Início » Negócios » A Nokia não vai voltar a produzir smartphones

A Nokia não vai voltar a produzir smartphones

Emerson Alecrim Por

Os rumores sobre a volta da Nokia à produção de smartphones ganharam tanta força nos últimos dias que a companhia decidiu se manifestar sobre o assunto: em uma nota divulgada no domingo (26), a empresa afirmou, mais uma vez, que não tem planos de voltar a fabricar dispositivos móveis.

Nokia

A suposta confirmação do retorno ao segmento teria sido dada pelo presidente da divisão chinesa de desenvolvimento da Nokia. De acordo com os boatos, a companhia estaria planejando lançar aparelhos com Android a partir de 2016. No entanto, a Nokia ressaltou que nenhum de seus executivos deu declarações que levam a esse entendimento.

Na venda da sua divisão de dispositivos móveis para a Microsoft, a Nokia concordou em não utilizar a sua marca em celulares até 2016. É bastante provável que os boatos sobre o assunto tenham surgido a partir da interpretação equivocada desse ponto.

Os planos de médio e longo prazo da Nokia em relação ao segmento móvel são diferentes do que se imagina. Desde o negócio com a Microsoft, a companhia está dando alguma atenção ao desenvolvimento e licenciamento de tecnologias que podem ser usadas em smartphones, mas não à produção de aparelhos.

É esse plano que fez a Nokia criar o Z Launcher para Android, por exemplo, assim como a manter o desenvolvimento do HERE Maps, embora não por muito tempo: a divisão de mapas deve ser vendida em breve.

Z Launcher

Z Launcher

O segmento que mais interessa à Nokia é o de equipamentos e sistemas para telecomunicações. Não é por acaso que a companhia adquiriu a então rival Alcatel-Lucent há duas semanas (vale ressaltar que a compra não tem relação com os aparelhos Alcatel One Touch; estes continuam sendo fabricados pela TCL).

Talvez a prova mais expressiva sobre a importância do setor de telecomunicações para a Nokia é o valor pago para a aquisição da Alcatel-Lucent: US$ 16,6 bilhões, mais que o dobro do que a Microsoft desembolsou para levar para casa a divisão responsável pela linha Lumia.

Outra prova contundente está nas pesquisas que a companhia finlandesa vem desenvolvendo para o que pode se tornar a próxima geração de redes móveis: em testes recentes, a Nokia conseguiu criar conexões com velocidade de 10 Gb/s.

O tablet N1 leva o nome da Nokia, mas não é da Nokia

Quer dizer então que nunca mais veremos um smartphone chegar ao mercado com o nome Nokia? Pode até ser que algum lançamento aconteça, mas não da forma tradicional: terminado o acordo com a Microsoft, a Nokia poderá licenciar a sua marca ou tecnologia para outros fabricantes, mas não ficará responsável pela produção de dispositivos.

Trata-se de uma estratégia que já foi ensaiada com o tablet N1, lembra dele? O dispositivo carrega a marca Nokia, mas a sua produção cabe inteiramente à Foxconn.

Com informações: TechCrunch

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jairo ☠️

O Rudy é atualmente insubstituível e único para o wp

jairo
O Rudy é atualmente insubstituível e único para o wp
Vitor Mikaelson
Antes de falar de design, acho que é melhorar esperar amanhã, quando vão liberar as novas guidelines da Modern 2. E não pode pensar se um dev vai parar. Por que isso pode acontecer em qualquer SO...
Jairo ☠️

E se o Rudy parar , como é que fica? Substituir a rolagem pelo hamburguer ainda é pouco e o Spartan por enquanto ainda é uma promessa...

jairo
E se o Rudy parar , como é que fica? Substituir a rolagem pelo hamburguer ainda é pouco e o Spartan por enquanto ainda é uma promessa...
Vitor Mikaelson
1. Não é promessa. Já está presente em quase todos apps 2. Que eu saiba os planos ainda são de lançar a Cortana este ano
Jairo ☠️

Ótimo que o OS evolua , o menu hamburguer ainda é uma promessa para o wp10 , no qual aliás a UI não muda muito , por enquanto mais uma fileira de tiles , o Bing pt-br continua manco , Cortana em pt-br em 2016 , o bom Here Maps sendo vendido .....

jairo
Ótimo que o OS evolua , o menu hamburguer ainda é uma promessa para o wp10 , no qual aliás a UI não muda muito , por enquanto mais uma fileira de tiles , o Bing pt-br continua manco , Cortana em pt-br em 2016 , o bom Here Maps sendo vendido .....
Vitor Mikaelson
Agora está mais parecido com Android com menu hamburger entre outras coisas. Também vai facilitar o port de apps...
Jairo ☠️

Provável que com a store única WP10/ W10 a situação melhore e muito, eu usei o wp em um L925 , o que me cansou foi a UI , os apps nem tanto , em termos de UI , apps e usabilidade optei pelo Android e o meu xodo que é o BB Passport.

jairo
Provável que com a store única WP10/ W10 a situação melhore e muito, eu usei o wp em um L925 , o que me cansou foi a UI , os apps nem tanto , em termos de UI , apps e usabilidade optei pelo Android e o meu xodo que é o BB Passport.
Vitor Mikaelson
Lumias dão lucro. O que não dão, é o WP em si, pois é free. Mas, voltando ao assunto, até em questão de atualização. Supomos que a MS tenha pagado ao Instagram para fazer o app, mas não pagou para dar _suporte completo e atualizações_
Jairo ☠️

Não quantidade de apps e sim qualidade de apps , talvez com o wp10 as coisas melhorem , o preocupante é o fato da dív. não dar lucro e o tio Satya resolver vende-lá , ele sempre foi contra a aquisição.

jairo
Não quantidade de apps e sim qualidade de apps , talvez com o wp10 as coisas melhorem , o preocupante é o fato da dív. não dar lucro e o tio Satya resolver vende-lá , ele sempre foi contra a aquisição.
Vitor Mikaelson
O principal problema acredito que seja apps (avá). Acontece que a história de pagar developers deu muito errado. Boatos que algumas grandes desenvolvedoras ficavam tipo "chantageando" para ganhar mais e mais...
Exibir mais comentários