Início » Segurança » Windows Hello: faça login no Windows 10 com impressão digital ou identificação facial

Windows Hello: faça login no Windows 10 com impressão digital ou identificação facial

Por
4 anos atrás

Não é só o Yahoo que quer te ajudar a se livrar das senhas. Nesta terça-feira (17), o vice-presidente da divisão de sistemas operacionais da Microsoft Joe Belfiore anunciou o Windows Hello, ferramenta de autenticação biométrica que te dará acesso imediato ao Windows 10.

Windows Hello

A Microsoft jura de pé junto que o recurso é muito mais seguro que as tradicionais senhas. O Windows Hello suportará autenticação biométrica a partir da identificação de rosto, íris ou impressão digital.

Nos dois primeiros modos (rosto e íris), a Microsoft usará um software especialmente desenvolvido para assegurar que “você é você”, não uma foto ou qualquer outra artimanha para enganar o sistema.

É claro que também há alguns requisitos na parte de hardware. As câmeras, por exemplo, devem ter boa resolução e sensores infravermelhos. A Intel RealSense 3D Camera é um exemplo de equipamento suportado. A Microsoft afirma estar trabalhando com vários parceiros para os usuários terem mais opções de hardware compatíveis com o Windows Hello.

Para a autenticação via impressão digital, a situação é um pouco mais cômoda. Segundo a Microsoft, todos os equipamentos para esse fim lançados até agora devem ser compatíveis com o Windows 10.

Complementando a novidade, a companhia também apresentou o Passport. Trata-se de um sistema que utilizará a autenticação no Windows Hello para que o usuário também possa fazer login em redes, aplicativos ou sites, mesmo naqueles que não pertencem à Microsoft.

O Passport é uma ideia que lembra a autenticação em serviços de terceiros já oferecida pelo Facebook ou pelo Google, por exemplo, mas parece ser muito mais avançado. O usuário terá inclusive a opção de definir um código para ser utilizado quando tentar acessar apps ou sites a partir de dispositivos sem ferramentas de identificação biométrica.

Vale lembrar que os recursos biométricos não são as únicas alternativas às senhas no Windows 10. Em fevereiro, a Microsoft anunciou suporte às especificações FIDO, que permitem acesso ao sistema operacional por meio de chaves USB.