A Microsoft vem revelando aos poucos as funções que o Windows 10 terá. Mas também há recursos que não terão espaço na nova versão da plataforma. É o caso do Windows Media Center: em uma reunião com desenvolvedores durante a conferência Build, a companhia afirmou que a central de mídia será aposentada.

Windows XP Media Center Edition

Windows XP Media Center Edition

Até que o Windows Media Center teve um longo tempo de vida. O software fez sua primeira aparição em 2002 como uma edição especial do Windows XP – Windows XP Media Center Edition, precisamente.

Com o lançamento do Windows Vista, o Windows Media Center passou a fazer parte das versões Home Premium e Ultimate da plataforma. Mais tarde, o software foi lançado para as edições Home Premium, Professional e Ultimate do Windows 7.

Em todos os casos, a ideia era uma só: permitir o uso do Windows Media Center para reprodução de DVDs ou arquivos de vídeo, gravação de programas de TV, sintonização de rádios, visualização de fotos e por aí vai. Havia até controles remotos específicos para o Windows Media Center.

Windows Media Center - controle remoto

No Windows 8 / 8.1, a situação se complicou. Por causa dos custos atrelados ao licenciamento de codecs, a Microsoft passou a oferecer o Windows Media Center como um recurso adicional pago: para tê-lo no Brasil, por exemplo, é necessário desembolsar R$ 340 ou, no caso do Windows 8.1 Pro, R$ 32.

A Microsoft nunca revelou números, mas a adesão ao modelo pago não deve ter sido alta. Nos últimos anos, consoles de games, dispositivos como Chromecast e até mesmo smart TVs passaram a ser a central de mídia de muitos lares. É de se presumir, consequentemente, que o Windows Media Center faria pouco sucesso no Windows 8 mesmo se fosse gratuito.

É bastante provável que o Windows Media Center tenha um grupo fiel de usuários, ainda que pequeno. Por causa disso, havia expectativas sobre a disponibilização do software no Windows 10 como uma extensão paga, tal como no Windows 8. Mas, segundo a Microsoft, isso não vai acontecer.

No Windows 8.x, pouca coisa mudou

No Windows 8, pouca coisa mudou

O início do fim se deu em 2009. Algum tempo depois do lançamento do Windows 7, a Microsoft desmanchou a equipe responsável pelo Windows Media Center. Desde então, o software recebeu apenas esparsas atualizações.

Para os “órfãos” do programa, o jeito será usar uma versão anterior do Windows ou recorrer a uma opção em hardware: Xbox, Chromecast, Apple TV, entre outros. Para quem faz questão de um software para central de mídia, há alternativas como MedialPortal e Kodi.

Com informações: ZDNet

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

josè
se vcs não conhece alguem que usa aqui esta EU !rs eu uso pq tenho placa de tv digital ,funciona muito bem ,mas eu moro no japão aqui tudo funciona perfeitamente ! eu ate entendo que vcs no brasil nw consegui fazer funcionar as placa de tv ,se nem a tv de verdade funciona ,imagem congelada e nem toda programação e digital ,pelomenos ate 2012 quando estive em minas gerais percebi isso ,isso pq o sistema digital e japones .
Kadu Gaspar
Agora dá pra jogar as músicas no OneDrive e elas sincronizam com o Xbox Music também, de graça. É outra boa opção.
Lugen
coitado , usava muito ele no XP e no 7, no windows 8 nem sabia que tinha
Anakin
A apple tem uma parada semelhante que eu também nunca usei nem sei se foi tirado do novo OS X
Rodolpho Freire
Eu uso bastante entre PC e xbox pelo fato de ele ter suporte a mais codecs que o player de video padrão do xbox 360.
SPO
Nossa. Esse troço ainda existia no Windows? Nem lembrava mais.
Anderson Antonio Santos Costa
Um recurso totalmente dispensável para o Windows....
Tiago Celestino
Faz todo sentido, até porque e xBox passou ser a central multimídia de muita gente.
Louis
Já utilizei no Xbox 360, mas é bem mais lento que o streaming de mídia.
Louis
A verdade é que ninguém mais usa isso. No Xbox 360 é muito melhor ativar o compartilhamento de rede para acessar as músicas, vídeos e fotos ou utilizar streamings de mídias mais específicos como Plex (muitas falhas) ou Serviio (melhor que já utilizei).
jairo
Para os poucos usuários o suporte será até 2020
Gregory Kubya
eu tentei usar.. até reconhecia a placa de tv que eu tinha e tudo.. mas só dá pra usar se vc for usar o pc como central de midia e mais nada.. ficar saindo e voltando dele é um saco..
Felipe Teixeira
Não conheço ninguém que usa isso...
João Eduardo Barioni
Nada mais justo. Esse aplicativo sempre fez e continua fazendo muito menos que muitos outros. Vai tarde.
Hao123
Já vai tarde!
Exibir mais comentários