Início » Legislação » Justiça manda Uber suspender serviço no Brasil

Justiça manda Uber suspender serviço no Brasil

Por
4 anos atrás

uber-app

O Uber, polêmico serviço de transporte privado, terá que suspender suas atividades no Brasil sob pena de multa diária de 100 mil reais. A Justiça de São Paulo concedeu uma liminar em favor do sindicato de taxistas do estado, determinando também que o aplicativo seja removido das principais lojas, incluindo Google Play, App Store e Windows Phone Store.

A decisão foi proferida nesta terça-feira (28) pelo juiz Luiz Corcioli Filho, da 12ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, três semanas após taxistas organizarem um grande protesto contra o Uber, que não é regulamentado no Brasil. Por aqui, os taxistas detêm o monopólio do serviço de transporte individual remunerado de passageiros.

Se o Uber não suspender o serviço na cidade de São Paulo, a multa pode chegar a 5 milhões de reais, de acordo com a Reuters. Google, Apple, Microsoft e Samsung foram obrigadas a remover o Uber de suas lojas e deverão desativar remotamente o aplicativo nos smartphones em que o Uber já foi instalado.

O Uber informou que não foi notificado sobre a decisão. Em nota, a empresa afirma: “A Uber é uma empresa de tecnologia que conecta motoristas parceiros particulares a usuários. Reforçamos publicamente nosso compromisso em oferecer aos paulistas uma alternativa segura e confiável de mobilidade urbana”.

Uber e a economia compartilhada

Atualizado às 18h55 com a nota oficial do Uber.

Mais sobre:
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.