Início » Jogos » É bom ficar de olho, Sega: Nintendinho começa a ser vendido na América

É bom ficar de olho, Sega: Nintendinho começa a ser vendido na América

Por
4 anos atrás

nintendo-nes

As crianças já escolheram o presente de Natal para 1985. Você não vai mais precisar de estradas para chegar ao seu destino a partir deste mês! A empresa japonesa de jogos eletrônicos Nintendo trouxe para a América o aparelho de videogame Nintendo Entertainment System, que já está sendo conhecido no Brasil como Nintendinho.

Lançada no Japão em 1983 com o nome de Famicon, a versão original do Nintendinho foi um sucesso de vendas e agora chega oficialmente em nosso continente. Em Nova Iorque, foram disponibilizadas 50 mil unidades da novidade, totalmente re-desenhada para a versão americana, trazendo consigo a tecnologia 8-bits, que torna os jogos eletrônicos ainda mais encantadores. Caso seu aparelho televisor tenha saída de vídeo composto NTSC, a experiência é ainda melhor!

Jogo do famoso encanador Mario estará disponível no NES

Jogo do famoso encanador Mario estará disponível no NES

Há pouco mais de um ano, em junho de 1984, Hiroshi Yamauchi apresentou o novo conceito durante a feira Consumer Electronics Show e disse que o considera um potente centro de entretenimento — por curiosidade, o aparelho resulta de uma tentativa falha da Nintendo de fechar parceria com a Atari, que se recusou a unir suas forças por já estar trabalhando em um console de videogame próprio.

Nas especificações técnicas, está o processador 8-bits da Ricoh e cinco canais sonoros. Considere também uma paleta cromática de até 48 cores, 25 em uma varredura (desconsiderando o de-emphasis!) e até 64 sprites por vez na tela. A memória, de 2 KiB, poderá ser expandida dependendo do modelo do cartucho adquirido, e a tecnologia bank swifting permite a expansão da ROM, originalmente com 48 KiB.

Como não poderia deixar de ser, a própria empresa nipônica promete uma nova aventura de seu personagem principal, o encanador Mario, para estrear seu novo eletrônico, e outras grandes distribuidoras, como Capcom e Konami, também devem entrar cedo nessa dança. Será que o SEGA Master System vai agüentar?

Este post faz parte da nossa homenagem ao filme De volta para o Futuro.