A Apple atualizou nesta terça-feira (19) sua linha de MacBooks Pro com tela Retina de 15 polegadas. Os novos portáteis chegam com baterias maiores, memórias flash até 2,5 vezes mais rápidas e trackpad Force Touch. A empresa também lançou um iMac com tela Retina 5K mais acessível, que começou a ser vendido no Brasil por R$ 14.299.

macbook-pro-retina-15

O MacBook Pro com tela Retina de 15 polegadas (2880×1800 pixels) mais barato, se é que esse termo pode ser usado, custa R$ 13.999 no Brasil. Ele vem com processador Intel Core i7 quad-core de 2,2 GHz, 16 GB de RAM, 256 GB de armazenamento flash PCIe e GPU Iris Pro. A bateria dura 9 horas, uma a mais que o modelo anterior.

Por R$ 16.999, o processador pula para um Core i7 quad-core de 2,5 GHz e o armazenamento dobra para 512 GB. Segundo a Apple, os novos SSDs podem alcançar taxas de transferência de até 2 GB/s. Depois de uma temporada usando GPUs da Nvidia, o modelo mais caro passa a vir com uma AMD Radeon R9 370X de 2 GB.

imac-27-5k-corte

O iMac com tela Retina 5K (5120×2880 pixels) está menos caro. Nos Estados Unidos, quem quisesse um teria que gastar no mínimo US$ 2.499. Agora, há um modelo mais barato por US$ 1.999. No Brasil, a mesma máquina chegou por R$ 14.299, contra R$ 16.299 do modelo mais caro.

O que você perde ao economizar dois mil reais? O processador Core i5 quad-core tem o clock reduzido de 3,5 GHz para 3,3 GHz; o Fusion Drive de 1 TB é substituído por um HD convencional de mesma capacidade; e a GPU Radeon R9 M290X é trocada por uma Radeon R9 M290. Não é possível fazer upgrade de processador, mas é possível aumentar a RAM para até 32 GB (R$ 3.600) e colocar um SSD de até 1 TB (R$ 6.000).

Os novos MacBooks com hardware atualizado e iMac com preço reduzido estão sendo vendidos na loja online da Apple, com previsão de entrega de até quatro semanas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

leandrw
Segundo Flávio Augusto, empreendendo por 1 ano, começando com R$30.000, você consegue fazer 1 milhão. Logo, 2 macbooks não saem tão caro no final do ano.
Rodrigo Dutra
Me da os 15.000 pra eu ser feliz...
Adec
Kkkkk
Luis
De ouro.
Tiago Celestino
Totalmente normal, já que o próprio diretor de marketing para america latina já disse que o Brasil é o país que a empresa tem lucros. Ou seja, somos trouxas e a Apple está nem ai para as reclamações.
Filipe Melo
Imagine como deve ser o dpt de marketing da Apple, pensando no mercado brasileiro: " Vamos lá, tem trouxa que vai comprar.." rs
Hixa
Baixa pelo Olarila. Além deles terem um forum em português para resolver seus problemas.
Keaton
Pior é quando o pessoal compra isso para usar o Facebook...
Keaton
Vire politico. =p
Keaton
6000 reais por um SSD de 1TB 500 dolares?! E eu achava que a DELL costumava zoar os preços dos upgrades...
Leonardo Caldas
Conheço não... Vou dar uma fuçada! Quanto aos apps de Mac, acabei descobrindo alternativas gratuitas, algumas delas equivalentes às que eu já usava no dia a dia. No mais, foi ir me adaptando ao modo Apple de fazer as coisas... Sem suporte a FLAC... Tendo que converter minha coleção de áudio inteira pra ALAC... tendo que me forçar a usar o iTunes... mas é como você falou. É gostoso de usar. É questão só de adaptação mesmo.
Leonardo Caldas
Taí, Luis. Tivemos a mesma impressão sobre o OS X, então. Ele tem uma fluidez que o torna prazeroso de usar. O modo como ele gerencia a RAM é elegante. A maneira como os aplicativos estão todos vinculados potencializa a produtividade, além de ele ter uma uniformidade visual que me parece que só de uns tempos pra cá vem chegando ao Linux (e que no caso do Linux não chega a ser uma falha, e sim uma característica resultante da fragmentação dos projetos). Eu também comecei usando-o numa VM, mas a performance não ficou legal... Eu precisava do XCode, mas ficou meio lento. Por isso montei meu primeiro Hackintosh. Gostei tanto que continuei usando. Acabei voltando para o Linux, e uso VMs para os outros SO de que preciso, mas a vontade de comprar um Mac não passa! ;)
Luis
Quem falou de assalariado?
Luis
Nessas horas fico feliz que o Hololens, meu maior objeto nerd de desejo do momento, seja da Microsoft...Todo mundo ficou abismado com a possibilidade de custar mais do que um vídeo-game...rs
Guilherme K
Esqueceu-se do Apple Watch pela bagatela de 100k.
Exibir mais comentários