Depois de anunciar o fim da internet “ilimitada” para os planos pós-pagos, a TIM decidiu liberar o tráfego de dados do WhatsApp nos planos Liberty Express. Isso cai como uma luva para quem utiliza bastante o aplicativo, uma vez que o WhatsApp continuará funcionando mesmo após o término da franquia.

O Liberty Express tem a mesma dinâmica de um plano controle, possuindo pacotes de 40 e 120 minutos, com franquia de 300 MB e 600 MB, respectivamente. Os dois planos incluem chamadas ilimitadas para outros clientes TIM, SMS ilimitado, acesso ao TIMmusic (que agora é o Deezer, por sinal), R$ 10 em créditos e acesso liberado ao WhatsApp. Se a franquia de internet do plano for insuficiente, a TIM permite aumentá-la com pacotes adicionais, que vão de 1 GB a 50 GB.

liberty express whatsapp

No entanto, as entrelinhas do regulamento do plano deixam claro que o tráfego de dados ilimitado do WhatsApp é promocional apenas até 20 de março de 2015. Conhecendo o histórico da TIM, é bem provável que esse prazo acabe sendo estendido, mas, mesmo que a operadora resolva limitar o uso do WhatsApp, o cliente terá direito a uma franquia de 500 MB exclusiva para o aplicativo.

Como o WhatsApp está prestes a lançar um serviço de chamadas por internet para todo mundo, a TIM se resguardou no regulamento ao dizer que a utilização de chamadas via VoIP implicaria o desconto da utilização de dados referente às chamadas da franquia de internet principal do cliente. Mensagens de voz, imagens, vídeos e outros anexos são liberados no plano.

Tanto os clientes novos e antigos do Liberty Express tem direito ao benefício do WhatsApp, sem a necessidade de nenhuma ativação. A TIM afirma em comunicado à imprensa que o sucesso do Controle WhatsApp fez com que a operadora estendesse a parceria firmada com o aplicativo para levar o benefício para o plano pós-pago.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João
Mas todas operadoras monitoram o conteúdo dos pacotes!
555

Sim, isso não seria permitido. A questão é que não está regulamentado ainda.
Qualquer concorrente ficaria em desvantagem por conta desse acordo que Whatsapp teria feito com as operadoras. Hangouts, Viber, Line teriam os mesmos direitos. O Telegram por exemplo não é comercial, não tem gastos com marketing e nunca poderia sequer bancar acordos desse tipo.

Daniel
Sim, isso não seria permitido. A questão é que não está regulamentado ainda. Qualquer concorrente ficaria em desvantagem por conta desse acordo que Whatsapp teria feito com as operadoras. Hangouts, Viber, Line teriam os mesmos direitos. O Telegram por exemplo não é comercial, não tem gastos com marketing e nunca poderia sequer bancar acordos desse tipo.
Papafigo
Lançar chamada de voz? LANÇAR? CARA ISSO JÁ EXISTE EM 99% DOS APPs DE BATE PAPO. ACHO QUE O UNICO QUE NÃO TEM É O WHATSLIXO ... ASSIM COMO TODOS OS OUTROS TEM VÍDEO CHAMADAS... SKYPE, VIBER, HANGOUTS, ICQ, TELEGRAM, TODOS TEM!!!!! Lançamento da chamada de voz pelo whatsapp? Hahahahahahahaha...
Emanuel
Foi tão ruim assim? Estava pensando em mudar pra tim ou claro. Uso vivo
Emanuel
Exatamente. Ninguém respeita a legislação --'
pelo que eu sei o tim beta é o unico que nao corta a rede mesmo hoje. (apenas diminui a velocidade_
Chicão
Mesmo fora da tim eu ainda sofro pq mts amigos tem tim. Mando whatsapp e eles não recebem pq a internet não funciona. Faço ligação e só dá caixa postal pq a rede da tim falha.
吉影

Eu sofria muito quando usava Tim :(

Rafael
Eu sofria muito quando usava Tim :(
Christian Hartung
Estava lendo o Marco Civil, e no meu entender (que não sou advogado nem nada para entender dessas coisas), esse tipo de coisa é permitido, desde que seja informado aos usuários e eles concordem com isso. O que o provedor não pode é "bloquear, monitorar, filtrar ou analisar o conteúdo dos pacotes de dados" Bom... estão falando que o WhatsApp é liberado, e você concorda com isso a partir do momento que assina o plano.
Guilherme C.
Depende de qual doutrina é adotada. Existe um entendimento de que a neutralidade é absoluta, impedindo qualidade diferenciação. Outros entendem que a neutralidade impede somente a diferenciação de tráfego pra restringir, liberando a diferenciação promocional, que não restringe, mas dá liberdade de tráfego. Acredito que esse entendimento é o adotado no Brasil.
Chicão
Não volto pra Tim nem que ela me dê um plano de graça.
Guaip
É uma discussão complicada mesmo. Por um lado podemos ter abate no consumo de serviços como whatsapp, ou um "boost" patrocinado do Netflix na conexão (o Netflix pagando para o provedor oferecer mais velocidade no seu serviço), o que é bom para o consumidor. Por outro lado, a navegação deixa de ser neutra. Há a possibilidade de traffic shaping - que as operadoras negam, mas vai explicar a lentidão do youtube quando todo o resto parece normal.
Rodolpho Freire
Isso que eu iria comentar.. Como sempre no mundo é dois pesos e duas medidas, se amanhã a TIM ou qualquer outra aparece falando que iria reduzir o quota do Netflix no seu plano de dados todo mundo iria cair matando... Obs.: Não estou defendendo a TIM, pelo contrário, acho os preços de planos de dados no Brasil um absurdo.
Exibir mais comentários