Além do Mobile World Congress, esta semana marca a realização da Game Developers Conference. Esse último evento serviu de palco para a apresentação do Shield, console da Nvidia que, além de rodar jogos, conta com Android TV para reproduzir vídeos e outros tipos de conteúdo.

Nvidia Shield

O nome talvez lhe soe familiar. Em 2013, a Nvidia usou a denominação Shield em um console portátil que não é exatamente sinônimo de sucesso. Um tablet também recebeu esse nome, mas, novamente, não teve muito destaque. É difícil saber se o novo projeto terá uma história diferente, mas, ao menos pelas especificações, dá para enxergar algum potencial aí.

Para começar, o console é equipado com o “superchip” octa-core Tegra X1. Anunciado no início do ano, o componente possui GPU de 256 núcleos e até o dobro de desempenho do Tegra K1.

Há também 3 GB de RAM e 16 GB para armazenamento interno de dados expansíveis com microSD de até 128 GB. Na conectividade, há duas portas USB 3.0, saída HDMI, Wi-Fi 802.11ac e Bluetooth 4.1.

Nvidia ShieldA Nvidia assegura que, com essa configuração, o Shield consegue dar conta de vídeos em 4K e, claro, dos jogos, inclusive alguns mais pesados. Entre os títulos que estarão disponíveis estão Ultra Street Fighter IV, Grid 2, Alan Wake, Bordelands e a franquia Lego. O console também poderá rodar games presentes (ou que estarão) no Google Play, como Crysis 3, Resident Evil 5 e Limbo.

Muitos dos títulos específicos para o Nvidia Shield virão da Grid Game Streaming, como o nome entrega, uma plataforma de transmissão de jogos. O serviço tem dois modos de funcionamento. O primeiro reproduz games em 720p e 30 fps. O segundo, “premium”, o faz em 1080p e 60 fps.

A parte de vídeos é garantida pelos serviços compatíveis com o Android TV, como Netflix, YouTube e Google Play Movies. Há até um controle opcional próprio para a função de TV, o Shield Remote. Além das funções básicas (volume, pausa, etc.), o acessório vem com microfone para captar comandos de voz e conexão para fones de ouvido.

Shield Remote

O Nvidia Shield será lançado em maio, começando pelos Estados Unidos, com preço sugerido de US$ 199. O pacote inclui cabos e um Shield Controller. Joysticks adicionais (até quatro podem ser conectados) estarão à venda por US$ 59,99. O Shield Remote ainda não tem preço definido.

Até o momento, não há informação sobre disponibilização no Brasil.

Com informações: GigaOM

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Xs
como é possível US$ 199 virarem 1800 reais ?? este é o preço dele no mercado LIVRE , levei um susto com o PREÇO , compro um PLAYSTATION , bem melhor
Josiel Hen
Ao olhar pra imagem de primeira, um console de mesa, parece, não?
jv110
Full HD 4K?
jv110
Shield - original Shield Tablet - tablet Shield TV - de mesa Shield é uma linha, qual é a dificuldade de entender isso?
jv110
É uma versão de TV do Shield, o que esperava?
jv110
Vocês tem algum problema com os nomes. Esse é o Shield TV. O tablet é Shield Tablet. O Famicom é Famicom.
Diogo Superior
até o momento um dos consoles com design mais bonitos q já vi.
Nielson Lopes
Dollar R$4,03 Vlw, DILMA
Igor Ramos
o hardware dele é bom, pois vai rodar ''Crysis 3 em full HD 4K a 60 FPS''. assim como half life, doom 3 bfg edition, e portal ,gta san andreas e outros titulos que iram sair em breve,
Igor Ramos
pelo menos ela ta subindo no alge.
Igor Ramos
''estaram''
Brando Costa
Acho que vai ser pelo menos 1000 reais já que disseram que ele será 200 dólares. :/
Thiago Xavier
Crysis 3 e Resident Evil 5 estão na Google Play??
Josiel Hen
Vi a imagem e pensei "concorrente pro PS4 e Xbox One, yey" mas ai desanimei com as specs e o mercado destinado dele :/
Brazilian Boy

com o dólar a R$ 3,00 vai custar uns R$ 3 mil, obrigado PT

Exibir mais comentários