Início » Brasil » Quem são os novos ministros de Ciência e Tecnologia e das Comunicações?

Quem são os novos ministros de Ciência e Tecnologia e das Comunicações?

Quem são, o que já fizeram e o que defendem os ministros Celso Pansera (PMDB-RJ) e André Figueiredo (PDT-CE)

Paulo Higa Por

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta sexta-feira (2) um corte de oito ministérios, 30 secretarias e 3.000 cargos comissionados, numa tentativa de equilibrar as contas públicas e melhorar sua governabilidade. Os salários dos ministros e da presidente foram reduzidos em 10%, e o PMDB passa a controlar sete ministérios, incluindo o Ministério da Saúde.

Os dois ministérios que mais nos interessam também foram afetados: no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, sai Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e entra Celso Pansera (PMDB-RJ); no Ministério das Comunicações, André Figueiredo (PDT-CE) ocupará o antigo cargo de Ricardo Berzoini (PT-SP). Quem são os novos ministros?

Celso Pansera, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação

Celso Pansera, novo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Celso Pansera, novo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O peemedebista Celso Pansera, que assume o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, é formado em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e pós-graduado em Supervisão Escolar, além de possuir curso técnico em Contabilidade. Atualmente, está em seu primeiro mandato como deputado federal pelo Rio de Janeiro e preside a Comissão Especial da Crise Hídrica.

Na política, Pansera já integrou o PT, rompendo com o partido em 1992, quando ajudou a fundar a Frente Revolucionária, embrião do PSTU; em 2001 se filiou ao PSB e desde 2013 está no PMDB. Em 2009, foi convidado pelo então governador do Rio, Sérgio Cabral, para assumir a presidência da Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC), instituição fluminense de ensino médio, superior e técnico profissionalizante.

Em sua biografia, defende “ampliar a oferta de Ensino Médio integrado ao Técnico, levar internet grátis a todas as casas e acabar com o voto obrigatório e com o serviço militar obrigatório”.

Na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, foi relator do PL 6304/2013, que estabelece instrumentos de desoneração de impostos de máquinas, equipamentos e softwares para data centers; e do PL 19/2015, que obriga as operadoras móveis a instalar centrais de comunicação para intermediar chamadas de pessoas com deficiência auditiva e da fala.

Na CPI da Petrobras, Pansera foi acusado pelo doleiro Alberto Youssef de ser “pau mandado” do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele apresentou requerimentos convocando as filhas de Youssef para prestar depoimentos e pediu a quebra dos sigilos fiscais e bancários.

André Figueiredo, ministro das Comunicações

André Figueiredo, novo ministro das Comunicações (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

André Figueiredo, novo ministro das Comunicações (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O novo ministro das Comunicações, André Figueiredo, é formado em Economia e Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC), além de ter pós-graduação em Comércio Exterior na Universidade de Fortaleza (Unifor). Está em seu terceiro mandato como deputado federal pelo Ceará e lidera a bancada do PDT na Câmara; é filiado ao partido desde 1984.

Foi secretário do Esporte e Juventude do Ceará de 2003 a 2004 e secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego de 2007 a 2010, durante o governo Lula. Em suas biografias, na página oficial e no site da Câmara dos Deputados, há um grande foco na área de emprego, nada constando sobre o setor de comunicação. Segundo Figueiredo, sua indicação para o ministério é resultado da “própria dinâmica da política”.

É autor de uma série de projetos de lei, a maioria voltada ao emprego, como o PL 6406/2005, que fixa uma jornada de trabalho de 30 horas semanais e descanso remunerado de 30 dias ininterruptos aos estagiários; o PL 5965/2005, que permite ao funcionário contratado sob regime CLT dividir as férias em até três períodos de 10 dias; e o PL 445/2011, que permite aos portadores de Síndrome de Down que exercem atividade remunerada acumular o recebimento do benefício de pensão por morte.

No mandato atual, Figueiredo orientou a bancada do PDT a votar contra as medidas provisórias 664 e 665, que restringem o acesso ao seguro-desemprego, pensão por morte, abono salarial e outros benefícios — as duas medidas acabaram sendo aprovadas pela Câmara.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel Lucena
Infelizmente aqui na Banânia, um ministro precisa entender de politica e ter contatos, nada mais!
Antony
O objetivo foi pontuar que isso não tem ver com a idade e geração. Daqui a 20, 30 anos, caso nada mude no comportamento e mentalidade do brasileiro, os jovens idealistas de hoje serão os ladrões/políticos de amanhã. E não é generalização, mas a maioria dos brasileiros é corrupta. Me incluo nessa estatística, e não conheço muita gente que possa dizer sinceramente que nunca agiu de ma fé (achando que eram coisas sem importância ou pior, justificando o ato porque os políticos fazem muito pior).
D' Carvalho
Tá certo.
Thiago Sabaia
Tenho 19 anos, montei minha empresa quando tinha 13 anos e até hoje ela está na ativa, tudo legalizado, etc. Conheço vários nessa faixa de idade na mesma situação. Não podemos generalizar, da mesma forma que encontramos um grupo que só faz merda, vamos encontrar um grupo com bastante conhecimento e um pensamento visando o futuro e não o passado como a maioria dos politicos.
Thiago Sabaia
Não se pode generalizar.
D' Carvalho
Se você lesse as aberrações que os jovens compartilham em minha timeline...
D' Carvalho
Objetivo do Lula ao nomear Dilma como futura candidata à presidência da república, era porque ela tinha um perfil mais técnico e não político. Deu no que deu. Não sabe articular, perdeu apoio e está com um pezinho no impecheament. Infelizmente o dia à dia no mundo da política destrói esse tipo de pensamento que parece ser o mais óbvio e racional a se adotar =(
Antony
Será? Não vejo essa integridade toda nos jovens de hoje. E acho que a tendência é piorar quando ficamos mais velhos, infelizmente.
Alan Lps
Sempre bom saber, apesar de que no final não faz diferença alguma, pq esses caras são todos iguais e os estagiários deles devem saber mais sobre redes de computação que eles.
Tiago Celestino
Só 10% do salário??
colonel mustachu

¯\_(-.-)_/¯ condiz melhor com a situação..

Gregory Kubya
¯_(-.-)_/¯ condiz melhor com a situação..
X-Tudãoᴳᴼᵀ

Foi vetado quarta-feira.

Supersonic
Foi vetado quarta-feira.
Arthur Luis Oechsler
tem uma pec do bolsonaro sobre o mesmo assunto no senado, caso seja aprovada, nao precisará do aval da presidente, entao ainda tem esperança
Exibir mais comentários