Início » Gadgets » A versão final do Oculus Rift será assim

A versão final do Oculus Rift será assim

Por
4 anos atrás

 Oculus Rift

Brendan Iribe, CEO de Oculus VR, revelou a versão final do Oculus Rift. Já não era sem tempo! A apresentação foi feita nesta quinta-feira (11) em uma conferência pré-E3 promovida pela empresa. O evento também serviu de palco para os joysticks Oculus Touch e para uma surpresa: o anúncio de uma parceria com a Microsoft.

Oculus Rift

Talvez você esteja se perguntando se o Oculus Rift já não estava pronto. Mais ou menos. A ideia se tornou pública em 2012 e o dispositivo ganhou fama após uma campanha bem-sucedida no Kickstarter. Mas as unidades disponibilizadas desde então são, basicamente, protótipos voltados a desenvolvedores. O Tecnoblog inclusive testou uma delas.

 Oculus Rift

A versão final não difere muito das unidades de testes, mas as mudanças são perceptíveis. O equipamento ganhou ajustes ergonômicos, ficou um pouco mais leve, teve suas dimensões ligeiramente reduzidas e recebeu traços que o deixaram com um ar mais sofisticado, com cara de produto final mesmo.

Detalhes sobre as especificações técnicas ainda não foram dados, mas já se sabe que o Oculus Rift terá dois visores OLED – um para cada olho – cujo posicionamento poderá ser regulado com um botão.

 Oculus Rift

 Oculus Rift

Sensores diversos e fones de ouvido também foram incorporados ao dispositivo. Estes últimos de simples não têm nada: o usuário poderá perceber por onde um inimigo se aproxima em um jogo, por exemplo, só pelo ruído.

Oculus Touch

O Oculus Rift deve ser empregado principalmente em jogos, logo, a apresentação dos joysticks Oculus Touch é bastante conveniente. O que provavelmente ninguém esperava é que esses acessórios fossem tão, digamos assim, esquisitos.

Oculus Touch

Mas não é sem razão. De acordo com a Oculus VR, os controles foram desenhados para dar liberdade de movimento e, tanto quanto possível, fazê-los funcionar como extensões das mãos em um jogo.

Cada unidade do Oculus Touch tem sensores de movimento bastante precisos, botões de ação, gatilho e controle analógico. Parece promissor, mas só testando mesmo para compreender a experiência.

Oculus Touch

Xbox One

Talvez a parte mais surpreendente do evento de hoje fique para o anúncio de parceria com a Microsoft. Com a aliança, o Oculus Rift terá compatibilidade com o Xbox One e o Windows 10. Quer apostar quanto que esta é uma (tentativa de) resposta da Microsoft ao Project Morpheus, da Sony?

O usuário poderá visualizar jogos do Xbox One no Oculus Rift a partir do streaming feito do console para um PC com Windows 10. Explicando de outro modo, o Xbox fará a transmissão para o computador e este, de certo modo, usará o Oculus Rift como um substituto para a TV. Pode parecer uma ideia não muito boa, mas ao menos é uma forma de aproveitar títulos não adaptados para realidade virtual.

Oculus Rift + Xbox One

Outro efeito da parceria: ao comprar um Oculus Rift, o usuário receberá no mesmo kit um joystick do Xbox One e um adaptador wireless que possibilita streaming a partir do console (os Oculus Touch, aparentemente, serão comercializados separadamente).

O Oculus Rift está previsto para chegar ao mercado no primeiro trimestre de 2016. Ainda não há informações sobre preços.