o botão de power parou de funcionar em duas semanas e todos falam que e oooo octa core e talls mais chega no quad core ele ja trava tudo sem comentar do touch

Carlos Gandolfi
quando tiver um amigo, vai levar em consideração tudo que o amigo de cima disse"! esse positivo é um lixo, o modelo octa x800 que é o que eu tenho inclusive é uma porcaria de celular e sua tela parece mais uma folha de vidro.. quebra a toa. fuja dessa marca!
Dressa DiLaurentis
comprei um e ontem ele caiu e rachou a tela,e parou de responder aos chamados da tela,alguém sabe mim responder quanto custa pra arrumara tela com peças original
Leidiana Bertoni
Comprei o aparelho celular Octa X800 da Positivo, com pouco mais de um mês um tombo fez com que a parte de trás do aparelho quebrasse toda, é uma pena pois realmente o aparelho é muito bonito e tem umas funcionalidades muito boas, mas a garantia de que é "super-resistente" simplesmente não funcionou. Será que tem como trocar, onde poderia estar fazendo isso?
Helena
Eu comprei o positivo octa x800,e estou gostando muito,essas pessoas que falam sem saber só de ler algo acham q vai ser a mesma coisa ,acho o contrario gostei mto não trava nenhuma vez,e como tdos os celulares tem reclamações sempre....
Celio aparecido
Eu comprei um por 899 reias por enquanto acho ele bom tem a câmera que aciona por gesto ou quando a gente fala cheese mas para tira uma foto no sol eu náo gostei porque tem um tela muito escura e fica como um espelho a gente vê um pouco do que qué fotografar e a nossa cara refletida na tela como se fosse um espelho o que eu achei legal foi a foto panorâmica .... A e já caiu um tombo e ta inteiro tinha comprado antes um zen fone 5 e ele e muito grande são 148 mm esse e mais discreto é que sou meu besta memo e achei esse bonito e comprei gosto e gosto ne mais ele num é o bicho não. A calculadora náo tem porcentagem num achei alarme ai baxei um aplicativo que alarma pra gente acorda ué. Falo tchau
karoliny
Comprei um octa e não me deu problema,e me ajuda muito ele e top.Só gostaria de encontrar a película de vidro pra ele ta difícil.
Elton martins
Comprei um X800 e vou ser sincero. Nada de bugs até agora. Atende a todas minhas expectativas. Tô rodando games pesados como o asfalt 8 sem lags. E por enquanto nada de arrependimento, paguei 850 no meu e entre ele e um moto G segunda geração, estou preferindo ele disparado. Aonde eu vou todos perguntam e se encantam com o design e espessura do aparelho.
Frederico MR
Não vejo a hora de chegar nas lojas... Ótimo hadware, com um preço muito bom! Excelente custo benefício... E ainda por cima produto nacional. O brasileiro tem por costume achar que o importado é melhor que o nacional... Uma mentalidade de gente desinformada e alienada. Tenho meu PC desde 2007 (Positivo), não desfaço dele nem a pau. Tá na hora de todos nós acordarmos e mudarmos o jogo enquanto há tempo. Empresas brasileiras = real = revertido para o povo... Empresas extrangeiras = dolar, euro, yuan... = povo brasileiro mais pobre. ACORDA BRASIL!!
Breno Ribeiro
O meu maior medo nem é o nome "Positivo" e sim a palavra "MediaTek".
Daniel Rodrigues
Se tiver a qualidade do s480 e reduzir um pouco o valor tem tudo para dar certo, não se esqueçam que a positivo é certificada pela Google e o Android tem pouca personalização
Deilan Nunes
esse é o preço sugerido... daqui a alguns meses ta por uns 500 reais.. mesmo preço de um moto e... e nada é pior que a touchwiz!!!
Marcos Tony Lehmann
Mas sabe a razão da idolatria? Gente que procura convencer-se de ter feito ótimo negócio (mesmo que, no fundo, saiba que não foi tão bom assim) e repete mantras, criados ou meramente copiados, no intuito de ter mais gente comprando a ideia, pois ler comentários de terceiros em tom positivista deve fazer-lhes bem, com que tenham o ego massageado. Não tem quem ache o Moto E melhor do que G2 (da LG)? Fiz um péssimo negócio comprando essa tranqueira e não vou me iludir achando que 'se fosse Samsung poderia estar pior', pois com um LG G Pro Lite estive melhor, logo, a suposição é descabida.
Walter Hugo Nishida Xavier da
No próprio texto é dito que o processamento bruto desse octacore é pouco mais que o dobro do S400 presente no Moto G. Mesma tela, mesma memória RAM, mesma capacidade para microSD. As câmeras teoricamente são superiores no X800, o aparelho é mais fino e provavelmente mais leve também. Diz a Positivo que ele recebe o Lollipop ainda no primeiro semestre desse ano. O que não é nada mal, considerando que a maior parte dos Moto Gs ainda não viu essa atualização. Não entendo porque tanto ódio por parte dos fãs da Motorola. Os "novos" Moto G deixaram de ser bom custo-benefício tem um tempo já, porque raramente aparecem promoções e o preço não é tão baixo assim pra justificar tanto alarde, parece que o pessoal simplesmente esquece que o S400 dele é o mesmo de 2013. Aprendam, pessoas, competição é bom pra todo mundo. Sabe quem adora idolatria por marcas/modelos? As empresas.
Exibir mais comentários