Início » Telecom » Qual operadora tem o 4G mais rápido do Brasil?

Qual operadora tem o 4G mais rápido do Brasil?

Claro perde título de 4G mais rápido do país e despenca para terceira posição em velocidade média

Por
3 anos atrás

A OpenSignal, empresa que analisa a qualidade das operadoras móveis ao redor do mundo, publica relatórios periódicos para mostrar a situação do 4G no Brasil. Nas últimas medições, realizadas entre outubro de 2015 e janeiro de 2016, houve uma troca de posições: a Claro, anteriormente considerada a mais rápida na banda larga móvel, perdeu a liderança para a Vivo, que atingiu média de 15,32 Mb/s no 4G.

A Claro foi a líder em velocidade no 4G em todas as medições anteriores, tanto que utiliza os relatórios da OpenSignal para afirmar que oferece a internet móvel mais rápida do Brasil. Mas os mexicanos terão que repensar suas peças publicitárias: os assinantes da Claro viram o 4G cair de 17,8 Mb/s para 11,4 Mb/s em apenas seis meses, sendo ultrapassados pelos clientes da Vivo e Oi.

celular-roubado-bloqueio-imei

Estas são as operadoras mais rápidas do Brasil no 4G, em velocidade média:

  1. Vivo (15,32 Mb/s)
  2. Oi (11,92 Mb/s)
  3. Claro (11,36 Mb/s)
  4. TIM (10,28 Mb/s)
Vivo e TIM melhoraram 4G a cada mês; Claro perdeu velocidade

Vivo e TIM melhoraram 4G a cada mês; Claro perdeu velocidade

Com relação à latência no 4G, a história é bem diferente: a TIM, lanterna na velocidade média, tem o melhor ping entre as quatro grandes operadoras, enquanto a Vivo fica no extremo oposto da lista:

  1. TIM (70,72 ms)
  2. Oi (88,15 ms)
  3. Claro (90,29 ms)
  4. Vivo (192,37 ms)
Vivo está diminuindo o ping no 4G, mas ainda perde feio das concorrentes

Vivo está diminuindo o ping no 4G, mas ainda perde feio das concorrentes

A própria OpenSignal apontou como “surpreendente” o fato da Vivo ter uma latência tão alta durante as medições, o que poderia afetar a qualidade do 4G da operadora. “Pense assim: os serviços de internet móvel da Vivo são os mais rápidos depois que já estão baixando, mas cada acesso é mais lento para começar”, diz o estudo. A Vivo também obteve a pior latência no 3G, onde a líder é a Nextel.

Como esperado, a velocidade do nosso 4G está caindo a cada dia. Quando a cobertura era limitada e poucos clientes se conectavam às novas antenas, nós chegamos a ter o 4G mais rápido do mundo, com média de 21 Mb/s. No último relatório, o Brasil chegou a 12 Mb/s de média. Pode até parecer bastante se você pensar que o Japão também possui média de 12 Mb/s e os Estados Unidos são ainda piores (10 Mb/s), mas a tendência é que nossos números piorem à medida que mais brasileiros comprarem aparelhos 4G. O país campeão é Singapura, com média de 37 Mb/s.

antena-celular-telecom-torre

Além de estar cada vez mais devagar, o 4G brasileiro ainda é cheio de buracos. Na Coreia do Sul, os usuários ficam 97% do tempo conectados a uma rede LTE. Mesmo em países grandes, como os Estados Unidos, a cobertura é bem decente: 81%. No Brasil, os assinantes ficam em média apenas 53% do tempo no 4G e passam a outra metade do tempo nas já congestionadas redes 2G e 3G (ou sem sinal).

O relatório foi baseado em 110,5 milhões de medições por 58 mil usuários brasileiros nos aplicativos da empresa para Android e iPhone, entre 15 de outubro de 2015 e 15 de janeiro de 2016. Você pode conferir o estudo completo na página da OpenSignal.

Mais sobre: , , , , ,