Início » Gadgets » Financie isso: Branto, um dispositivo para você monitorar a sua casa e controlar outros aparelhos

Financie isso: Branto, um dispositivo para você monitorar a sua casa e controlar outros aparelhos

Por
4 anos atrás

Branto

A bolinha high-tech da foto é o Branto. O dispositivo foi criado por uma startup de mesmo nome com o intuito de dar ao usuário mais controle sobre o que acontece em sua casa, esteja ele ali dentro ou não. Como? Com câmeras, sensores, LEDs, saída de áudio e outros recursos.

O Branto é um exemplo de dispositivo que se encaixa bem no conceito de internet das coisas (assunto discutido no Tecnocast 009). É possível usá-lo isoladamente ou fazê-lo se comunicar com outros dispositivos sofisticados presentes na casa, como termostatos Nest e lâmpadas LED Philips Hue.

Talvez a aplicação mais interessante seja a de “presença remota”. Dá para deixar o Branto no meio da sua sala, por exemplo, para você interagir remotamente com seus filhos durante o dia enquanto trabalha. Uma câmera que se movimenta em 360 graus presente no dispositivo captura as imagens e as envia a você em tempo real.

Branto - câmera

Você pode visualizar tudo e controlar a movimentação da câmera a partir do seu smartphone. Há apps para Android e iOS. Para tornar a experiência mais agradável, as imagens são registradas em resolução 1080p. Dois microfones captam todo o áudio do ambiente, logo, as pessoas presentes não precisam ficar muito perto do Branto para serem ouvidas.

Sim, também dá para utilizar o Branto como aparato de segurança. Se o dispositivo detectar ruído ou movimentação quando a casa estiver vazia, você será notificado no mesmo instante para conferir as imagens. E não é preciso deixar as luzes acessas para permitir a gravação: a câmera do Branto tem modo noturno. Há ainda um acessório opcional que monitora portas e janelas. Se uma dessas passagens for aberta, o Branto poderá avisá-lo ou disparar um alarme.

Mas o que torna o dispositivo muito mais que uma câmera requintada são as possibilidades de conexão. Caso você queira ouvir música enquanto lava a louça, pode usar o Branto para reproduzir áudio do seu smartphone, por exemplo.

Quer chegar em casa e encontrar uma temperatura ambiente agradável? Assim que sair do trabalho, você pode usar seu smartphone para enviar um comando que liga o ar condicionado — o Branto se comunica com dispositivos que têm infravermelho (isso inclui a sua TV). A coisa fica ainda mais interessante se você fizer a bolinha conversar com outros aparelhos inteligentes, como os já mencionados termostatos Nest.

Para dar conta de tudo isso e mais um pouco, o Branto conta com processador quad-core (Cortex-A9) de 1,6 GHz, 1 GB de RAM, de 16 a 64 GB para armazenamento de dados, bateria de 3.000 mAh e duas saídas de áudio.

A conectividade é garantida com Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth e ZigBee (um padrão de comunicação sem fio de baixo consumo de energia). Há também módulo GSM para manter a comunicação do Branto quando a rede Wi-Fi não estiver funcionando.

Branto - app

Para trazer a ideia para o “mundo real”, a Branto iniciou uma campanha no Indiegogo com meta de arrecadação de US$ 50 mil. Mas essa, na verdade, é a segunda tentativa. O projeto apareceu no Kickstarter no início do ano com um objetivo bem mais audacioso: US$ 500 mil. Não deu certo. Pouco mais de US$ 122 mil foram arrecadados.

No Indiegogo, a meta foi batida. No momento de publicação deste post, a campanha havia conseguido pouco mais de US$ 73 mil faltando 11 dias para o seu término. Esse ponto deixa bem claro que o Branto é um produto de nicho. A ideia talvez consiga mostrar o que podemos esperar de tecnologia para as nossas casas nos próximos anos, mas, no contexto atual, uma minoria encontrará utilidade real no Branto.

Branto - case

Por que é legal? Além de ser uma câmera multifunção (videoconferência e vigilância), o Branto se comunica facilmente com outros dispositivos.

Por que é inovador? Porque o dispositivo te dá um pouco mais de controle sobre o que acontece na sua casa (também dá para usá-lo no escritório, no quarto do bebê, entre outros lugares).

Por que é vanguarda? O Branto não tem nenhuma proposta verdadeiramente nova. O que torna tudo interessante é que o dispositivo atua como um hub, ou seja, pode concentrar várias funções.

Vale o investimento? O Branto custa a partir de US$ 279. O produto não é necessariamente barato, ainda mais se incluirmos os custos de envio e os opcionais. Vale a pena, mas só para quem tem certeza de que fará bom uso do dispositivo.

A internet das coisas

Tecnocast 009

Você provavelmente já ouviu falar de internet das coisas, certo? Mas qual o real significado desse conceito? Estamos falando de novos gadgets? De geladeiras que fazem compras e acessam o Facebook? Será que eu preciso mesmo disso? Debatemos essas e outras questão no Tecnocast 009. Não deixe de conferir 😉