Início » Mobile » Com fim da Lei do Bem, Motorola aumenta preço de Moto G e Moto X

Com fim da Lei do Bem, Motorola aumenta preço de Moto G e Moto X

Por
2 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Não está sendo fácil para ninguém: em meio à crise econômica, o governo federal decidiu cortar os benefícios fiscais da Lei do Bem, que reduzia a zero as alíquotas de PIS e COFINS para diversos produtos, incluindo smartphones, tablets e computadores. Começando o ano sem os incentivos, a Motorola aumentou os preços de vários smartphones da linha Moto G e Moto X.

motorola-style-play-abre-alt2

Confira os novos valores:

  • Moto G 2015 (1 GB de RAM, 16 GB de armazenamento): R$ 1.149
  • Moto G 2015 (1 GB de RAM, 16 GB de armazenamento e TV digital): R$ 1.199
  • Moto G Edição Turbo (2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento): R$ 1.419
  • Moto X Play (16 GB): R$ 1.699
  • Moto X Play (32 GB): R$ 1.789

É perceptível que o reajuste foi salgado, principalmente quando levamos em consideração o preço sugerido no lançamento dos produtos: o Moto G com 1 GB de RAM e 16 GB de armazenamento foi anunciado por R$ 899, enquanto o Moto X Play de entrada custava R$ 1.499. O aumento foi de 28% em apenas seis meses de lançamento, no caso da versão básica do Moto G, influenciado tanto pelo fim dos benefícios fiscais quanto da disparada do dólar.

Outras categorias não receberam reajuste, pelo menos por enquanto. O Moto E continua custando a partir de R$ 495. Já os topos de linha Moto X Style e Moto X Force ultrapassavam o valor máximo de R$ 1.500 para a desoneração de impostos da Lei do Bem e, portanto, não recebiam incentivos fiscais.

Leia também: O governo aumentou os impostos de smartphones. O que isso muda, além dos preços?

A Lei do Bem foi criada em 2005 com objetivo de estimular a produção nacional de computadores. Ao longo do tempo, outras categorias de produtos também puderam se beneficiar da redução de impostos. Era previsto que o benefício cessasse no final de 2014, mas o governo havia prorrogado o programa para o fim de 2018 antes das últimas eleições presidenciais. Depois, por meio de medida provisória, a isenção foi revogada pela presidente Dilma Rousseff.

Mais sobre: ,
  • Previsão dos comentários:
    [insira aqui reclamações sobre Dilma, PT, governo, etc.]

    • Que previsão mais previsível heim?!

      Como se fosse mentira que a culpa total não fosse do governo.

    • Felipe Emerson

      Dilma melhor presidenta que o Brasil já teve. Com o PT no governo, hoje temos smartphones, iPhone, entre outras coisas. Mas e antes? Claro q não tínhamos.

      No fim das contas, o povo merece os governantes que elegeram. Enquanto votar nessas bostas, tem mais é que se foder mesmo.

      • David Diniz

        Petista detected…

        Adiantando: Não sou coxinha,empadinha,bolinho de bacalhau ou qualquer outro adjetivo. Detesto política.

      • Leonardo Teixeira

        Obvio que não tinha, não existia essas coisas kkkkk

      • brunocabral

        Não tinha pq não existia. [2]

        Petista detected…[2]

      • Supersonic

        O pessoal não percebe ironia, ou vc é petista mesmo.

        • Felipe Emerson

          Tá vendo aí, ainda dei a dica q era ironia no segundo parágrafo, já q se fosse petista n falaria isso, e msm assim o povo n percebeu kkkk. Esse é o nível do brasileiro…

          • Leonardo Teixeira

            Você editou depois né? Porque nao lembro disso estar escrito kkkk

          • Felipe Emerson

            editei não, vc q não prestou atenção… o disqus nao mostra se o cara editou, aí é foda…

      • Eduardo Menezes

        Você é burro mesmo, hein?! Antes do PT não EXISTIA smartphone nem IPhone.

    • Sérgio Camargo

      Se está feliz com o governo Dilma e apoia o PT é porque você é um dos imbecis que votou nela. Agora todos estamos pagando a conta do desastre, ou seja, estamos todos ferrados. Se a culpa não é dela e dos ignorantes que a reelegeram, talvez seja do Espírito Santo, quem sabe… Pronto, inseri meu previsível comentário. Grato pela oportunidade, Sr. brasileiro feliz e sabichão.

      • Amarildo

        Se pudesse, dava mil likes. Excelente comentário.

  • André Luiz

    Pelo menos agora os novos aparelhos não virão com aquele app ridículo “App’s Brasil”.

    • Rodolfo Alves de Abreu

      Duvido. Aposto que ainda haverá por que eles já foram fabricados e projetados com o APP incluído. Só na próxima geração talvez, isso se não vier aquela parada ridícula de incentivo obrigatório, tipo acontece com filmes nacionais, e bem ruins por sinal.

  • Feripe Hatsune

    Nem vou reclamar do governo, vou dizer o que o Chaves sempre diz quando o Kiko o provoca.
    “Eu nem queria mesmo”

  • Diego Medeiros

    Pessoal, não vamos nos esquecer da importante estratégia econômica de nossa presidanta: acabar com as importações e fomentar a indústria local de componentes eletrônicos para smartphones. Assim, nossos smartphones 100% nacionais serão mais baratos que esses estrangeiros do mal.

    Opa, esqueci, não temos indústria disso.

    • Supersonic

      A lei do bem era.justamente para isso, foi por água baixo como o resto desse governo.

      • Jayme Prado

        A lei era pra isso, mudar boa parte da indústria nacional e o modo dos fabricantes trabalharem. Deram 1 ano e meio de prazo e já concluíram que não deu certo??

    • Adriano Garcez

      Você diz como se esse tipo de política econômica tivesse sido inventada pelo PT. Quem dera um único partido fosse culpado de todas as mazelas de um país; seria bem fácil resolver todos os problemas.

      • Diego Medeiros

        Acredito que além de nossa excelentíssima presidanta adotar tal estratégia, outros governos, de outros partidos, provavelmente tentaram fomentar a indústria de componentes eletrônicos e, pelo o que vemos até agora, nenhum foi vitorioso. Hoje, não temos tecnologia 100% nacional suficiente para fabricar um Raspberry Pi que seja.

        Minha crítica, é em especial ao mandato de nossa Dilminha (não ao do PT, que há algum tempo chegou a aquecer o mercado de tecnologia nacional) que está acabando com um setor até então em ascensão, na esperança de melhorar a arrecadação do governo e a indústria de tecnologia nacional.

        • Vitor

          Não é uma vontade que surgiu do nada, cara. Ela tem (sim, é uma obrigação) que aumentar a arrecadação/diminuir os gastos. Ela sabe que revogando essa lei não estará ajudando a indústria nacional, é óbvio. Ela fez isso porque é um dever do poder Executivo fazer as contas baterem (e antes que me xinguem: não disse que ela não tem que cortar gastos, só reler o meu comentário).

          “Ah, ok, mas pq ela só não corta gastos?” Bem, a máquina pública é gigante. Se isso é ruim ou não, depende da sua opinião. Só que, para cortar gastos de um governo que gasta tanto, tudo tem que ser feito aos poucos… E ela não tem tempo.

          ————————

          MINHA OPINIÃO, se possível, leia:

          Pelo que observo, ela tá fazendo o que dá. De verdade. Tá cortando gastos, aumentando arrecadação (talvez da forma errada, mas tá tentando), tentando convencer o Congresso a aprovar leis que beneficiem o fechamento do orçamento (e embora tenha o Senado a seu favor, a Câmara não é tão aliada assim, principalmente o presidente da Câmara, esse é inimigo declarado do governo e barra votações importantes).
          Vejo também que a oposição faz de tudo para forçar a queda dela, como se fosse o grande problema do Brasil, como se a simples posição dela como presidente fizesse o país magicamente desandar Não creio em maldições, então pra mim isso não cola. Mas também vejo que muitos se cegam para o Cunha tentando criar um estado de caos (não há discussão, ele realmente está fazendo isso) para dar mais credibilidade ao processo de impeachment, como se a preocupação dele e da oposição fosse somente (!) retirá-la de lá, e não ajudar a reerguer o país.

          • Yago Oliveira

            Seu texto ta bem explicadinho, entendo o que você quis dizer, mas só não esqueça que o motivo das contas não baterem é do governo dela. Sendo assim é muito irônico ela e sua corja afundar o Brasil e a gente pagar a conta. Ela não diminui gastos e nunca o fará, pq ninguém quer deixar de ter auxílio terno, esqueça corte de gastos por agora… Tirar ela não é solução mas já é um avanço. É necessário uma nova administração, a que está já provou que não é capaz, com ou sem aliados no congresso ou onde for…

          • Vitor

            Sobre a parte dos auxílios e tal: ela nem pode fazer isso, o que ela pode fazer são reformas no poder Executivo e em cargos públicos. Sobre isso: tinha lido uma notícia sobre uma reforma ministerial, que havia desfeito alguns e transformado outros em secretarias de ministérios já existentes e mais importantes (não sei se é verdade, li isso uma vez e nunca mais, e também não acompanho muito televisão).

            Sobre o motivo das contas não baterem, eu não vejo como pode ser culpa do governo dela, sério. Qual a grande diferença do governo dela para o do Lula (a diferença que colocou um déficit tão gigantesco no orçamento)? Pra mim parece uma série de fatores, desde a política de se manter um Estado colossal (que pode ser bom ou ruim, mas que não começou com ela) até o mercado financeiro, bolsas de valores e tal (esse eu acredito que pode ter sido culpa do governo dela, com apostas erradas, falta de ação do Banco Central para segurar o valor da moeda, atrair investimentos exteriores enquanto o Brasil ainda era chamativo)… Mas eu realmente não vejo (se alguém sabe, aponte, por favor) um fator que tenha realmente causado toda essa crise e possa ser apontado como resultado do que ela fez.

          • Max Souza

            Caro petista, do sub-tipo “Inocente Útil”… nem se a gente explicasse, você não iria entender. Sorry 🙂

          • Vitor

            Tava demorando para aparecer um babaca. E isso parece falta de explicação.

          • Gabriel Bailao Ruiz

            Pior q demorou mesmo. Ler os comentários estavam bons até agora…. Daí aparece o Max

          • Erick

            Lhe dou um exemplo:
            Se VC tem a reputação de bom pagador, honesto e responsável na forma que conduz sua empresa, eu facilmente me torno um acionista, investidor, objeto dinheiro em seu negócio. Mas se VC ganha fama de mal pagador, faz dívidas exorbitantes sabendo que mais a frente faltará dinheiro para saldar as dívidas, VC mente para os acionistas, não toma as medidas fundamentais para conseguir fechar as contas, eu não seria tolo de investir em sua empresa, direcionaria meus investimentos para outro lugar mais confiável. Esse foi o erro do governo atual, omitiu o rombo e se recusou a cortar os gastos fundamentais ( bolsa família) . O governo atual sinalizou para o mercado internacional que é um governo comunista e não capitalista, sendo assim nenhum investidor tem confiança para investir aqui. Quanto maior a demora em demostrar que a economia vem em primeiro lugar sobre o assistencialismo, maior será o mergulho no abismo econômico.
            Por esse motivo decidi comprar um moto x play no semestre passado, imaginei que as coisas iriam piorar muito, e os preços de produtos importados iriam disparar. E se me permite dar um conselho… Não guarde seu dinheiro… Compre bens duráveis, carro, moto , terreno, invista em ouro ou qualquer bem físico, nos próximos 6 anos nossa moeda sofrerá extrema desvalorização no mercado externo e interno.

          • Vitor

            Ah, entendi o que você quis dizer (embora eu ache o Bolsa Família importante para o aspecto social e, a um longo prazo, econômico). O rombo enorme foi escondido nas contas públicas e os cortes para resolver o problema começaram muito tarde.

          • Johnny Walker Junior

            Nos EUA também existe um programa parecido, apesar de ser um país desenvolvido, sua população está cada vez mais pobre e os ricos cada vez mais ricos. Hoje não é o país das oportunidades, já foi, mas isto é passado.
            Claro, tem uma renda melhor, mas já foi maior, hoje eles usufruem de um benefício do passado, mas a renda vem decaindo ano após ano.
            Não sei o que acontecerá no futuro com este país, mas com certeza será uma derrocada grande, pois além disso estão construindo uma dívida interna monstro e cada vez mais ela aumenta. Será que é mais uma bolha a explodir? Quem sabe, se não forem feitas as devidas correções, a coisa vai ficar feia.

          • Andre Badiani

            bom acho que vc tem que estudar um pouco de Economia para saber como ela funciona, no meu ver não importa o que o governo faça ou a forma que ele faça o Assistencialismo (bolsa família e afins) o importante é como ele administra a balança comercial, essa sim impacta em tudo (de preços administrados pelo governos ate a eminente alta do dólar), quanto todos os economistas falavam que ia dar problema ela ia na tv e falava que eles estavam errados e erram pessimistas (e não petistas RS!), agora pagamos a conta de uma ma administração publica… fato é estamos aqui e temos que apreender a viver com isso.

          • Vitor

            Leia meu outro comentário.

    • Keaton

      Alias não temos industria de componentes eletronicos para quase nada…. nem smartphone, nem computador, nem dumbphone, nem calculadora…

  • Diogo Nóbrega

    Saudades dos tempos em que eletrônicos eram caros no lançamento e iam barateando com o tempo…

    • Saudades dollar R$ 1,67 ;(

      • Guaip

        Eu to no ponto que tenho saudade até dos R$ 3,00.

      • Adriano Garcez

        Dólar tão baixo assim era excelente pra gente, quando podíamos comprar aquelas cosias legais que os países desenvolvidos têm, mas, na visão macroeconômica do Brasil, era péssimo. O que falta é a indústria nacional, mas não há interesse real dos políticos para tal. Vai demorar pro Brasil virar uma civilização desse jeito.

        • Diego Medeiros

          Agora, pra conferir as novidades tecnológicas, só nos unboxings e reviews gringos. Isso até cortarem a internet com o resto do mundo.

          • Adriano Garcez

            Ok.

          • Amarildo

            Mas se de fato cortarem a internet, a população em peso vai pra rua protestar contra o governo. Hahaha.

        • Diogo Mendes

          Brasil saiu da zona rural mais continua sendo sustentado pela zona rural. Se não fosse a zona rural. Soja, etc. Brasil estava pior.
          Vamos voltar a zona rural. Pois não temos inteligencia para seu um pais que cria tecnologia.

  • doorspaulo

    Nunca achei que viveria para ver um Moto G custar 1500 mangos…

    Mais imposto por bem, menor consumo, arrecadação menor.
    Profit.

  • ochateador

    Efeito lenovo…..
    Quando o google era dono da motorola ele lucrava por quantidade/qualidade de venda, mas a lenovo quer lucrar por unidade e vai vai perder muita venda com isso…

    • João Soares

      Mas não foi a empresa que aumentou os preços por livre e espontânea verdade mas sim o governo que incluiu mais impostos nos celulares abaixo de 1.500 reais. Todas as fabricantes de celulares estão fazendo isso aos poucos, como por exemplo, a Microsoft. É questão de tempo de todas as fabricantes aumentarem os preços dos celulares.

    • Leon

      Não. Efeito (des) governo+Lenovo seria o mais correto… 🙁

  • Renan Maia Fernandes

    Bem, podemos dizer que a Motorola voltou a ser a Motorola de sempre, hardware na média, pouco custo benefício, faltando apenas um novo “Motoblur”. Foram 2 anos de lapso dela que fez todos acharem que poderia ter acontecido uma mudança da marca, de certa forma mudou, mas era apenas um lapso. Essa última geração, a compra pela Lenovo deixaram bem evidente essa nova/velha postura da marca.

  • Tony Ferreira

    O jeito é comprar um feature phone de 50 reais e voltar pro SMS e ligação tradicional.

    • murilo

      kkkkkk bem por aí, mas pensando bem melhor não: as operadoras iriam subir o custo por SMS !!!

  • Vota mais seus [email protected], Enéas tá rindo de vocês no inferno.

    • Supersonic

      Esse cara queria proibir a gasolina.

  • Willguevara

    Caralho o Moto G turbo ta mais caro do que eu paguei no meu Zenfone 2 + capa e pelicula.

  • Wilson Cardoso

    Os tempos mudaram, antigamente os preços caiam depois de seis meses, hoje em dia… Moto e Apple pegaram pesado.

  • Marcos

    Tá louco, comprei meu Style por R$ 1799, nem a pau pagaria isso pelo play!

  • Antonio Araújo

    Mais impostos galera, vão se contentar com um moto g de 2 geração mesmo por alguns anos. Esse governo tem que ver que o Brasileiro não é trouxa.

  • Antonio Araújo

    Boicote já, vamos ficar sem comprar os produtos que eram beneficiados pela lei.

  • Don Ramón

    A Asus também aumentou o preço dos seus Zenfone. O Zen 2 de 32gb agorá está por 1.699,00.

  • Rodrigo Gomes

    Saudades do Moto G com preço de mid-end. Bons tempos…

  • 13 e confirma.

    • Gustavo da Silva Serra

      Lacra no 13! Agora tá na hora do programa Meu Gadget Minha Mortadela.

  • Anthony Fernando

    Vou continuar com meu Moto G 2014 até o dia que ele aguentar e quando ele chegar no limite vou na feira do troca comprar outro bem mais barato. Só sei que meu suado dinheiro n vou gastar em um smart novo até a lei voltar.

  • Tiago Celestino

    Já estava aumentando, apenas agora temos mais uma justificativa.

  • Andre Badiani

    Pessoal, estava pesquisando e vi uma coisa o lenovo A7010 não teve reajuste, acho que isso ja deve ser um indicio de matar a motorola…pela Lenovo.

    • André Santos

      Quem tiver a oportunidade de testas a tela desse Lenovo Vibe o faça. É espetacular. Esqueça os dois temas padrões (plano de fundo e bloqueio) e tentem colocar alguma outra figura da galeria online. Espetacular!!!

  • murilo

    partiu! mercado de celulares usados!

  • Parabéns aos eleitores do PT.

  • Sergisley Matias

    Acho que com esse tempo que passou ficou claro, para quem não viu os movimentos da Motorola ano passado ( http://www.tudocelular.com/android/noticias/n62844/moto-g-2015-fica-ainda-mais-caro-no-brasil.html ) que não é só imposto. O Moto X Play é um ótimo exemplo: continua caro e já deixou de ser um celular bom – afinal não adianta ser competente e muito caro. A faixa de preço em que se encontra possui concorrentes muito melhores. Hoje há lojas que o vendem pelo mesmo preço do muito mais completo (e do mesmo fabricante!) X Style (americanas e submarino hoje, 22 de fevereiro, versão de 32 GB). Ele custa centenas de reais a mais que os concorrentes diretos. O que estamos vendo é a política de preços do google sendo revertida para a visão míope e falta de planejamento comum nesse mercado. Sony e Asus estão com preços melhores e mesmo o Galaxy S5, muito superior ao X Play pode ser encontrado na versão antiga e na revista “neo” com preços bem menores. Antes de criticar o governo pq o preço subiu, confira se a culpa é só dele. Boa parte dos preços inflados que temos em tantos segmentos no Brasil se devem ao “lucro Brasil”, tática de ocultar uma margem de lucro gorda sob o “custo Brasil”. Se o imposto sobe 7% o preço sobe…50%??? E a culpa é da Dilma? Como vejo pelos comentários, nunca falha essa tática.