Início » Negócios » É o fim da Mandriva

É o fim da Mandriva

Paulo Higa Por

Depois de quase duas décadas de operação, a Mandriva, empresa franco-brasileira responsável pelo Mandriva Linux, está encerrando oficialmente suas atividades. A companhia, que surgiu a partir da aquisição da brasileira Conectiva pela MandrakeSoft, entrou em processo de liquidação na França, um dos últimos passos para a extinção de um negócio.

mandriva1

O processo de liquidação da Mandriva significa que a empresa transformará seus ativos em caixa para honrar as dívidas e compromissos, posteriormente destinando o saldo restante (se houver) aos sócios e responsáveis. Em 2013, segundo o Societe, a Mandriva faturou 553,6 mil euros, quantia que não foi suficiente para manter a companhia funcionando.

A empresa teve grande importância no desenvolvimento do Linux nos desktops na década passada. A Mandriva travou (e ganhou) em 2007 uma luta contra a Microsoft para distribuir o Mandriva Linux em 17 mil computadores destinados a escolas da Nigeria. Em 2010, o Ministério da Educação anunciou que o Mandriva seria o sistema operacional usado nos netbooks direcionados a escolas públicas no Brasil.

O Mandriva Linux, uma das minhas distribuições preferidas, teve sua última versão estável lançada em 2011. O espírito do Mandriva, por assim dizer, continua vivo no Mageia, fork criado por ex-funcionários da Mandriva, e no OpenMandriva, mantido pela comunidade.

Com informações: ZDNet.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andrey

Olá Roberto!

Tudo bom?

Baixei o Rosa Linux p/ 32 bits e computadores antigos, versão LXQT... dê uma olhadinha no site, que tem coisa boa.

Sorte!

Pingulinus
O primeiro Linux que tive contato foi o conectiva linux 6.
Win Happy
Realmente uma pena. Comecei minha vida no Linux com a Conectiva 9. Hoje só uso Windows, e sou muito mais feliz.
Roberto Santos
O mageia é uma merda, uma simples conexão de rede wifi, ele simplesmente não detecta. O openmadriva o mesmo problema do mageia. O rosa linux ( Russia ) só funciona em maquinas 64 bits com no minimo 4 GB para maquinas leves já era, outra bosta. Finalmente esperaremos que aparecça alguém com cerébro para dar um bom uso aos fontes do mandriva.
Cleber Rosa
A verdade eh que nao eh (tao) facil ganhar dinheiro com FLOSS. Tiremos o chapeu pra Cygnus e entao Red Hat por serem pioneiras nessa arte.
Cleber Rosa
Vc comecou usando Conectiva... e o Conectiva sempre sera sua primeiro distro. Faz sentido.
Johnny Walker

Já utilizei e era um sistema muito bom, mas como um colega falou, realmente o gerenciador de pacotes era uma droga.

Johnny Walker Junior
Já utilizei e era um sistema muito bom, mas como um colega falou, realmente o gerenciador de pacotes era uma droga.
Claudinei Santos
Trabalhei lá ... os franceses acabaram com tudo e tentaram impor sua "cultura Linux" falida. Em vez disso, deveriam ter lançado o Conectiva Linux 11 que estava pronto, porém guardado a 7 chaves e enterrado por eles !
mhenriquecd
Cara, hoje linux é mais forte que nunca, esta nos smartphones e tablets android, nas Smartvs, cameras, todo tipo de equipamentos unteligentes e embarcados como Dvr ( equipamentos de gravação de videos de segurança ) Toda a robotica usa linux
Eduardo Spaki
esse é o ultimo ano do linux
Henderson Bariani
Uma pena, minha primeira distro foi o Conectiva Marumbi. O Mageia é bem interessante, espero que tenha vida longa.
marcos_5000
Primeira distro Linux que testei, um Conectiva que veio no meu primeiro computador da Positivo que tive. Nossa como era bonzinho. :/
Tiago Celestino
Nunca usei o Mandriva, mas sempre lia sobre nas antigas revistas de softwares. Uma pena, mas é melhor ser encerrada antes do que tentar o que não é mais possível recuperar.
Renan™

Primeira distribuição Linux com a qual tive contato foi o Conectiva Linux 9.. pra mim era o melhor.
Detestei a fusão com a Mandrake.

Exibir mais comentários