Início » Aplicativos e Software » Apesar do Apple Music, downloads do Spotify continuam crescendo

Apesar do Apple Music, downloads do Spotify continuam crescendo

Spotify passou 5 dias consecutivos como nono aplicativo mais popular na App Store

Por
4 anos atrás

Spotify

Mesmo com o surgimento de uma nova concorrente nos serviços de música, o CEO do Spotify não deve estar mais surpreso do que se mostrou no dia da WWDC, quando tweetou apenas “Oh ok” em resposta ao lançamento do Apple Music. Principalmente porque, como avalia a Bloomberg, o público-alvo do Music não é necessariamente o mesmo do Spotify. A Apple quer trazer gente nova ao mercado de streaming, que ainda não assina outros serviços ― muitas vezes, leigos nem sabem que algo do tipo existe.

Mas, provavelmente, o principal motivo da “tranquilidade” é o número de downloads do Spotify no Google Play e App Store, que não para de crescer: na loja da Apple, o app passou 5 dias seguidos como 9º aplicativo mais popular, o que nunca havia acontecido. Os gráficos mostram que a procura pelo Spotify está, na verdade, aumentando:

spotify-apple-music-1

Posições do aplicativo em ranking de downloads da Apple Store americana

spotify-apple-music-2

Número de países em que o Spotify é um dos dez mais baixados

Além disso, para atrair mais usuários, o Music ainda precisa de uma versão para Android, que sai “até o final do ano”, segundo a Apple. Algumas pessoas, incluindo eu, estão curiosas para testá-lo, mas dependem de um aplicativo para a plataforma concorrente.

Vale lembrar também que todos os usuários do Apple Music ainda não pagaram um centavo pelo serviço, uma vez que ele se encontra em período de degustação. Quando eles tiverem que pagar pela assinatura, saberemos com mais precisão a preferência destes pelos serviços de streaming.

No Brasil, o Apple Music custa US$ 4,99 por mês, contra os R$ 14,90 do Spotify e outros serviços de streaming que cobram em moeda nacional. Como o preço da Apple depende da flutuação de câmbio e ainda é cobrado IOF, a assinatura deve ficar em torno de 1 a 2 reais mais cara que o “concorrente”.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.