Início » Computador » Financie isso: CHIP, um computador que custa US$ 9

Financie isso: CHIP, um computador que custa US$ 9

Emerson Alecrim Por

Software de código aberto e hardware de baixo custo. Esses são os principais ingredientes do CHIP, computador minúsculo que busca financiamento no Kickstarter. A ideia de baixo custo é levada a sério no projeto: você pode adquirir uma unidade por apenas US$ 9.

CHIP - computador de US$ 9

Por esse preço, o ponteiro do desconfiômetro vai lá para cima: será que o hardware não é de fazer uma calculadora xing-ling ter boa autoestima? Não. Para a sua categoria, o CHIP tem especificações decentes: processador AllWinner A13 de 1 GHz (single core), GPU Mali 400, 512 MB de memória DDR3 e 4 GB para armazenamento de dados.

Há ainda Wi-Fi 802.11n, Bluetooth 4.0, porta USB 2.0, porta micro-USB e saída de vídeo composto compatível com outros padrões via adaptadores.

O sistema operacional é uma variação do Debian acompanhada de apps de código aberto para tarefas diversas: Gimp para edição de imagens, LibreOffice para produtividade, VLC para reprodução de vídeo e áudio, Chromium para navegação na web, Pidgin para mensagens instantâneas, entre tantos outros.

CHIP - software

Para aumentar ainda mais a diversão, você pode levar junto um PocketCHIP, acessório programável que transforma o CHIP em um dispositivo móvel adicionando tela de 4,3 polegadas sensível a toques, bateria de 3.000 mAh e teclado QWERTY.

PocketCHIP

Será que a ideia convence? A resposta está nos números da campanha: a meta de arrecadação é de US$ 50 mil, mas, na publicação deste post, o CHIP já havia alcançado mais de US$ 800 mil.

Por que é legal? O CHIP é um computador minúsculo que abraça a ideia de projetos abertos, portanto, você pode usá-lo em inúmeras aplicações, basta soltar a imaginação.

Por que é inovador? Porque o tamanho diminuto facilita o transporte e estimula o uso do CHIP em uma enorme gama de atividades, aspecto que é auxiliado pelo baixo custo do dispositivo.

Por que é vanguarda? Não é bem de vanguarda. Ideias como essa não são novidade. Mas o bom conjunto de hardware (para o preço) e a oferta de uma seleção completa de software torna o CHIP interessante até mesmo para quem não tem conhecimentos técnicos avançados.

Vale o investimento? Por US$ 9, com certeza! E você pode optar por complementos. O CHIP mais bateria ou adaptador VGA, por exemplo, sai por US$ 19. O CHIP com PocketCHIP custa a partir de US$ 49.

A entrega dos kits deve começar no final do ano. A Next Thing, empresa responsável pelo projeto, promete fazer envios para todas as partes do mundo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

EverPi
Todos olharam o valor inicial, mas não leram as entrelinhas.

Pontos negativos do C.H.I.P: http://www.bitacido.net/2015/05/chip-o-pc-de-9-dolares-vale-a-pena-pontos-negativos.html
Daniel Drumond
Ou são os operários chineses.
sandrosfc
Nossa, legal mesmo! Seria uma pena esses 9 dólares virarem 100 dilmantas...
Raul Craveiro
Estou pensando em apoiar o projeto, mas estou com algumas ressalvas. Não sei se o sistema vai ser fluido, se caso eu precisar de um adaptador no futuro será fácil adquirir... D:
Diogo
Conseguir abrir uma foto, vai. Mas, com a memória ocupada pelo S.O., pelos drivers de vídeo, entrada, memória, etc.. e pelo software de exibição da imagem, não espere que isso seja feito *em tempo real*.A questão é que eu não acredito que nem por 9 dólares seja possível construir um computador equivalente aos de antigamente. Nem um kit Raspberry é tão barato assim. Algo está sendo sacrificado aí, e ou é a qualidade física do hardware ou é a especificação do hardware em si.
Diogo Nóbrega
Conseguir abrir uma foto, vai. Mas, com a memória ocupada pelo S.O., pelos drivers de vídeo, entrada, memória, etc.. e pelo software de exibição da imagem, não espere que isso seja feito *em tempo real*.


A questão é que eu não acredito que nem por 9 dólares seja possível construir um computador equivalente aos de antigamente. Nem um kit Raspberry é tão barato assim. Algo está sendo sacrificado aí, e ou é a qualidade física do hardware ou é a especificação do hardware em si.
Vitor Mikaelson
*Antigamente* com sistemas MUITO mais leve.
CommandCom
Isso eu apoio!

http://www.falhacritica.com.br/c-h-i-p-o-computador-ovelha-de-9-eu-disse-nove-obamas/
Edmilson_Junior
A questão é que existem coisas tipo um pendrive hdmi com Android e aceitam teclado e mouse sem fios, a questão é: Como configuro isso inicialmente?
Pedro Augusto
Taí algo pelo qual eu pagaria no Kickstarter! Vou dar uma olhada e, valendo a pena, pagarei!
Anayran Pinheiro
Teclado usb + mouse bluetooth. Ou um hub usb com alimentador.
Louis
Antigamente o iOS, Android e Windows rodavam com especificações parecidas e todo mundo conseguia até assistir vídeos. Não vejo porque não abriria uma foto sem problemas.


Até entendo a ideia, mas não me interesso. Preferia um smartphone com resolução de tela menor e bateria maior,
Edmilson_Junior
Lendo as especificações fiquei curioso em como configuraria o teclado e mouse se para configura-los eu precisaria de um teclado ou mouse. Esta é uma dúvida que tenho com relação a todos os equipamentos desse tipo. Se eu estivesse empregado apoiaria o projeto, desempregado é tenso, na pior situação ele seria um emulador para a TV ou player de conteúdo.
Diogo
Hmmm... sei não viu. Isso tem cara que não vai conseguir nem abrir uma foto sem dar uma engasgada, quanto mais rodar vídeo e editor de foto... vide o computador "dongle" da Intel...
Diogo Nóbrega
Hmmm... sei não viu. Isso tem cara que não vai conseguir nem abrir uma foto sem dar uma engasgada, quanto mais rodar vídeo e editor de foto... vide o computador "dongle" da Intel...