Atenção, campineiros: o Uber anunciou nesta quarta-feira (27) que vai expandir o seu serviço para a cidade, que é o primeiro município do interior que recebe os carros pretos por aplicativo. Desde as 14:00 de hoje os moradores da região podem baixar o aplicativo e usar a modalidade UberX.

Os preços são os mesmos aplicativos na capital paulista: R$ 2 de tarifa base, R$ 1,40 por quilômetro e mais R$ 0,26 por minuto. Caso o usuário queira cancelar a corrida em mais de 5 minutos ou ela seja muito pequena, terá que desembolsar uma taxa de R$ 7.

uber-app

Como mostramos neste comparativo de preços, o UberX em São Paulo é quase sempre mais barato que os táxis. Em Campinas, o Uber avisa que a economia pode ser de até 50%. Não é difícil imaginar, uma vez que a bandeirada na cidade é mais cara que em São Paulo: custa R$ 4,85 mais R$ 2,90 por quilômetro em bandeira 1 e R$ 3,75 na bandeira 2.

É interessante ver que o Uber, em vez de operar em uma das outras capitais do país, decidiu se expandir para o interior do estado de São Paulo. Fábio Sabba, diretor de comunicação da empresa, esclareceu ao G1 que Campinas tem mercado para receber o serviço. “A gente percebeu que Campinas, além de ser uma cidade grande, tem bastante gente que dirige, tem smartphone e quer um novo jeito de andar pela cidade”, informou.

Além disso, não é como se Campinas fosse uma típica "cidade do interior". No post de lançamento, o Uber ressalta a fama que Campinas tem de "capital do interior do estado", que não é à toa: a cidade tem mais de 1 milhão de habitantes, sendo o 14º município com maior população no Brasil.

uberx-brasil

Sem o UberBlack, parece que o Uber ainda está chegando aos poucos em Campinas, fazendo testes. Não é por menos que o serviço desativou o famigerado preço dinâmico, que eleva a tarifa da corrida de acordo com a demanda pelos carros.

No ano passado, quando o aplicativo nem funcionava na cidade, a Câmara dos Vereadores de Campinas recebeu o projeto de lei 238/2015 do vereador Jairson Canário (SD) que visa proibir "o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte remunerado individual", exatamente o que o Uber faz.

A proposta foi aprovada em primeira discussão pela Câmara e, em outubro, os vereadores voltaram a analisá-la. Mas, no dia seguinte, ela foi retirada com urgência da pauta porque os vereadores alegaram que a proposta precisava de ajuste técnico.

Ainda assim, Sabba acredita que o serviço não é ilegal. "Não tem uma regulamentação para o serviço de transporte público privado e estamos conversando com todos os níveis do governo para ter uma regulação", disse ao G1. Segundo ele, o serviço está amparado na Lei de Mobilidade Urbana nº 12.587 de 2012.

Enquanto a votação não volta, motoristas interessados podem fazer o cadastro pelo aplicativo ou usando este site. Vale lembrar que é necessário ter um carro que se encaixe nos modelos aceitos pelo UberX, além de seguro para o passageiro. O condutor precisa ainda ter habilitação com EAR (Exerce Atividade Remunerada).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ederson Augusto
Logo loco nas padarias vai vender remedios , Nas lojas vai fazer abortos , no bar vai ter dentista Nas mecânicas vão vender equipamentos hospitalares . Os olhadores de carro vão ser policia , e andar armados . Ninguém sabe mais o que e serto .
Carlos Mausbach
Maldita Prefeitura! O link informa que está indisponível devido a eleições... Inacreditável. Uma coisa nada tem a ver com a outra - mas tudo se torna desculpa para não divulgarem o real posicionamento perante ao UBER ou outra iniciativa privada. E o contribuinte só lhes serve para isso: Pagar imposto enquanto puder...
Joao da Silva
Que pobreza. Vai pro Fazendinha. .. Outro nível. Não sei q buraco se mora mais se tiver um puteiro do melhor q o fazendinha aí da um toque. www.fazendinha.com.br Ita tinga só favela do marginal e puta de lixao
Paulo Freitas
E a prefeitura, que como no resto do Brasil só serve para onerar o povo e inflar o Estado, já começou a boicotar: http://campinas.sp.gov.br/noticias-integra.php?id=29222 Boicoto e continuarei boicotando taxistas pelo resto da vida. Se eu ficar sem meu carro eu uso ônibus. As vias da cidade estarem um lixo no quesito manutenção pode - não há nenhum "trabalho de inteligência" no gabinete dos prefeitos para isso. Pra onerar o povo, por outro lado, não faltam escrúpulos. Há ainda quem se orgulhe de ser brasileiro...
Paulo Manso
Hoje começou a operar em Goiânia finalmente :)
Antony
Depois que vi seu nome só consegui lembrar disso, relacionando com o local http://i1.ytimg.com/vi/Lgkdw0Pcq6Y/hqdefault.jpg
ronaldo
nao ta perdendo muita coisa nao viu
Leon
Que ótima notícia! :D
Cumpadi Úochinguinton

Que abundância mãinha...
Tu du du du pá!

Compadre Washington
Que abundância mãinha... Tu du du du pá!
Keaton
Pois é. Isso que é legal, até Campinas... E Curitiba que é bom, nada.
Feripe Hatsune
Eita chegou aqui!! Agora já tenho uma boa razão para testar o serviço! Só espero que os taxistas daqui não comecem com o motim, Campinas já tem problemas demais, não precisamos de mais um.
ochateador
Não deve ser só pela quantidade de população que campinas recebeu o uber. A força econômica da região metropolitana de campinas + aeroporto de Viracopos devem ter contribuído bem mais na decisão.
Antony
Só tenho curiosidade de conhecer Itatinga ( ?° ?? ?°)
Anakin
CPS
Exibir mais comentários