Eu já imaginava que um dia os SSDs superariam a capacidade de armazenamento dos HDs. Eu só não esperava que isso fosse acontecer tão prontamente. Mas aconteceu: durante o evento Flash Memory Summit, realizado nesta semana na Califórnia, a Samsung revelou uma unidade com quase 16 TB de capacidade (15,36 TB, para ser preciso).

Samsung PM1633a

Batizada como PM1633a, a novidade é, até o momento (e continuará sendo por muito tempo, imagino), a unidade interna de armazenamento com a maior capacidade do mundo — os HDs mais poderosos da atualidade não têm mais do que 10 TB.

Como a Samsung pôde colocar tantos terabytes em uma unidade com formato padrão de 2,5 polegadas? Com tecnologia de ponta. A companhia participou do evento para promover um novo tipo de memória, a V-NAND de 256 gigabits (32 gigabytes). Na prática, isso quer dizer que a companhia coreana conseguiu adicionar mais capacidade aos chips de memória sem, no entanto, aumentar o tamanho físico deles.

A Samsung utiliza memórias V-NAND há cerca de dois anos. Nesse tipo de tecnologia, as camadas de células são posicionadas verticalmente, formando blocos, daí o nome: V-NAND é um encurtamento de Vertical NAND (há companhias, como a Intel, que chamam a técnica de NAND 3D).

Os chips que a Samsung utiliza atualmente em seus SSDs mais sofisticados contam com densidade de 128 gigabits. Para conseguir os 256 gigabits do novo SSD, a companhia implementou 48 camadas de células (cada célula armazena 3 bits). Até então, a quantidade máxima era de 32 camadas.

Além de armazenar mais dados, a nova versão do V-NAND trabalha melhor com a questão da eficiência enérgica. Segundo a Samsung, o consumo de energia dos chips é até 30% menor na comparação com a tecnologia de 128 gigabits.

Samsung PM1633a

Estima-se que, no PM1633a, a Samsung tenha utilizado entre 480 e 500 dies de 256 gigabits para alcançar os quase 16 TB de capacidade, embora não se saiba exatamente como a companhia fez isso.

Por ora, a única certeza que temos é que não poderemos colocar as mãos em uma unidade como essa nem tão cedo. Sim, como esperado, a Samsung desenvolveu o PM1633a para equipar data centers ou servidores potentes. No Flash Memory Summit, a companhia chegou a demonstrar um servidor com 48 unidades do modelo, totalizando quase 738 TB de capacidade e rendimento de 2 milhões de IOPS (para que modéstia, né?).

Não há informações sobre data de lançamento, tampouco sobre preços (mesmo porque o SSD deve ser negociado em lote), mas é bastante provável que uma unidade como essa não saia por menos de US$ 5 mil. Eu nem queria mesmo.

Com informações: ExtremeTech, Ars Technica, Golem.de

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Krosna Terrestre
Achei que o dólar fosse baixar :( Na amazon ao menos se acha SSD 480GB por 129$
Skooter Blog
2017 está acabando e sua previsão falhou.
Camila Vasconcellos

tomara que a samsumg traga logo celulares com espaços maiores, sofro pra ficar liberando espaços com apps como Psafe, CleanMaster, nunca cabe todos os apps que preciso, e as foos e músicas, preciso de mais espaço de dados urgente.

Mario Junior
Realmente você tem razão. Levando em conta que são arquivos com tamanhos em kb, esse ssd tem que ter uma pu** transferência em modo de escrita para arquivos de 4kb.
Keaton
Na teoria é lindo, mas levando em conta que isso ai é indicado para dataserver e coisa do genero onde provavelmente a maioria das coisas serão páginas e pequenas imagens... nesse caso não sei se a velocidade de leitura/escrita seria a velocidade de leitura sequencial. :p
Gustave Dupré
Sem duvida o ssd vale o investimento que está hoje se comparado com hd tradicional de 7200 RPM. O pobre HD 2,5" tem reles 75~100 IOPS contra ~90k do evo 850 da Samsung, é muita ignorância. E quando chegar o 3D XPoint?
Wellington Gabriel de Borba
É por isso que também espero. Se pelo menos esses SSDs custassem algo que não fosse pelo menos mais do que 50% já dava para pensar no investimento... porém...
Thiago Sabaia
Eu só queria um SSD de 256GB para meu Mac
Mario Junior
Ah, agora sim. heheh Realmente, 16TB são dados pra cara***! Mas temos que lembrar que estarão em raid, ou seja, dependendo da quantidade de discos em raid teremos trocentos Gb/s de transferência na escrita. :D
Keaton
Ops... não sei o que bebi quando escrevi aquilo e nem lembro o que queria dizer. (raro isso acontecer) Sim, tu está certo. Mas acho que eu estava me referindo a repassar os 16TB em outro SSD.
Baphomet
Meu primo que mora no Japão tem um
Guilherme Brunck
Vai estar disponível no Brasil primeiro no site http://www.ssds.com.br
Mario Junior
Ué, se a pessoa usa raid 0+1 ou apenas 1, os dados estarão clonados no outro ssd. Agora se o sujeito usar apenas o raid 0, pode dizer adeus pois não há como recuperar.
Skooter Blog
Nunca. O preço dos SSD vai cair na civilização, mas o real está caindo mais ainda. Por R$ 300,00 logo você não vai comprar nem um saco de feijão.
Krosna Terrestre

Fim dos discos rígidos ?

Exibir mais comentários