A edição 2015 da conferência Build teve início hoje (29) e uma das novidades já reveladas por lá nos faz refletir, como ressaltamos no Tecnocast 017, no quanto a Microsoft mudou nos últimos meses: a companhia anunciou o Visual Studio Code, um editor de código com versões para Windows, OS X e Linux.

Visual Studio Code

Soma Somasegar, vice-presidente da divisão de desenvolvimento da Microsoft, explicou que a companhia sabe que muitos desenvolvedores preferem programar em computadores com Linux ou OS X. Daí a motivação de criar uma ferramenta para essas plataformas no lugar de tentar trazer esses profissionais para o Windows a todo custo.

Só mesmo testando por algum tempo para saber se o Visual Studio Code pode fazer frente às opções já consagradas no mercado, mas, na primeira olhada, a novidade tem potencial para agradar. Há destaque de sintaxe, atalhos personalizáveis, suporte a Git, ferramenta de localização, entre vários outros recursos que a gente espera de um editor.

Visual Studio Code

Também há abrangência na compatibilidade: o Visual Studio Code pode ser usado para desenvolvimento com C++, ASP.NET, PHP, Python, Java, entre outras linguagens. Suporte a padrões web – HTML, JavaScript e CSS, por exemplo – está incluso no pacote. É possível ainda ampliar os recursos da ferramenta com plugins.

A Microsoft não está fazendo esse lançamento apenas para demonstrar generosidade. Desde que Satya Nadella assumiu as rédeas da companhia, a boa convivência com outras plataformas passou a fazer parte das prioridades. A fórmula que a empresa adotou para facilitar a migração de apps do Android e iOS para o Windows 10 é apenas uma das provas recentes dessa estratégia.

Visual Studio Code

Quer testar? O Visual Studio Code pode ser baixado aqui, de graça. O software ainda está em fase “preview”, portanto, você pode acabar se deparando com instabilidades ou bugs. De todo modo, a intenção da Microsoft é liberar atualizações regularmente com base no feedback obtido.

Com informações: TechCrunch

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinicius may
nao confunda opensource com freeware! se a microsoft se tornar opensource, ela fale! simples... Ela precisa ter alguns segmentos freeware isso sim!
M1209
esse Visual Studio Code serve para desenvolver apps para Windows Phone? interligando com o emulador de Windows Phone?
Bruno Ribeiro da Silva
Wooow great idea!
Bruno Ribeiro da Silva
Take easy friend... Assim como muitos apps da Apple não estão disponíveis pra ambiente Win, o Office não está pra Linux. Já tentou usar o OpenOffice?
Cristiano de Castilhos
Inocente ! Tem o Powershell e o Nuget
Davi Menezes
mas e possível usar o office no Linux, PlayOnLinux ou Wine direto
Luiz Claudio Eudes Corrêa
Ambiente Linux + pacote office + outlook = melhor de 2 mundos
Carlos Aurélio
Parabéns pela mudança MS.
Daniel Alves Dias
Eu pagaria
Infinity_web_br
Usuário de Linux não pagaria pelo Office.
Antônio Reis
Que falta de respeito é essa, Elias? Mas vamos lá: Não uso Linux. Não gosto de Linux. Eu disse base do UNIX. UNIX não é Linux. Linux é baseado no UNIX. Eu uso Windows. Eu gosto do Windows. E estou ansioso pelo Windows 10. Eu mencionei isso por questões puramente técnicas. Não faço faculdade. Nem nunca irei fazer. Cheers.
Daniel Alves Dias
Né?!
LessTech
Ou não. Mimimi
Elias Barnard
Vc deve ser daqueles nerdzinho que cabou de entrar na faculdade, e acha que tudo deveria ser linux.
Ricardo Vieira
Ficou bom, mas esperava mais do que uma aplicação em node webkit.
Exibir mais comentários