Início » Carro » Carros elétricos poderão recarregar a bateria sem usar cabos num futuro não muito distante

Carros elétricos poderão recarregar a bateria sem usar cabos num futuro não muito distante

Fabricante anunciou parceria com a Brusa, uma fornecedora de peças para grandes montadoras

Por
4 anos atrás

A Qualcomm anunciou nesta quarta-feira (29) que fechou uma parceria com a Brusa, empresa que fornece peças para grandes montadoras de carros. Os termos do acordo incluem o licenciamento do Carregamento Veicular Sem Fio (WEVC, na sigla em inglês), o que dá direito à Brusa de desenvolver e distribuir a tecnologia para as fabricantes parceiras de carros.

Este é mais um passo da Qualcomm para levar o carregamento sem fio de veículos para o mercado, fazendo com que carros elétricos comprados por consumidores comuns possam ser carregados sem nenhum cabo em um futuro não tão distante. A Brusa é parceira de fabricantes como BMW, Fiat, GM, Honda, Hyundai, Volvo e Volkswagen.

Não é a primeira vez que a Qualcomm avança para levar essa tecnologia à frente. A WEVC foi anunciada na CES 2013 e no final do mesmo ano a empresa havia implantado o carregamento por indução magnética na Fórmula E, uma espécie de Fórmula 1 baseada em veículos movidos à energia elétrica.

O vídeo acima, publicado pela Qualcomm em outubro de 2013, explica como a tecnologia funciona (que também pode ser chamada de Halo). Basicamente, uma base de carregamento posicionada embaixo do veículo transfere a energia para um receptor dentro do carro, que leva a carga para as baterias.

Há uma grande expectativa da fabricante em relação à Halo: além de vagas de estacionamento com o transmissor de carga, a Qualcomm diz que será possível implementar o carregamento sem fio em faixas de estradas. Assim, carros poderão fazer grandes viagens sem se preocupar com a bateria e, consequentemente, os carros elétricos do futuro poderão ter baterias menores, reduzindo assim o preço e o peso do veículo.

Com a parceria, Josef Brusa, CEO da Brusa, anunciou que a companhia está “determinada em tornar realidade o carregamento sem fio [de carros]”. Brusa também comentou que está negociando com as principais fabricantes de veículos para levar a tecnologia WEVC ao mercado num “futuro próximo”.