google-fiber-speedtest

O Google Fiber, que oferece conexão de 1 gigabit por segundo ao custo de US$ 70 por mês, está encaminhando multas para clientes que baixam conteúdo pirata através do serviço de internet por fibra óptica da empresa. Os pagamentos chegam a US$ 300 e os usuários são alertados por email, junto com um aviso de suspensão de conexão caso os downloads continuem.

Mas espere: esse tipo de multa é relativamente comum nos Estados Unidos. Existem empresas, como a Rightscorp e a CEG TEK, que têm como objetivo localizar e multar internautas que violam direitos autorais de músicas, filmes e jogos. Essas companhias coletam o dinheiro e encaminham parte da receita das multas para os produtores de conteúdo.

Então qual a polêmica? Bom, quando as empresas encontram alguém que está baixando conteúdo pirata, elas enviam cartas automáticas para as operadoras, que então deveriam encaminhar a demanda para o tal infrator. O Google Fiber está fazendo justamente isso. Só que essa não é uma unanimidade: na verdade, grandes operadoras, como AT&T, Comcast e Verizon, se recusam a encaminhá-las.

Parte do email enviado pelo Google Fiber aos pirateiros

Parte do email enviado pelo Google Fiber aos pirateiros

A alegação das operadoras é que os clientes devem ser protegidos de falsas acusações. A Comcast, maior empresa de banda larga dos Estados Unidos, pega a carta original (com o texto ameaçador e a multa de centenas de dólares) e simplesmente substitui todas as ameaças por um texto padrão, dizendo que a operadora recebeu uma reclamação e que isso não é legal. A multa, então, não chega ao cliente.

O TorrentFreak, portanto, diz que a prática do Google, de encaminhar multas para os usuários, é “surpreendente, já que a empresa tem um bom histórico em proteger os interesses dos consumidores”. Pelas leis norte-americanas, as operadoras não têm obrigação de encaminhar por completo as ameaças aos clientes. O Google não se pronunciou.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ricardo Yamaguchi
Nada a ver. O Windows pode ser comprado. Uma vez comprado, pode-se baixar e instalar na máquina licenciada. A forma padrão de se obtê-lo é assim: pagando. Simples. Se quiser de graça, acostume-se com o Linux. Tem várias distros interessantes. Mas se vc gosta de game, realmente, tem que pagar o Windows.
Bruno
210 reais por 1 gigabit de Internet? nossa, que inveja!
Rodrigo Reinaux
Depois de tentar imaginar (e não conseguir) o que é baixar um arquivo com a velocidade da foto, eu cheguei à conclusão que essa de não enviar as multas é um boicote das operadoras ao Google. Isso porque elas tem medo da concorrência. Viajei demais na teoria da conspiração?
Fabiano

Troca M por K que parece mais a nossa realidade

Chicken Little
Troca M por K que parece mais a nossa realidade
Talles
Corretíssimo, são serviços de ótima qualidade... Não vou ser hipócrita, já usufrui da pirataria, mas uma coisa eu afirmo, desde o meu primeiro emprego venho mudando minha forma de pensar, e hoje, posso dizer que não utilizo mais.
Yan Minari

Eu pago Netflix e Spotify mas mesmo assim ainda tem muita coisa que eu gosto que não está lá. O que fazer? Piratear o que não está lá.

Yan Gabriel Minário
Eu pago Netflix e Spotify mas mesmo assim ainda tem muita coisa que eu gosto que não está lá. O que fazer? Piratear o que não está lá.
SPO
Sim, isso ocorreu durante um tempo nos EUA e mantém a coisa um pouco sob controle, mas não muito. Nos outros países, ocorre igual ao Brasil ou até pior. Eu conheço França e Inglaterra, assim como Portugal e Espanha e ninguém deixa de baixar um torrent de filme ou um programa qualquer. Dizer que é só no Brasil é o famoso complexo de vira-lata.
Manoel Guedes
Você viu o print que inicia o artigo? Aqui no Brasil temos limite de download no Google Fiber não. http://www.anatel.gov.br/Portal/exibirPortalNoticias.do?acao=carregaNoticia&codigo=31402
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Não é tão simples assim, nos EUA, França, Inglaterra, e muitos outros países rolam multas e prisões. Conheço vários americanos que não pirateiam porque já tiveram amigos presos ou enfrentando julgamento por baixar um filme apenas.

PKX
Não é tão simples assim, nos EUA, França, Inglaterra, e muitos outros países rolam multas e prisões. Conheço vários americanos que não pirateiam porque já tiveram amigos presos ou enfrentando julgamento por baixar um filme apenas.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Desculpa esfarrapada de quem não quer dar suporte a quem produz conteúdo.

Quer músicas? Tem Spotify, Rdio, Deezer, de graça, ou pague 15 reais (e nem venha me dizer que isso é caro)

Quer filmes? Neftlix (uns 17 reais tb), e quem já paga TV com pacote de filmes tem Telecine Play por exemplo
Games? Steam, Nuuvem, etc, games baratos e promoções

Uma coisa é baixar conteúdo não disponível no seu país, até concordo pois lançamentos de séries deviam ser mundiais, agora, baixar o que tá disponível em plataformas de custo competitivo é sacanagem mesmo.

PKX
Desculpa esfarrapada de quem não quer dar suporte a quem produz conteúdo. Quer músicas? Tem Spotify, Rdio, Deezer, de graça, ou pague 15 reais (e nem venha me dizer que isso é caro) Quer filmes? Neftlix (uns 17 reais tb), e quem já paga TV com pacote de filmes tem Telecine Play por exemplo Games? Steam, Nuuvem, etc, games baratos e promoções Uma coisa é baixar conteúdo não disponível no seu país, até concordo pois lançamentos de séries deviam ser mundiais, agora, baixar o que tá disponível em plataformas de custo competitivo é sacanagem mesmo.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Exato, a criptografia só evita o traffic shaping por parte do provedor.

Exibir mais comentários