Satya Nadella está transformando a Microsoft em uma nova e revigorada empresa, mas, pelo jeito, alguns velhos hábitos permanecem. Um é o de mudar os nomes de serviços. A mais recente "vítima" é o Xbox Music que, conforme anúncio divulgado nesta segunda-feira (6), passará a se chamar Groove Music.

Groove Music

No post sobre o assunto, a Microsoft explica que a mudança é baseada no feedback obtido de usuários que sugeriram uma maneira mais intuitiva de acessar o serviço. É provável que a companhia tenha percebido uma associação demasiadamente forte do nome Xbox Music com a sua plataforma de games, logo, a mudança pode deixar mais evidente que o serviço não depende de um console.

Mas não há só mudanças na embalagem. A Microsoft afirma que o Groove receberá uma série de incrementos nos próximos meses, esforços importantes especialmente agora que o Apple Music está deixando o mercado de streaming de áudio ainda mais disputado.

A companhia relata, por exemplo, que ficará mais fácil acessar as mais de 40 milhões de músicas disponíveis, assim como acervos particulares — graças à integração com o OneDrive. Isso se deve, em parte, à disponibilização futura de apps do serviço para Android e iOS. O acesso a partir do Xbox continuará possível, é claro.

O Xbox Videos também trocará de rótulo, passando a se chamar Movies & TV, um nome simples, mas bem menos "estranho" que Groove (será que a Microsoft se inspirou no finado Grooveshark para usar essa denominação?) e que deixa claro o foco principal do serviço: venda de filmes e seriados.

Movie & TV

Já é possível acessar o site do Groove, mas o serviço deve ser inaugurado de verdade com a chegada do Windows 10 — segundo a Microsoft, usuários do programa Windows Insider deverão ter acesso ao aplicativo já na próxima build.

A má notícia é que o Groove Music não será tão abrangente: a Microsoft afirma que o serviço estará disponível apenas em mercados selecionados. Nos Estados Unidos, a assinatura permanecerá custando USS$ 9,99 por mês. Contas Xbox Music Pass serão migradas automaticamente.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Trindadde
Muito bem lembrado. O Zune era perfeito! Eu ainda uso ele no meu Windows 7 - nunca me dei bem com o Media Player. - Fora que o Zune deixava os podcasts organizados.
Nicolas Oliveira
Bacana é que não aparece as músicas que o cara tem no pen drive, ele até reproduz, mas tu tem que buscar na pasta, não tem como ele mostrar tua músicas de um pendrive direto no programa como tu fazia no windows media player.
Lucas Gouveia
Apesar de muitos gostarem do falecido zune, ele nao foi bem um sucesso... tanto que nao expandiu pra outros paises, acho que a troca do nome foi sabia e deu um cwrto poder pra marca...
Rafael Rocha
Gostei do nome novo. Sou da opinião de que a associação com o XBox console confundia, sim, algumas pessoas.
Tiago Celestino
Processo a vista, só a Microsoft já ñ pagou.
Deilan Nunes
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Joseph Arimateias Diniz
XBox Vídeos... Considerando o costume da galera de abrevias nomes (vide XONE) quanto tempo até um desavisado chamar isso de X-videos? hehehehehe
Vitor Mikaelson
Aparentemente, vai ter integração social "soon" https://twitter.com/ellenment/statuses/618249542668935168
Isaias Lima
O Zune já foi louvado por extra terrestres em Simpsons, só que eles só recebiam o lixo da Terra, então...
Igor Costa
Valeu! Ficarei no aguardo aqui...
Claudinei Sousa
Foi por causa do Grooveshark. Certeza. Maneira de atrair no subconsciente dos consumistas...
Cortana ✔

Eu assino, e estou buscando algo melhor, mas não encontro.

Cortana
Eu assino, e estou buscando algo melhor, mas não encontro.
Thiago Sabaia
No meu caso era templates, cada semana era um diferente.
Fábio Moser
Aaahhh é isso então... obrigado por esclarecer, Vitor! ;-)
Exibir mais comentários