Início » Computador » Os primeiros PCs da Asus com Windows 10 no Brasil

Os primeiros PCs da Asus com Windows 10 no Brasil

Dois-em-um, ultrafino e notebooks básicos serão lançados no Brasil a partir de agosto

Por
4 anos atrás

A Asus revelou neste domingo (19), durante um cruzeiro, seus primeiros notebooks com Windows 10, que serão lançados no Brasil na segunda metade do ano. Entre as máquinas estão o híbrido Transformer Book T300 Chi com tela de 12,5 polegadas e resolução de 2560×1440 pixels; e o ultrafino ZenBook UX305, que traz o novo processador Intel Core M e possui apenas 1,23 cm de espessura.

Transformer Book T300 Chi

O Transformer Book T300 Chi foi apresentado pela primeira vez na CES 2015, em janeiro. Ele possui um teclado destacável, que se conecta ao resto da máquina por Bluetooth, permitindo um alcance de até 20 metros, e usa ímãs de neodímio (!) para se fixar. A carcaça é toda de alumínio e tem bordas chanfradas com diamante — aquele detalhe de design que a Apple usava até o iPhone 5s.

asus-transformer-chi-2

asus-transformer-chi-1

asus-transformer-chi-3

Por dentro, o híbrido tem processador dual-core Intel Core M–5Y10 de 800 MHz (turbo até 2,0 GHz), 8 GB de RAM, 128 GB de SSD e tela IPS LCD sensível ao toque de 12,5 polegadas com resolução de 2560×1440 pixels. No tablet, há uma porta USB 3.0 (bem estranha; é aquela Micro-B usada no Galaxy Note 3), uma saída Micro HDMI e um leitor de cartões de memória.

O preço ainda não foi divulgado, mas ele não deverá ser absurdamente caro, como costumamos ver nessas máquinas com formato diferenciado. Nos Estados Unidos, o dois-em-um de 12,5 polegadas é relativamente barato, custando a partir de US$ 699.

ZenBook UX305

O ZenBook UX305 também está a caminho: é um notebook absurdamente fino, com 1,23 cm de espessura, o que é um pouco menos que os 1,31 cm do novo MacBook — com o diferencial de trazer mais portas USB, e no formato mais conhecido. Ele possui um design com aquelas conhecidas linhas concêntricas da Asus (que também estão na parte inferior dos Zenfones) e uma carcaça que parece metal, mas é plástico.

asus-zenbook-ux305-1

asus-zenbook-ux305-3

asus-zenbook-ux305-4

O modelo brasileiro será o UX305FA, com processador dual-core Intel Core M–5Y10 de 800 MHz (até 2,0 GHz), 8 GB de RAM, 128 GB de SSD e tela IPS LCD de 13,3 polegadas com resolução de 1920×1080 pixels. Há três portas USB 3.0, uma saída HDMI e um leitor de cartões de memória. A bateria tem duração de até 10 horas.

Neste momento, você certamente está pensando a respeito da performance de um processador dual-core de 800 MHz. Presta? Na prática, o desempenho do Core M-5Y10 é similar ao do Core i3-4030U de 1,9 GHz, muito usado em ultrabooks da geração passada. A diferença fica por conta do consumo energético bem inferior e pelo fato do Core M suportar resfriamento passivo, dispensando ventoinhas.

A versão brasileira sai de fábrica com Windows 10

A versão brasileira sai de fábrica com Windows 10

Notebooks para as massas (e um trambolhão de 17 polegadas)

A Asus também revelou notebooks mais normais, que não trazem nada muito novo e provavelmente não te interessarão — mas são os que vendem mais. Os computadores serão fabricados nacionalmente e fazem parte das séries K (topo de linha), X (intermediário) e Z (de entrada), sendo que esta última foi pensada especialmente para o Brasil, com hardware mais básico e preço mais acessível.

O melhor de todos é o K555LB, um modelo de 15 polegadas com Core i7 de quinta geração e placa de vídeo dedicada. Estas são as especificações de hardware:

  • Tela: LED de 15,6 polegadas (1920×1080 pixels)
  • Processador: dual-core Intel Core i7–5500U de 2,4 GHz (turbo até 3,0 GHz)
  • Placa de vídeo: Nvidia GeForce 940M de 2 GB (DDR3)
  • RAM: 8 GB
  • Armazenamento: disco rígido de 1 TB (5.400 RPM)
  • Peso: 2,3 kg

asus-k555lb

Particularmente curioso é o X751LJ, uma máquina com tela absurdamente grande de 17,3 polegadas e resolução de 1366×768 pixels. Para quem é essa máquina? Segundo a Asus, para quem está querendo substituir um desktop e quer um display bem grande.

Obviamente, a empresa foi questionada sobre a resolução baixíssima da tela. A resposta foi que, ao optar por uma resolução maior, como 1920×1080 pixels ou até mesmo 1600×900 pixels, o custo ficaria mais alto e ultrapassaria o limite de desoneração de impostos da Lei do Bem (o limite é de R$ 4.000 para notebooks), tornando o produto pouco competitivo. Como esta não é uma máquina voltada para um público avançado ou gamer, a Asus decidiu reduzir os custos.

  • Tela: LED de 17,3 polegadas (1366×768 pixels)
  • Processador: dual-core Intel Core i5–5200U de 2,2 GHz ou i7–5500U de 2,4 GHz
  • Placa de vídeo: Nvidia GeForce 920M de 2 GB (DDR3)
  • RAM: 6 GB ou 8 GB
  • Armazenamento: disco rígido de 1 TB (5.400 RPM)
  • Peso: 2,8 kg

asus-x751lj

Já no segmento mais baixo possível, a Asus terá o Z550MA, que é um notebook muito simples, com 4 GB de RAM e processador quad-core Intel Celeron N2940. Embora não tenha revelado valores, a Asus já adiantou que o computador deverá ficar na faixa de preço acima dos R$ 1.500, caso o dólar se mantenha alto até o lançamento. A taiwanesa disse que não pretende competir entre os produtos baratíssimos, por volta dos mil reais.

  • Tela: LED de 15,6 polegadas (1366×768 pixels)
  • Processador: quad-core Intel Celeron N2940 de 2,25 GHz
  • Placa de vídeo: Intel HD Graphics
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: disco rígido de 500 GB (5.400 RPM)

Todas as máquinas serão lançadas a partir de agosto, com Windows 10 de fábrica. Para receberem desoneração de impostos, elas serão fabricadas no Brasil, com exceção do Transformer Book T300 Chi e ZenBook UX305, que usam memórias flash específicas, não disponíveis nos fornecedores brasileiros.

Paulo Higa viajou no Splendour of the Seas a convite da Asus.

Mais sobre: