Início » Aplicativos e Software » Sites de torrents estão fazendo streaming de filmes diretamente do navegador

Sites de torrents estão fazendo streaming de filmes diretamente do navegador

Extensão que permite streaming de torrents pode marcar o nascimento de uma nova plataforma

Por
4 anos atrás

Se você já tentou fazer streaming de arquivos distribuídos por torrent, sabe como pode ser um processo frustrante. Uma nova ferramenta, batizada de Torrents Time, promete acabar com isso. Ela permite que o usuário veja os torrents no navegador sem precisar baixá-los, por meio de uma extensão instalada no browser. E os grandes indexadores já estão adotando a tecnologia.

torrents-time-1

Desenvolvida pelos mesmos criadores do Popcorn-Time.se, a extensão pode ser acoplada a sites de torrent pelos desenvolvedores, permitindo que o mesmo lugar que oferece downloads em P2P possa oferecer streaming sem complicações. Sites como o The Pirate Bay já implementaram a ferramenta. Ela fica visível logo ao lado do botão de baixar o torrent, com um aviso de que o streaming ainda é uma função beta.

Os desenvolvedores do Torrents Time avisam ao VentureBeat que outros sites também aderiram ao serviço, como Torrentproject e Videomax. O Kickass, outro muito popular, está implementando a ferramenta.

the_pirate_bay_stream_it

Por ser dos mesmos desenvolvedores do Popcorn Time, a alternativa online do serviço foi a primeira a usar a ferramenta. Batizada de Popcorn Time Online, ela também permite o streaming de torrents direto do navegador, mas com a experiência semelhante a do popular aplicativo de streaming, que já conta com uma biblioteca de filmes e séries.

Os desenvolvedores contam ao TorrentFreak que o plugin do Torrents Time funciona assim: um cliente de torrent, baseado na biblioteca Libtorrent, pega os torrents por P2P e passa para um player de vídeo completamente escrito por eles, que funciona com o FFmpeg, um software com suporte aos principais formatos de vídeo.

the_pirate_bay_stream_got

Como o player foi desenvolvido pela mesma equipe, é possível encontrar alguns adicionais, como o streaming diretamente para o Chromecast, além de suporte ao AirPlay e DLNA. O plugin também identifica a legenda necessária automaticamente, sem que você precise buscar o arquivo para entender o que está acontecendo no filme.

É claro que nem tudo é perfeito, uma vez que você ainda depende do sistema peer-to-peer para conseguir uma conexão estável e fazer o download do arquivo. Como aponta o TorrentFreak, os vídeos demoram até dois minutos para iniciar.

the_pirate_bay_torrents_time

Apesar de outros serviços que fazem streaming de torrents terem existido, eles pegavam o conteúdo dos peers e transmitiam em HTTP, o que sobrecarregava a rede, já que o servidor não aguentava o alto consumo de tráfego. Como o Torrents Time oferece um cliente de torrent para fazer o streaming usando P2P, esse problema não deve acontecer.

De certa forma, é curioso ver como esse tipo de serviço evolui rápido. Torrents para consumir filmes e séries com qualidade decente existem há décadas, mas eram usados apenas por um nicho. Com o lançamento do Popcorn Time, apesar de suas controvérsias, idas e vindas, o serviço passou a ser amplamente usado por quem queria consumir conteúdo digital, apenas baixando um aplicativo.

Agora, com o Torrents Time, ainda que uma extensão precise ser baixada, o consumo é ainda mais facilitado. Desenvolvedores podem implementar a extensão em seus sites de uma forma extremamente rápida, o que torna o ambiente para a ferramenta fazer sucesso ainda mais propício.

torrents-time-2

Como a página para desenvolvedores informa, o site poderá “gerar mais receita que qualquer outra forma de monetização sem precisar colocar anúncios irritantes ou outras formas de monetização que irritam os usuários e atrapalham a experiência”. A ética disso é discutível, mas este pode ser o marco do nascimento de uma nova plataforma.

Até agora, as formas de monetização dos sites de torrents são por modelos de assinatura e parceria com serviços de VPN. Em breve, o Torrents Time promete adicionar a integração com servidores de anúncios, trazendo propagandas antes ou durante o streaming.

“Nós estamos começando uma revolução em um campo que ainda não foi revolucionado antes ― o modo como baixamos e fazemos streaming de torrents”, promove a página para os sites. “Nós vamos permitir que todos assistam a um filme em sites de torrent que nos implementarem, quando o fizerem, sem que [o usuário] precise armazenar o arquivo de alguém em seu disco rígido”, disse a equipe em entrevista ao VentureBeat.

Todo o código-fonte do Torrents Time está disponível para ser estudado no GitHub, caso você esteja interessado em dar uma olhada. O serviço suporta o Internet Explorer, Google Chrome, Safari e Mozilla Firefox no Windows 7 ou superior e OS X 10.8 ou superior.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.