Início » Negócios » Apple é dona de 92% do lucro no mercado de smartphones

Apple é dona de 92% do lucro no mercado de smartphones

Apesar disso, empresa participa de apenas 18,3% desse mercado

Por
2 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Enquanto a Samsung enfrenta um trimestre difícil, a Apple ― como sempre ― está nadando em dinheiro. A empresa foi dona de 92% dos lucros do mercado de smartphones no primeiro trimestre deste ano, ainda que dispositivos com iOS ocupem apenas 18,3% do segmento.

Esta última informação foi divulgada pela empresa de estudos de mercado IDC, que também estimou que 78% dos aparelhos vendidos no mesmo período rodam Android. A Samsung, no entanto, ocupou uma fatia de 15% dos lucros de mercado, ficando a quase um abismo de distância da Apple, em segundo lugar. Vale lembrar que ela continua sendo a fabricante que mais faz dispositivos com Android.

Se você for somar, vai ver que o lucro com smartphones das fabricantes foi de 107%. Não, não tem nada de errado. Esse cálculo é feito avaliando o lucro de várias empresas, e muitas nem sequer lucram ― pelo contrário, perdem dinheiro. Com isso, a porcentagem negativa de lucro faz com que outras empresas, como Apple e Samsung, consigam pegar uma fatia maior de lucro no mercado.

Lucro no mercado de smartphones por fabricante. Apesar da notícia ser do primeiro trimestre de 2015, este gráfico é em relação aos últimos 3 meses do ano passado.

Lucro no mercado de smartphones por fabricante. Apesar de a notícia ser do primeiro trimestre de 2015, o gráfico é em relação aos últimos 3 meses do ano passado.

Embora a Apple tenha batido recorde no primeiro trimestre fiscal deste ano com lucro de US$ 18 bilhões, ela perdeu espaço quando comparada ao mercado. Acredite, esse número já foi de 93% nos últimos três meses de 2014.

É engraçado ver como o lucro cresceu se comparado com o primeiro trimestre do ano passado ― a empresa era dona de 65% dos lucros do mercado. Dá para ver como os iPhones 6 e 6 Plus fizeram sucesso pelo constante crescimento e quebra de recorde da empresa na receita.

As expectativas da companhia também não param de crescer: conforme divulgado pelo Wall Street Journal, a Apple encomendou de 85 a 90 milhões de novos iPhones para venda, com telas de 4,7 e 5,5 polegadas. No ano passado, o primeiro lote de novos iPhones foi de 70 a 80 milhões de aparelhos. Corre, Samsung!

Com informações: Business Insider

Mais sobre:
  • André Cardoso José

    Dado o preço dos produtos, surpresa seria se não tivesse lucro recorde… 18% do mercado e 92% de lucro só a Apple mesmo.

  • Bruno Pinho

    A Apple, em geral, tem produtos de qualidade excelente, isso ninguém discute. Mas um lucro dessa forma só pode ser obtido quando você vende algo com preço muito acima do custo de produção, deixando uma margem de lucro astronômica. Se o Steve Jobs cagasse numa caixa de sapato branca com o logo da maçã, ela seria vendida fácil por mil reais. Tem doido pra tudo.

    • Biel

      Se a qualidade é excelente, então os tops de linha de outras fabricantes compartilham da mesma característica.
      Se o Steve Jobs tivesse feito o que você disse, até hoje a caixa estaria em leilão no eBay ou na Amazon.

      • Bruno Pinho

        Pois é… Nos EUA, um iPhone custa o mesmo que qualquer outro top de linha. Aqui custa o dobro. É algo totalmente sem lógica…

        • Carro aqui custa mais do que em qualquer outro lugar no mundo. COm um detalhe, muitos fabricam aqui. O problema é que eles sabem que podemos pagar caro por que já estamos acostumados com a idéia do caro… EU não por isso tenho meu nexus 4 até hoje e não largo pra nada.

        • Anthony Fernando

          Creio eu que a maior porcentagem desses lucros vem de países onde Apple cobra o que quer.

        • Bruno Cavalcanti

          Cara.. Quando lançou, um Galaxy S6 Edge custava o mesmo que um iphone 6 Plus. Já tem anos que a linha S da Samsung custa o mesmo ou mais que iphones no lançamento. A única diferença é depois, que o preço dos Samsung despenca e do iphone se mantém. Isso também ocorre no mercado de usados. Eu realmente não entendo quando alguém fala que Apple é caro. Pesquisa aqui no tecnoblog mesmo. Em 25 de abril, o S6 Edge de 64 GB era vendido por R$ 4.299,00.

          • Bruno Pinho

            Sim, mas nesse caso é a Apple fazendo escola (de forma negativa). Digo isso porque em países como o EUA, todo e qualquer telefone top de linha gira em torno de 800 dólares no lançamento. É só você verificar: Moto Maxx (lá é chamado Droid Turbo), HTC One M9, iPhone 6, Galaxy S6, etc, todos giravam em torno de 800 dólares off-contract no dia do lançamento. Aqui na Banânia há uma discrepância de valores que não pode ser explicada de nenhuma maneira, afinal, o custo para trazer um Moto Maxx é o mesmo para trazer um iPhone 6. Então porque um iPhone custaria o dobro? A resposta está no título da matéria.

      • G. C.

        Não exatamente. Os fornecedores aplicam preços diferentes. Apple pode ter descontos pq tem volume de vendas relativo garantido ou por qualquer outro motivo.

        E além disso os componentes são de smartphones intermediários. Outras fabricantes precisam colocar muito mais recursos pra emplacar.

    • Keaton

      Mil reais? Seria item de colecionador, ainda mais que ele morreu a alguns anos… passaria fácil de um milhão. lol

  • Antony

    Parabéns a todos os clientes da Apple. Sintam-se orgulhosos.

  • Ronaldo

    Depois ainda leio que a salvação da Nokia teria sido usar “Android” nos aparelhos…

    • Thiago

      Se com o symbian do jeito que era mantinha ela na liderança, acredito que você não tenha condição alguma de afirmar o contrário.

      • Ronaldo

        Mantinha até quando cara pálida…

    • tuneman
    • Lucas Corrêa

      Usar WP, ser vendida e sumir certamente não foi uma boa opção.

      • Ronaldo

        A Nokia veio despencando desde 2007.
        Definitivamente não foi a compra pela MS ou o WP que fizeram isso…

        • Lucas Corrêa

          E como você pode afirmar que escolhendo outro caminho o resultado não seria outro?

          • Diego Pessoa

            Da mesma forma que você culpa a sua falência pela escolha que fez.

          • Ronaldo

            Eu não afirmei, fiz uma observação e analogia com a situação das outras companhias.

          • Cristiano de Oliveira

            Mas a Motorola nunca fez tanto sucesso como a Nokia. Então, é compreensível que ela também não faça no mundo Android. Vamos comparar com uma samsung da vida? Tá aí o lucro.

          • Ronaldo

            Com A Samsung acho até pior, olha o tamanho da queda no gráfico. A queda só é menor que a própria Nokia !

        • jairo

          Pelo menos os symbian 3 , vendiam despencou após a adoção do WP

          • Ronaldo

            Verdade era bom pra caramba, vendia muito…

          • jairo

            Sim, excelentes funções nativas , bota o esquizofrênico do WP no chinelo.

          • Ronaldo

            Se você olha o gráfico vera que o Lucro da Nokia cai ate 2011 (era Nokia pura + symbian e sistemas “s”) estagna e mantem o patamar a partir de 2011 quando começou a ser vendido o WP7, subindo no ultimo quarter de 2014.
            Será que esta tão ruim assim ? Sera que sem o Wp simplesmente ela não teria quebrado mesmo ? Será que com o Android teria mudado o resultado ??? Por isso que falei sobre as outras que usam Android. Todas caíram, sem exceção. Quer mais ? Observem o desempenho Motorola/Lenovo ? O Moto G/X/E não mudou nada o gráfico deles. 2013 é igual a 2012, 2011, 2010 e 2014 caiu feio, recuperando no final do ano o patamar de sempre.
            O que eu vou dizer contra argumentos numéricos? Tai no gráfico, basta ler e interpretar.

          • jairo

            2016 a nokia estará voltando , vamos aguardar os resultados , e sim , o WP acabou com o market share da empresa no mercado mobile.

          • Ronaldo

            Se ela voltar usando Android e com a politica que estão tendo com o tablet N1, eles vão vender o suficiente para competir com quem ? Com ninguém, por que só vendem isso na China e Taiwan…
            A Nokia que eu admirei não existe mais, e nunca mais vai existir. Esse meu 1520, foi o ultimo aparelho. Daqui pra frente ou é Microsoft ou Apple. Nem considero outra coisa.

          • jairo

            Tem OSs novos que ainda pretendo testar , em Dezembro quero ver se consigo um com o Sailfish OS , iOS e WM10 quero distância, o primeiro não traz nada de novo e o segundo é de longe o pior OS que já usei , no caso WP8 e 8.1 preview.

    • Ou a Microsoft derruba o Android (seu concorrente direto) e abocanha boa parte do mercado a médio prazo, ou realmente joga a toalha no nicho de dispositivos móveis (telefones e tablets)… ela adotar Android seria uma piada histórica, a ruína.

      • Ronaldo

        A Microsoft tel de seguir os passos da Apple como sempre fez. Pega um nicho, mantém ali seus 5-10% do mercado e pronto. Que os outros se arrebentem de competição usando Android e acabou.
        É o nicho que importa. Macbooks sempre venderam infinitamente menos do que notebooks com Windows. E dai ? Não vejo a Apple preocupada com isso. Em muitos lugares, mesmo no Brasil, iPhone vende muito menos que os tais Androids. Eles tão cagando e andando para isso.

  • arthur

    Mas isso é óbvio!

    No Android, quem ganha dinheiro, não são os fabricantes, quem acaba por ganhar dinheiro, é a Google, sãos os fabricantes de chips, telas e baterias, as operadoras que os vendem, e os retalhistas, que levam uma margem muito maior nos aparelhos Android que com iPhones.

    Além disso, essa dos 18% é 100% falsa, são em unidades, não em receita.

  • tuneman

    e como está indo o mercado o Apple Watch?

    • arthur

      Só nos EUA, em 3 meses, vendeu tanto como todos os outros, em um ano, em todo o mundo.

      • tuneman

        beleza, mas e o uso? Alias, alguem aí que usa smartwatch…, usa a maioria dos recursos?

        • Adnnub Auss

          Se desse apenas pra ver as horas, ainda venderia. É um dinheiro tão mal gasto quanto aquele usado pra colocar um rodão aro 18 no carro 1.0.

          • Biel

            Mas tem gente que gasta né?
            A lógica de mercado é: “se existe compradores, por que não lançar? E melhor, vender a altos preços?”
            Então eles produzem, e vende.

        • arthur

          Beleza, tenho um no meu pulso. Que é que queres saber?

          • tuneman

            quais os 3 apps que voce mais usa?(alem de ver a hora)

  • Adnnub Auss

    Coisa esquisita o capitalismo, não é?!. Empresas que pensam em lucro, que absurdo.
    O que a apple faz com o marketing é incrível. Não discuto seus produtos, mas a forma que o marketing dela atinge o mercado é surreal. Um dia minha barraca de churros vai ser tão desejada assim que vou poder tirar o recheio de doce de leite e continuar vendendo na mesma quantidade.

    • Qualidade, fidelidade, suporte pós venda, marketing da fabricação, da embalagem até o atendente do balcão, acordos com o mercado, é tudo junto muito bem amarrado. Impossível ser só marketing, não tem como fazer lavagem cerebral nas pessoas por tantas décadas, se o produto fosse realmente a mesma coisa que o restou ou pior como é moda falar, a máscara já teria caído. Funcionaria por alguns anos apenas.

      • vigia122

        Até hoje as pessoas compram a cultura estadunidense. Não duvide da capacidade das pessoas de serem manipuladas. Realmente o pós venda da Apple é muito bom, beirando à excelência (em outros países), mas “qualidade” é algo meio relativo para se discutir (iPhones 6 estavam dobrando pouco tempo atrás), mas digo que a construção parece ter melhorado, pois não fiquei sabendo de mais relatos sobre isso.
        Os materiais são iguais aos de outras fabricantes grandes, a Foxconn não é modelo de montadora, então são produtos de qualidade sim, mas não se destacam por esse ponto.

        Claro, estou falando da construção. Sobre os componentes internos já é outra história.

        • Putz, esse negócio de dobrar…. esse tipo de “escândalo” que me incomoda. Em 99% dos casos é um baita exagero que só explode em escândalo justamente por ser a “gigante” Apple. Esse negócio de dobrar, é só tu pegar outros de outros fabricantes e vão entortar também, o negócio não entorta fácil, não existe falha nenhuma, nunca corrigiram, ele continua no mercado e parou essa bobagem. Tenho um, nunca entortou, uso no bolso na calça, de tudo que é jeito. Até poderia ter falha, não é mágico, mas sempre tenta-se espremer falha de tudo que é lado.

          Quando me refiro a qualidade, é do hardware ao software, dos gestos no MacBook que fluem e ainda mais agora com o force touch, ou seja, os gestos do software com o mecanismo do hardware e assim iria um monte de exemplos.

          • Adnnub Auss

            Sobre o dobrar eu descordo de vc pois o meu iphone 6 de 4.7 polegadas dobrou. Tem 5 meses de uso, nunca caiu, nunca coloquei no bolso de trás. Mas acionei a apple e afirmaram que é só levar na autorizada que fazem a troca. Eu achava que acontecia apenas com o iPhone plus.

            Os produtos são bons, o pós venda é bom, mas a valor adicional ainda acho que é mais pela propaganda bem feita. Um lado bom de uma empresa com marketing forte assim é que a concorrência não consegue competir sem entregar produtos com muito mais recursos, pois no marketing já começam a corrida perdendo.

          • Incrível, como ele entortou sem forçar de nenhuma forma ? Ainda mais o 6 que é menor.

          • Vitor

            Acontece que não tem que fazer nenhuma força exagerada. Por isso que reclamam tanto. Todo celular dobra se você aplicar muita força, mas o iPhones 6 e 6 Plus precisam de muito menos força que outros celulares. Eu tenho um Moto X, que é grande. Duvido que se eu fizer toda força que conseguir sobre ele, o mesmo dobrará. Já com um iPhone 6 não é bem assim. Os iPhones antigos não tinham esse problema, e espero que seja resolvido nas próximas versões (ou nessa, com uma alteração no projeto).

          • Ninguém reclama tanto. Não tem cabimento isso. O próximo 6S deverá vir com novas tecnologias inexistentes no mercado até então e mesmo assim a estrutura indica ser a mesma nos vazamentos que surgem. Que empresa manteria uma “falha”?

            Tenho um que claramente é mais fino a menos resistente que o antigo 5S. Mas isso não quer dizer que entorta, pelo contrário é melhor de usar.

            Engraçado ver o sensacionalismo que fazem.

          • Vitor

            Não é sensacionalismo, cara. Você tá achando que todo mundo é contra a Apple só por ser a Apple, e não é assim. O produto tem esse problema sim, e se não mudarem isso a Apple será a resposta pra sua pergunta.

            Pode ser mais fino e melhor de usar, não disse o contrário. Mas existem celulares mais finos ainda, e eles não dobram tão facilmente.

            E vir com tecnologias inexistentes é muito difícil, já que a Apple é que menos inova de uma geração para a outra nos seus smartphones (a grande inovação foi o primeiro iPhone, o resto não surpreendeu o mercado). E mesmo se vier, não é uma grande coisa, já que todo ano sai uma celular com uma tecnologia inovadora das concorrentes.

          • Adnnub Auss

            Cara, entra no blog do iphone, no fórum, não nas notícias, que você vai ver outros casos. Ou liga na Apple e diz que seu iPhone entortou e você verá a orientação deles confirmando que sabem do problema. Não recebo para defender ou criticar marcas.

            O que analisei é que o aparelho recebe pressão no bolso da frente ao subir escadas ou degraus maiores. O aparelho fica posicionado bem na articulação.

            Fato é, iPhone 3gs, 4 e 5 nunca tive problema semelhante, eram muito mais resistentes.

          • Os iphones anteriores tinham outra arquitetura, de fato, muito menos frágeis. A minha opinião é que o 6 é um telefone mais leve e fino, somente isso e não esse escândalo de falha, tanto que o 6S (se for este nome), indica nos vazamentos que terá a mesma carcaça e formato. Só tento ver com coerência, se fosse uma falha de verdade, o que a Apple não teria que agir para mudar o projeto… não faz sentido ela seguir numa canoa furada, se fosse o caso.

  • Certeza que destes 92% de lucro, pelo menos 50% vem dos clientes da terra da Banânia, onde os preços são incrivelmente absurdos e tem gente q compra e conheço várias destas pessoas.

    Mas enfim, cada um com seu $$

  • Biel

    Não me admiro, os produtos dela simplesmente vem com características de androids intermediários, sem nenhum diferencial matador (leitor biométrico não é um diferencial matador, nem Apple Pay, nem NFC por favor), e ainda assim são vendidos a preço de top de linha.
    A Apple me lembra a Nintendo, só que com o sucesso que a Nintendo não vai conseguir tão cedo (ainda tenho esperança na Nintendo). As duas empresas vivem as suas próprias gerações (sempre uma ou duas gerações atrás do mercado), têm a vantagem de possuir hardware e software otimizados, enquanto o mercado sempre está um passo à frente em hardware. A pequena diferença é que a Apple consegue fazer um marketing estrondoso, justamente para vender horrores de aparelhos medianos (nada de historinha que o design dos iPhones é referência de mercado, isso já passou há tempos), enquanto a Nintendo não o faz, e nem amarra os desenvolvedores de aplicativos/jogos.

    Admito que o lançamento de apenas um (ou dois, no ano passado) aparelho(s) ajuda bastante. Os desenvolvedores não se preocupam em ter que adaptar seus aplicativos a 3393939393939393 aparelhos e ainda assim vai funcionar muito bem. Admito que vejo o excesso de smartphones android como um erro, porque existem modelos demais para um desenvolvedor ter que otimizar seus aplicativos.

    No fundo, admiro essa postura da empresa. Porque ela consegue vender smartphone intermediário a preço de flagship, ter uma legião de fãs devota que sempre vai querer ter o mais novo lançamento e hatear as outras fabricantes, um marketing estrondoso com artistas, atores, socialites, “produtores” de música, etc pra fazer propaganda e de certa forma conseguiu pôr na mente das pessoas a ideia de que ter um Apple te dá status… Pelo menos nos países subdesenvolvidos, como aqui.

    • brenopeck

      Os supostos “aparelhos medianos” sempre têm excelentes resultados nos benchmarks e testes e performance em geral, só ressalvando.

      • Luis Carlos Rodrigues

        Ai entra a questão do sistema operacional e hardware serem desenvolvidos pela mesma e única empresa.

        • Bruno Cavalcanti

          Isso é algo ruim Luis?

          • Luis Carlos Rodrigues

            Não. Só estou dizendo que é muito mais difícil criar um sistema que rode bem em diferentes hardwares, ou seja a Apple não faz mais que obrigação por estar bem posicionada nesse quesito. Gostaria de ver o IOS ser essa maravilha toda se rodasse em aparelhos de outras marcas (Android), ou o Imac funcionar tão bem se fizesse o mesmo (Windows).

          • brenopeck

            Meu caro, isto está fora de discussão. O fato de a Apple desenvolver e fabricar seus próprios software e hardware é uma vantagem comercial. Os concorrentes é que se esforcem para superá-la. Não serve como desculpa, justificativa e nem explicação. O importante é a performance final. Por outro lado, se o Google ou a Microsoft não podem, não querem ou preferem não otimizar a relação software-hardware de modo a promover uma melhor integração, paciência.

    • Luis Carlos Rodrigues

      A comparação não é tão válida pois nos games a tecnologia para rodar jogos cada vez mais poderosos tem uma possibilidade infinita de evolução. Quando se trata de aplicativos como jogos por exemplo pra smarts isso tem um limite. A gente pode até comparar um LG G3 (geração passada) com um Iphone 6 e dizer que a tela do smart da Apple não é Qhd, mas essa diferença não é perceptível. O Iphone vai rodar tão bem quanto o mais tops dos tops qualquer software, pois entrega um hardware mais do que suficiente pro hj.

    • Bruno Cavalcanti

      Um xing ling com 16 GB de RAM nunca vai superar um iphone com 1 GB de RAM. É raso avaliar apenas um número do tipo “quanto maior, melhor”. E acho curioso como esses ditos aparelhos com hardware avançado insistem em ser ineficientes. Travam muito e são beberrões. Precisam de muito mais pra fazer a mesma coisa.
      Vocês realmente acham que todo mundo que compra iPhone é por status? Não acha possível alguém decidir racionalmente que quer um telefone confiável e que faça de forma simples o que se propõe a fazer? Esse estereótipo criado de que Apple é caro é facilmente desmistificado quando quando você vê um Galaxy S6 Edge de 64 GB sendo vendido a R$ 4.299,00. Mas “quem compra iphone é burro.. compraria uma caixa de sapato com fezes do Steve Jobs”.

      Curioso notar também como os aparelhos supracitados como medianos conseguem se equivaler aos flagships de outras marcas nos benchmarks. Se as outras marcas precisam de quatro, oito ou mais vezes a capacidade de hardware pra conseguir fazer a mesma coisa, acho que o mérito fica com a equipe de hardware/software da Apple. Não?

      • Luis Carlos Rodrigues

        Quem começou com essa história de preços exorbitantes foi a Apple. A Samsung só a imitou como sempre fez. Apesar disso é muito mais fácil a Samsung justificar esse preço que a Apple pois possui recursos de ponta (filma em 4K, tela super Amoled Qhd, inovações como a tela curva, que por mais inútil que seja, demandou tempo e dinheiro para pesquisas ).

        No mais, é impossível não admitir a qualidade de hardware e software da Apple. Mas acredite no óbvio, aquela maçazinha mordida é responsável por uma boa parcela do preço pago por um Iphone.

    • Leitor biométrico que é útil e funciona não é matador ? Apple Pay que realmente funciona não é matador ? O que seria algo matador ? Tela gigante ? 16 núcleos ? 8GB de RAM ? Isso que é matador pra ti ??? heheheh Isso é muito anos 90.

      Realmente fiquei curioso, o iphone sendo intermediário, o que são os recursos top de linha de androids avançados, que seriam o que tem de mais evoluído no mercado ? 🙂

  • Anakin

    Com os preços praticados, achei que seria até mais ;D

  • jairo

    Competência …mais nada

  • Luis Carlos Rodrigues

    Incrível como o oscilar da Apple está ligado ao da Samsung. Uma cresce a outra encolhe e vice-versa…

    • Brunosh

      Também reparei! Quase que parece que tem um espelho no meio dos gráficos das duas.

  • Arthur

    Cobrando o dobro do preço que os aparelhos realmente valem e o povo comprando em massa fica facil né ?

  • Eliezer

    Os fanboyolas piram….. kkkkk

  • Adriano Northingan

    Normal isso afinal a Apple não faz smartphone básico o compra top de linha ou não compra, mesmo smartphone mais antigos são preço dos médio com Android ou até mais caro por isso lucro maior mesmo Android vendendo, afinal nem todo mundo tem dinheiro para pagar 4,000 reais em IPhone