Sem ter o mesmo poder de fogo que GitHub, Bitbucket e similares, o Google decidiu descontinuar o serviço de repositórios Google Code em março. Mas o segmento não foi totalmente descartado pela companhia: discretamente, o Google vem trabalhando em um serviço parecido chamado Cloud Source Repositories.

Cloud Source Repositories

A novidade está em fase beta e, apesar de já ter um número considerável de recursos, não aparenta ter força para atrair usuários do GitHub e semelhantes, pelo menos não agora.

Talvez essa nem seja a intenção do Google. Tudo indica que a companhia está mais preocupada em se armar contra plataformas nas nuvens como Amazon Web Services e Microsoft Azure, afinal, ambos os serviços já oferecem repositórios. Isso explica o fato de o Cloud Source Repositories estar diretamente vinculado à Google Cloud Platform.

Mas o que exatamente o Cloud Source Repositories proporciona? Ao VentureBeat, o gerente de produtos da Google Cloud Platform Chris Sells começou explicando que o serviço oferece repositórios Git privados e seguros que se integram com outras ferramentas nas nuvens (você pode vinculá-los a algum projeto já existente no próprio GitHub, por exemplo).

O Cloud Source Repositories também disponibiliza um ambiente de desenvolvimento online. O Google trabalha inclusive em uma ferramenta chamada Cloud Debugger que permite ao desenvolvedor inspecionar o estado do código sem afetar a sua execução (no momento, funciona apenas com Java).

Cloud Debugger

Outros recursos estão a caminho. Chris Sells destaca uma API que será disponibilizada ainda neste ano que permitirá ao desenvolvedor ter controle automatizado de seus repositórios.

Não ficou claro, porém, quando o Cloud Source Repositories será lançado como um produto final. Sells prometeu novidades para os próximos meses, mas não especificou datas.

Se você estiver interessado em conferir de perto a novidade, pode se inscrever na página oficial do Cloud Source Repositories. Note que, na fase beta, as contas criadas são gratuitas, mas têm limite de hospedagem de 500 MB. Para usar o serviço, é necessário instalar o Git e o Google Cloud SDK.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ígor Moreira
Ele não é concorrente direto do Github, esta mais para atacar o Visual Studio Online. Vamos ver como ele se sai.
Diego Rocha
No caso acho que o atrativo seria integração com o cloud plataform/app engine, o que parece bem interessante. Não usaria como repositório principal, mas como mais um dos remotes.
Rodolpho Freire
Interessante, porém acho difícil fazer frente ao github, ainda mas que grande parte dos desenvolvedores preferem usar o próprio ambiente de desenvolvimento, talvez esse ambiente de desenvolvimento online não se torne um diferencial suficiente para trazer projetos do github. Agora vamos aguardar mais novidades... //Off - Para refletir hehehe http://img-9gag-fun.9cache.com/photo/aDmwq9B_700b.jpg