Início » Jogos » Não está fácil pra ninguém: Hideo Kojima se desliga da Konami (ou pelo menos é o que dizem)

Não está fácil pra ninguém: Hideo Kojima se desliga da Konami (ou pelo menos é o que dizem)

Avatar Por

mgsv_mgo_tga_08_web

ko

Parece que a nova geração dos videogames está mais para o início de uma nova era. Desde 1986 na Konami, Hideo Kojima, a menina dos olhos da produtora, está dando adeus. Ou pelo menos é o que estão dizendo.

Presidente da Kojima Productions desde 2005, Kojima deu vida à série Metal Gear, cujo primeiro título veio ao mundo em 1987. E não há como negar: grande parte da popularidade da Konami tomou forma graças aos fãs da franquia de Solid Snake, ou seja, é certo que a saída de Kojimão, divulgada nesta quinta-feira (19), cai como uma bomba sobre a indústria dos videogames.

Tudo começou com a divulgação da lista que nomeia os executivos presentes no próximo ano fiscal da empresa – o nome de Kojima, cadeira cativa na coluna dos content officers, não foi mencionado em parágrafo algum. Os rumores sobre um desligamento entre o designer e a produtora ficaram mais fortes após a Konami anunciar uma nova versão da capa de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, a ser lançado em 2015. Diferente da arte de divulgação anterior, a lançada hoje não possui mais o antetítulo “A Hideo Kojima Game” (“Um jogo de Hideo Kojima”).

mgsv

A notícia foi confirmada por uma fonte do site Gamespot, que revelou uma intercorrência entre a Kojima Productions e a Konami, motivo que resultou não só no corte ao acesso às mídias de comunicação da produtora como também na mudança de cargo de muitos empregados da equipe de desenvolvimento de Metal Gear. De acordo com o representante, alguns membros do time sênior do estúdio – incluindo Kojima – agora trabalharão apenas como colaboradores e não mais funcionários registrados. Com isso, a divulgação de Metal Gear Solid 5 fica restrita à Konami, sem muitas aparições de seu idealizador.

A fonte também garante o debandamento do estúdio desenvolvedor de Phantom Pain assim que o projeto terminar: “Depois que terminarmos MGSV, Senhor Kojima e os gerentes superiores deixarão a Konami. Eles disseram que seus contratos terminam em dezembro. […] Em uma reunião, Sr. Kojima explicou que o time tem que se unir para fazer um bom jogo para os fãs.”

mgsv_mgo_tga_09_web

mgsv_mgo_tga_11_web

Todas as menções à Kojima Productions foram removidas das mídias sociais e do site oficial de Metal Gear, mas a Konami ainda não se pronunciou oficialmente sobre o desligamento das empresas. Para não fazer a mal educada, a produtora enviou um breve comunicado: “Konami Digital Entertainment, em que se inclui Sr. Kojima, continuará a desenvolver e apoiar os produtos Metal Gear. Por favor, aguarde nossos anúncios futuros”.

Até a publicação desta notícia, o motivo do desligamento não havia sido divulgado.

Vale mencionar que o produtor já havia dito, durante a divulgação de Phantom Pain, que, para ele, esse seria o desfecho da história: “Eu estou finalmente fechando o ciclo da saga. Isso posto, esse será o último Metal Gear Solid. Mesmo que a franquia Metal Gear continue, para mim, esse é o último Metal Gear”.

Agradecemos imensamente pela contribuição no mundo dos jogos, desejamos boa sorte e esperamos ver em breve um novo projeto pintando por aí. Boa sorte no mundo dos pejotinhas, senhor Kojima!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

JHON JHON
Volta Kojima, o Metal Gear não e o mesmo sem você!
Tales Cembraneli Dantas
pelo que parece, foi td consensual... acho que o cara quer aposentar e curtir a grana que já ganhou
danielnbl

Pelo menos o jogo já está quase completo. Mas não sei o que será da KONAMI sem ele. Ainda mais que ele estava já trabalhando no novo Silent Hill que também parecia promissor.

Logo ele que estava criando os dois únicos jogos realmente interessantes que estão anunciados para PS4 e XONE..

daniel
Pelo menos o jogo já está quase completo. Mas não sei o que será da KONAMI sem ele. Ainda mais que ele estava já trabalhando no novo Silent Hill que também parecia promissor. Logo ele que estava criando os dois únicos jogos realmente interessantes que estão anunciados para PS4 e XONE..
Airon de Souza (Nash)
A saída eu vejo como algo até natural, mas simplesmente retirar o nome dele da divulgação do produto, como se o mesmo não tivesse trabalhado toda a sua vida nele, acho falta de ética por parte da Konami.