Início » Telecom » Cade aprova compartilhamento de redes 4G entre Vivo, TIM e Oi

Cade aprova compartilhamento de redes 4G entre Vivo, TIM e Oi

Por
3 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta segunda-feira (14) o compartilhamento de infraestrutura de redes 4G entre as operadoras Vivo, TIM e Oi, segundo o G1. Com o acordo entre as três empresas, o custo de implantação da tecnologia cai de maneira significativa, permitindo que todas ampliem suas coberturas de rede.

antena-celular

Oi e TIM já possuíam um acordo de compartilhamento de infraestrutura de 4G, portanto, a novidade é a entrada da Vivo no negócio. Uma das motivações do acordo (e talvez a principal) é cumprir as metas de cobertura da Anatel. As operadoras que arremataram os lotes nacionais de 4G de 2.600 MHz precisam cobrir todos os 136 municípios com mais de 200 mil habitantes até o final do ano.

Nesse sentido, TIM e Oi devem ser as maiores beneficiadas pelo acordo, já que a Vivo cobre 169 municípios com o 4G de 2.600 MHz, bem mais que os 45 da Oi, por exemplo. É importante lembrar que, embora a TIM possua a maior cobertura 4G do país em número de municípios, com 306 cidades, boa parte se deve ao reaproveitamento da frequência de 1.800 MHz (que não conta para as metas da Anatel).

A Claro é a única entre as quatro grandes operadoras que não entrou no acordo de compartilhamento, embora tenha um contrato similar com a Vivo. Em novembro, segundo os números da Teleco, a Claro ultrapassou a Vivo em número de municípios cobertos: são 186, contra 169 da espanhola. Em porcentagem de cobertura, a Claro continuou líder de mercado, com 47,9% da população capaz de receber o sinal 4G.

Mais sobre: , , ,