Início » Telecomunicações » Claro faz primeira transmissão em LTE Broadcast (e o que isso muda na sua vida)

Claro faz primeira transmissão em LTE Broadcast (e o que isso muda na sua vida)

LTE Broadcast ajuda a desafogar as redes móveis em grandes eventos

Por
3 anos atrás

Direto do Rio de Janeiro — Em parceria com Qualcomm, Ericsson e Samsung, a Claro apresentou nesta sexta-feira (19) um piloto de transmissão de vídeo utilizando a tecnologia LTE Broadcast. É a primeira iniciativa do tipo na América Latina, onde a operadora aproveitou o evento Rio Open 2016 para efetuar os testes.

claro-qualcomm-LTE-broadcast

A capacidade de realizar transmissões de vídeo já existe no mercado há muito tempo, mas de uma forma chamada unicast: cada dispositivo abre uma conexão com o servidor. A proposta do LTE Broadcast é otimizar essas transmissões, utilizando uma faixa de espectro exclusiva para essa situação. Funciona como a TV aberta: a estação rádio-base emite o sinal de vídeo no ar e os dispositivos recebem, sem a necessidade de uma conexão única e sem sobrecarregar a rede da operadora.

ericsson-broadcast

Embora já exista uma operação comercial na Coreia do Sul, o LTE Broadcast não é um padrão de mercado e as empresas ainda não sabem qual é o destino ou futura utilização. O diretor de marketing da da América Móvil, Márcio Carvalho, explica: “Não sabemos o futuro. Pode ser que dê errado, como o fracasso das transmissões em 3D. Estamos preparando o terreno para uma nova tecnologia”.

Ao menos por enquanto, a aposta da Claro é em transmissões restritas para determinadas localidades, com grandes concentrações de pessoas. Seria útil para transmissões massivas em grandes eventos esportivos, levando ao usuário a possibilidade de conferir diferentes ângulos e informações.

lte-broadcast-2

Por ainda não ser padrão de mercado, nem todo smartphone 4G é capaz de acessar transmissões em LTE Broadcast. Roberto Medeiros, diretor de desenvolvimento de produtos da Qualcomm Brasil, disse que a maioria dos chips da Qualcomm já suporta a tecnologia, mas nem todo fabricante implementa o acesso em seu software. Nesse caso, basta uma atualização do sistema para que tudo funcione.

Durante a apresentação, Galaxy S5 e Galaxy S6 Edge foram distribuídos aos jornalistas com o aplicativo Claro Esporte, desenvolvido pela Movile para amostras de transmissão. Comparando com a TV a cabo há um pequeno delay, mas nada significativo para uma transmissão móvel. A qualidade de imagem é muito boa e raramente há interrupções. O único porém é que o aparelho fica muito quente, o que pode ser um problema para a bateria. Um representante da Samsung alegou que essas temperaturas são “normais” por conta de todo o esforço de processamento e uso de rede.

Após o evento, o executivo da Qualcomm afirmou que existem conversas sobre LTE Broadcast com todas as operadoras brasileiras. Como a tecnologia ajuda a desafogar bastante tráfego da rede móvel, nos resta torcer para que as operações comerciais do LTE Broadcast cheguem logo aos consumidores.

Lucas Braga viajou ao Rio de Janeiro a convite da Qualcomm.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.