Início » Celular » Samsung planeja telas com resolução 11K (!) para dispositivos móveis

Samsung planeja telas com resolução 11K (!) para dispositivos móveis

Paulo Higa Por

Você está satisfeito com as telas de altíssima definição dos smartphones e tablets mais caros do mercado? Provavelmente sim. Eu também. Mas a Samsung não, tanto que a companhia está investindo, com ajuda do governo sul-coreano, em tecnologias para produzir telas 11K até 2018 — porque 4K e 8K são para os fracos.

A tela da Samsung com resolução 11K deverá chegar a uma definição de 2.250 pixels por polegada quando estiver pronta, bem mais que o encontrado nos aparelhos topo de linha atuais. O Galaxy S6 Edge, com seu display Super AMOLED de 5,1 polegadas (2560x1440 pixels), chega a 577 ppi.

577 ppi não é nada perto de 2.250 ppi

577 ppi não é nada perto de 2.250 ppi

necessidade-reduz

Mas por que diabos você iria querer uma resolução tão absurda no smartphone ou tablet? Só para gastar mais bateria? Não. Segundo a Samsung Display, o objetivo é implementar imagens tridimensionais. A empresa afirma que, ao aumentar tanto a definição, cria-se uma ilusão de óptica que deixa o usuário com a sensação de que está vendo uma tela 3D — sem precisar de óculos.

Chu Hye Yong, diretor executivo do departamento de tecnologia da Samsung Display, diz ao Electronic Times: “Esperamos ser capazes de demonstrar essas tecnologias nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang [condado localizado no nordeste da Coreia do Sul] se houver progresso nas tecnologias em desenvolvimento. Embora alguns possam pensar que 11K é uma ‘especificação exagerada’ que os consumidores não precisam, isso pode funcionar como base para que a indústria de telas coreanas dê mais um salto se os materiais e as peças relacionados melhorarem.“

Para que a tecnologia se torne realidade, o governo sul-coreano investirá US$ 26,5 milhões (R$ 85,8 milhões) nos próximos cinco anos. O processo de desenvolvimento da tela de ultra-mega-super-blaster-alta resolução da Samsung foi iniciado no dia 1º de junho, com a colaboração de outras 13 empresas.

Mais sobre: