Início » Celular » Firefox OS será descontinuado em maio

Firefox OS será descontinuado em maio

Paulo Higa Por

Pois é, não deu certo. A tentativa da Mozilla de participar do mercado de sistemas operacionais móveis nos celulares de baixo custo fracassou, e o Firefox OS já tem data para acabar. Nesta quinta-feira (4), a fundação anunciou que vai parar de desenvolver a plataforma após o lançamento da versão 2.6, que tem previsão para chegar no final de maio.

O Firefox Marketplace, loja de aplicativos da Mozilla, continuará aceitando novos aplicativos gratuitos para Firefox OS até 2017, mas os softwares para outras plataformas, como webapps que funcionam no Firefox para Android, serão removidos no próximo dia 29 de março.

firefox-os

No anúncio, a Mozilla reconhece que a existência de plataformas móveis consolidadas não permitiu que o Firefox OS conquistasse mercado. “Como foi anunciado em dezembro, o fato de haver múltiplos sistemas operacionais e ecossistemas de aplicativos já estabelecidos significava que estávamos atrasados, e as condições não estavam lá para a Mozilla ganhar no mercado de smartphones”, diz a nota.

Com o fim do Firefox OS para smartphones, a Mozilla concentrará seus esforços para tentar inovar no mercado de dispositivos conectados e internet das coisas. Depois de maio, quando o Firefox OS 2.6 for lançado, não haverá mais nenhum integrante da equipe da Mozilla envolvido no projeto, o que significa que o suporte estará encerrado.

Um problema do Firefox OS é que ele pecava justamente no que esperávamos ser um ponto forte. Na época em que a Mozilla anunciou sua plataforma, a companhia deixou claro que focaria em aparelhos de baixo custo, um mercado até então mal atendido pelo Android, que possuía desempenho sofrível. Só que os primeiros smartphones com Firefox OS também eram ruins nesse ponto: a abertura de aplicativos demorava bastante e todas as ações eram notavelmente lentas.

Para os interessados, o Boot 2 Gecko, embrião do que veio a se chamar Firefox OS posteriormente, é um projeto open source e o código-fonte está disponível livremente no GitHub para todos que quiserem estudar a plataforma — ou talvez se aventurar e criar outro sistema operacional, quem sabe.

Pelo visto, ficaremos só com duas plataformas móveis principais mesmo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Silverado

To cada vez mais afastado das notícias devido ao trabalho. Tá bem punk. Mas uma hr começo a ouvir. Sempre curti mais as notícias do Tecnoblog do q outros.

Gertrudes, a Lhama Morta

Sim, a Microsoft falhou em ter seu próprio sistema, mas acertou com os serviços. O Tecnocast mais recente fala disso

João Silverado

Pois é cara, tudo mudou. No momento está assim:
- Apps universais: Ok. Tem vários.
- Bridge: Não foi lançado de forma oficial e completo até onde soube.
- Continnum: Está como o HoloLens. Já tem versões novas segundo dizem por aí, mas nada de lançar. HoloLens a desculpa é q ñ tem concorrência.
- MS abandonou o Windows Mobile, até o 10. Mas ñ desistiu do Mobile, atuando no Android, iOS e tem a possibilidade de um novo híbrido.

E depois de todo esse tempo, deu pra ver que a Mozilla ñ estava errada. Embora a loja era de webapps, hoje a tendência é bem essa. Os PWAs pelo que li é bem o que o SO Firefox faria. Apple, Google e MS estão caminhando pra isso.

Gertrudes, a Lhama Morta

ERROOOOOOU

Jamerson Lucas
o Ubuntu Mate é muito bom tb XD
Firmino Gomes
Palm Os e BlackBerry OS
Azazel
Beeelo argumento, uau. Eu preciso ser chefe de cozinha para criticar um prato? Preciso ser deputado para criticar políticos? Preciso ser cantor para criticar uma música? Pelo amor, jovem. Aceita logo que fizeram cagada com o Windows Phone que dói menos.
Dudu Wandscheer
"Microsoft está matando o Windows Phone aos poucos..." Ela já matou o Windows Phone. Agora é Windows Mobile.
Dudu Wandscheer
Quando você estiver lá dentro da MS em Redmond na One Microsoft Way e ver que estão realmente fazendo cagada, você vem aqui e posta esse comentário de novo. Ou você é um empresário bem sucedido?
Dudu Wandscheer
Depois que a popularidade é atingida, só uma dormida no ponto das líderes faria os novos sistemas terem seus minutos de fama. Nokia era rainha dos S.Os com o Symbian. Dormiu no ponto. Ubuntu não faz sucesso nem no Desktop. Lembrando que neste mercado, ganha quem molha mais a mão e organizações sem fins lucrativos comem poeira.
BassVix
O Tizen não é ruim, mas não devia nem ter existido, em Smart TVs só serviu para desovar um SO sem objetivo, que inicialmente era concorrer em Smartphones.
Bruno
Muitos querem o Windows 10m batendo de frente com os dois maiores concorrentes, mas esquecem que a Microsoft disse que não pretende bater ele, mas sim ter um so com a total experiência dos serviços dele
João Silverado
Sobre os gráficos do The Verge, realmente são os dados atuais. Mas não está mais havendo lançamento de novos aparelhos. Foram lançados o Lumia 950, 950 XL e o 550 (Esses já com o w10 mobile, são os únicos que tem oficialmente, o resto usa a versão insider pra reportar bugs). Aos que interessa o SO, estão aguardando a liberação para os aparelhos antigos ou o lançamento de novos hardwares. E como não tá acontecendo nem um nem outro, o share vai diminuir mesmo, isso não tem o que fazer. Então de duas uma, ou já era realmente, ou estão ainda trabalhando nisso. E como se tem notícias de investimento e o SO recebe duas a três atualizações por mês para os insiders, é pq estão gastando grana. Sobre a questão dos Apps, os projetos de conversão de Apps de outras plataformas, sem o Dev ter q reescrever o código do zero, é a estratégia que a empresa bolou pra suprir a falta que alguns apps fazem. Até lá, só nos resta aguardar o desfecho de tudo isso mesmo.
Eric Viana
Sim, eu falei Surface Phone pois andei lendo que esse seria o primeiro aparelho deles a suportar o W10 mobile. Concordo com você que um telefone com real suporte a apps do Windows e o Continuum operando aumentam as chances de aceite pelos consumidores... Só não sei se isso será suficiente para massificar o sistema ao ponto de tornar real a concorrência com Android e iOS. Acredito que o W10 Mobile será muito mais nicho (business) do que massa. O WP sempre foi um bom sistema mas morreu com os sucessivos reboots que a MS aprontou com ele. Isso somado a falta de apps derrota qualquer possibilidade. Os apps tem margens super estreitas (quando tem algo além de publicidade) não justifica o desenvolvimento para um OS sem escala e que exige reescrita a cada versão. PS. Quanto ao TheVerge concordo que eles adoram matar coisas, mas os gráficos e dados do IDC estão lá para mostrar a queda do WP e colocar a MS no grupo cinza dos "outros" o que é péssimo mesmo.
João Silverado
Estou falando do Windows 10 mobile finalizado, completo, funcionando tudo conforme planejaram. Apps universais, conversores de Apps de outras plataformas (Bridge), modo Continnum funcionando em vários aparelhos (e espero que sem restrição de uso do Office). O Windows Phone (última versão sendo a 8.1) praticamente morreu mesmo, pois não vai ter mais atualização pra esse SO. Os aparelhos serão atualizados pra versão 10. O The Verge já matou o Windows, o Surface, o Xbox, e todos estão aí ainda. O WP do jeito que está realmente não vai mais existir, mas a Microsoft não vai desistir do mundo mobile.
Exibir mais comentários