Já pensou em “transformar” seu smartphone em um PC? A Microsoft já: na semana passada, a companhia contou que determinados aparelhos com Windows 10 terão uma função para esse fim. Mas a turma de Satya Nadella não está sozinha. Mark Shuttleworth, o chefão da Canonical, prometeu um modo equivalente no Ubuntu Phone.

Na verdade, esse plano existe há quase dois anos. Em 2013, a Canonical fez uma campanha de crowdfunding para lançar o smartphone Ubuntu Edge. Um dos atrativos prometidos para o modelo era justamente uma “função PC”.

O "modo PC" do Ubuntu Edge

O “modo PC” do Ubuntu Edge

Uma ideia realmente promissora. Se a promessa fosse cumprida, o usuário precisaria apenas conectar teclado e monitor ao Ubuntu Edge para, imediatamente, o sistema operacional do dispositivo se adaptar à tela maior e se comportar como o Ubuntu para desktop.

Só que a companha não deu certo. Na ocasião, o Ubuntu Edge bateu recorde de arrecadação, quase US$ 13 milhões, mas precisava de US$ 32 milhões para sair do papel.

Mesmo assim, o plano de lançar um Ubuntu para dispositivos móveis não foi descartado pela Canonical. Até a ideia do “modo PC” foi mantida. O problema é que a companhia não conseguiu tocar o projeto com a agilidade que o mercado espera.

O primeiro smartphone baseado no Ubuntu Phone acabou saindo apenas neste ano – em fevereiro, para ser exato. Trata-se do Aquaris E4.5, da espanhola BQ. O modelo convive com algumas restrições: só está disponível na Europa, tem vendido pouco e, ainda por cima, não vem com a tal função de PC.

Aquaris E4.5 Ubuntu Edition

Aquaris E4.5 Ubuntu Edition

Mas Shuttleworth acredita que o modo estará disponível no Ubuntu Phone ainda em 2015. No evento Ubuntu Online Summit, o executivo explicou que o ambiente gráfico Unity vem sendo preparado há algum tempo para trabalhar com telas de variados tamanhos e rodar aplicativos “convergentes”.

Mark Shuttleworth afirmou ainda que a Canonical já está trabalhando com uma fabricante para colocar o primeiro smartphone com Ubuntu Phone e a função de PC no mercado. Ele só não disse que empresa é essa e quando, exatamente, o lançamento será feito.

Apesar das incertezas (e de algum ceticismo do mercado), Shuttleworth se mostra confiante na ideia, tanto que, no evento, ele chegou a sugerir a desenvolvedores para já irem pensando em aplicativos convergentes.

Com informações: PCWorld, OMG! Ubuntu!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Juliano Andrade
Já até vendi o meu smartphone da Motorola porque vi que alguns modelos de smartphone irão aceitar o Ubuntu e os modelos da Motorola não serão compatíveis. Outra bosta essa Motorola...
Juliano Andrade
Tomara que a canonical atinja o mercado com tudo, até porque o Android do Google é um lixo e Windows Phone não atingiu o mercado com toda força. E linux é linux Android apesar de ser um linux é um lixo de sistema. Tomara que perca o mercado e se afunde de vez. Ou mude o lixo de sistema pra uma coisa melhor.
Rafael Costa Teixeira
No meu trabalho mexo em um sistema chamado Edge.
Joey White

E usuarios ainda a esperar. Pois a unica coisa em q vi, foi o instagram sair do beta. kkkkk
Desculpe, mas realmente não sei qual a intesão da M$. Pq ate agora, so vi ela prometer =/
Acho em q vc ta invertendo um pouco as coisas. Não q eu reclame da M$ mas, a espera do windows 10 ficou por promeça durante quas um ano. Mas o bom, eh q em fim chegou ^^"

Joey White

Não foi cancelado, o projeto eh esse mesmo ai, em q a materia esta falando. Ele so não pode ser instalado em todo android, pq a empresa preferiu investir no sistema.

Rafael
então, mas esse "remover muita coisa" provavelmente tenha sido positivo para o meu uso, porque eu não senti nenhuma grande ausência... pelo contrário, consigo achar facilmente as coisas preciso. é a primeira vez que uso linux e me sinto mais à vontade do que se estivesse usando windows (que sempre fui dependente). ainda não utilizei nenhum sistema com o gnome shell já que tinha visto algumas críticas acabei nem me animando. na próxima vou tentar.
leandrw

Elementary OS foi uma das primeiras distros a combinar a consistência visual com beleza e minimalismo no GNU/Linux. Mas para isso eles removeram muita coisa, parece um OSX de tão chato e belo. Sem dúvidas o Gnome Shell e outros ambientes mais minimalistas beberam muito da fonte do Elementary.

Leandro Cavalcante
Elementary OS foi uma das primeiras distros a combinar a consistência visual com beleza e minimalismo no GNU/Linux. Mas para isso eles removeram muita coisa, parece um OSX de tão chato e belo. Sem dúvidas o Gnome Shell e outros ambientes mais minimalistas beberam muito da fonte do Elementary.
leandrw

Xubuntu, creio que tenha atualmente a customização de fábrica mais bonita de todas as flavors do Ubuntu.

Leandro Cavalcante
Xubuntu, creio que tenha atualmente a customização de fábrica mais bonita de todas as flavors do Ubuntu.
Daniel Alves Dias
"Apesar das incertezas (e de algum ceticismo do mercado)..." quem imaginaria que um sistema baseado em software livre estaria dominando o mercado de dispositivos móveis, com tão pouco tempo de existência, quando os magnatas do mercado estão ficando para trás, mesmo com sua vasta experiência. O Ubuntu Phone pode chegar a esse patamar sim.
Daniel Alves Dias
"O problema é que a companhia não conseguiu tocar o projeto com a agilidade que o mercado espera." A Microsoft conseguiu essa mesma façanha e agora tá tentando correr atrás do prejuízo
Daniel Alves Dias
"O modelo convive com algumas restrições: só está disponível na Europa, tem vendido pouco e, ainda por cima, não vem com a tal função de PC.": Restrições essas que o fizeram tornar notícia no mundo inteiro, e ainda mereceu uma matéria no tecnoblog que, apesar de inicar a matéria com um lindo texto falando da "inovação" Microsoft, acaba passando dúvidas sobre a consistência do que pode ser ofertado pelo Ubuntu Phone.
Daniel Alves Dias
"...Mas a turma de Satya Nadella não está sozinha. Mark Shuttleworth, o chefão da Canonical, prometeu um modo equivalente no Ubuntu Phone.": Ele não prometeu, ele foi o primeiro a idealizar e tentar levar a frente, mas tentar viver num mundo livre faz com que os "monarcas escravizem" aqueles que não tem tanto poder.
Daniel Alves Dias
As vezes, quando leio certos textos nesses noticiários de tecnologia, sinto um certo desdém quando se fala do linux.
Exibir mais comentários