Início » Ciência » Google Project Soli: controle dispositivos vestíveis apenas com gestos

Google Project Soli: controle dispositivos vestíveis apenas com gestos

Emerson Alecrim Por
4 anos e meio atrás

A ATAP (Advanced Technology and Projects) é um braço do Google responsável por executar ideias inusitadas, umas mais, outras menos. Na conferência Google I/O 2015, a divisão apresentou várias iniciativas. O Project Vault é uma. O Project Soli é outra: a intenção é permitir que você controle dispositivos vestíveis com gestos, sem tocá-los.

Project Soli

Você já deve ter percebido que, quanto menor a tela de um dispositivo, mais difícil é dar comandos a partir de toques. Se você tocar a tela de um smartwatch, por exemplo, seu dedo bloqueará boa parte das informações visuais.

O Project Soli pode ser a solução para esse problema. A ideia consiste em um chip minúsculo que incorpora sensores. O mais importante deles é uma espécie de radar: o componente emite sinais que podem detectar volume, distância e movimentos. Isso significa, portanto, que o sensor pode também reconhecer gestos.

Segundo Ivan Poupyrev, líder do projeto, o Project Soli está sendo desenvolvido para reconhecer movimentos que já nos são comuns, fazendo com que o tempo de aprendizagem para uso da tecnologia seja muito pequeno.

Se você precisar, por exemplo, ajustas as horas de um dispositivo, poderá juntar os dedos polegar e indicador para fazer um movimento que imita o girar do botão de um relógio de pulso convencional. O Project Soli é capaz de detectar o gesto e executar a ação correspondente como se, de fato, você estivesse girando o botão.

Uma proposta como essa é interessante porque, além de desobrigar o usuário de dar toques em telas, pode ser útil em dispositivos vestíveis que não possuem display, como óculos ou pulseiras inteligentes. Como o chip é bem pequeno - e, eventualmente, pode ficar menor -, a sua implementação em wearables dos mais variados tipos não deve ser um desafio.

Project Soli

A parte ruim é que, como você deve ter imaginado, a tecnologia ainda não está pronta para sair dos laboratórios da ATAP. O Google deve liberar mais informações sobre o Project Soli e kits para desenvolvedores interessados à medida que a pesquisa evolui.

Com informações: The Next Web