Início » Software » O que há de novo no Android 7.0 Nougat (até agora)

O que há de novo no Android 7.0 Nougat (até agora)

Usuários já podem baixar a nova versão, que acrescenta vários novos recursos e sai até setembro

Por
2 anos e meio atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Google nos surpreendeu com uma nova versão do Android disponível para download. Sim, é a sucessora do Marshmallow, batizada de Android 7.0 Nougat, que traz como novidades um modo de divisão de tela, uma nova barra de notificações e melhorias no consumo de energia.

android-n

Mas calma. O Google normalmente anuncia uma nova versão do Android durante a conferência Google I/O, que no ano passado aconteceu no dia 28 de maio. Sim, normalmente. Este ano, a empresa quer “trabalhar em conjunto com a comunidade Android para corrigir eventuais falhas ou incrementar alguns dos novos recursos que serão lançados”, por isso usuários de Nexus já podem testar o Android Nougat.

A principal novidade é o modo multi-window, disponível para smartphones e tablets. Já disponível em alguns modelos da Samsung, usuários poderão dividir a tela do aparelho e executar dois aplicativos simultaneamente, seja no modo paisagem ou retato. Quem tem uma Android TV também poderá desfrutar do modo picture-in-picture (PIP), que exibe um vídeo sobre outra aplicação.

android-n-multi-janela

O modo de economia de energia, batizado de Doze, também sofreu alterações. Agora ele funciona sempre que a tela estiver desligada, diferente do Marshmallow, que ativava-o apenas quando o smartphone não estivesse sendo utilizado por muito tempo, preferencialmente sobre uma superfície reta.

nexus2cee_DataSaver-728x422

Já que estamos falando de economia, a nova versão deve gastar menos dados também. Agora o Android tem um modo de economia de dados, que bloqueia algumas funções em background quando ativo (assim você não precisa ativar essa economia em cada aplicativo separadamente). Assim, os dados em background funcionam apenas no Wi-Fi.

Além disso, a economia de dados também informa aos aplicativos para gastarem menos dados. Dessa forma, se você estiver assistindo a um vídeo no YouTube, o app saberá que é hora de consumir menos recursos e diminuirá a qualidade do streaming. A novidade é que, mesmo em primeiro plano, o app usa menos banda. Também dá para autorizar um aplicativo a consumir a mesma quantidade de dados mesmo dentro desse modo.

android-n-notificacoes

A barra de notificações, como você viu no começo do post, está diferente. Agora, as notificações são agrupadas a uma distância menor, mas com informações mais condensadas e ainda mantendo as opções de resposta. Aliás, como mostra a imagem acima, você pode responder às notificações diretamente na barra, sem precisar ir até o aplicativo.

Também é possível ver que os menus de configurações rápidas estão diferentes, alinhados em cima da barra de notificações e poupando o usuário de ter que descer a tela para alterar alguma coisa. Por padrão, as principais configurações rápidas serão Wi-Fi, dados, lanterna, Não Perturbe e bateria. Ao expandir, o usuário pode guardar os atalhos em mais de uma página ― e os desenvolvedores podem criar suas próprias configurações rápidas em seus apps.

Em vez de misturar completamente as notificações do mesmo aplicativo (por exemplo: 3 mensagens de 2 conversas no WhatsApp), o Android Nougat lidará com essas informações separadamente na barra de notificações, expandindo as conversas ainda nessa tela para limpá-las ou respondê-las individualmente.

nexus2cee_2016-03-09-18.37.28

As configurações rápidas receberam algumas novidades úteis. Elas estão mais fáceis de alterar (com um botão de Editar no rodapé direito) e estão mais completas, como você pode ver no vídeo acima. O menu de bateria, por exemplo, agora mostra um gráfico do consumo de energia, além de uma configuração rápida para ativar o modo de economia de energia ― tudo isso sem sair da barra de notificações.

Já que voltamos ao assunto de economia, vale lembrar que nessa versão o Projeto Svelte, lançado no KitKat, foi aprimorado. Ele aumentava a eficiência do gerenciamento de memória, diminuindo o consumo de RAM e ajudando os dispositivos com 1 GB de RAM. No Android Nougat, o Svelte otimiza ainda mais o desempenho de apps em segundo plano.

Por fim, o desempenho gráfico também deve ficar melhor com a Vulkan API, que fornece aos desenvolvedores um controle mais detalhado sobre o processamento gráfico no aparelho. Ela afeta em especial os gráficos 3D, deixando-os mais realistas e dando aos programadores mais opções para brincar com a GPU do dispositivo.

nexus2cee_2016-03-09-18.51.51-728x410

Nas novidades menores, o Google também incluiu uma ferramenta para bloquear chamadas nativamente. E o modo noturno é muito bem-vindo: ele deixa áreas brancas mais escuras (como num dark theme), pode aplicar um filtro vermelho para tornar o display mais confortável, além de uma opção para automaticamente diminuir o brilho. Por enquanto, esse recurso está disponível apenas no System UI Tuner.

O nome ainda não está definido nem dentro do Google. Segundo Hiroshi Lockheimer, vice-presidente sênior do Android, eles decidem esse tipo de coisa mais perto do lançamento ― não é à toa que até agora chamam essa versão do Android apenas de N. Entre a comunidade, há a especulação de Nutella ou Nougat (em português, nogado ou nugá).

Com os testes acontecendo agora em março, a expectativa é que o Android Nougat chegue bem mais cedo para os usuários. A previsão de Lockheimer é que ele esteja disponível para todo mundo entre junho e setembro, com uma versão mais completa sendo mostrada no Google I/O, que acontece entre os dias 18 e 20 de maio.

Rumor: suporte a janelas?

android-freeform-2

Logo depois da primeira prévia para desenvolvedores, o Ars Technica conseguiu ativar um “modo janela” no Android Nougat, que transforma aplicativos em janelas, com direito a redimensionamento. Ainda não há nada oficial vindo do Google, mas a página que explica o recurso de multi-window menciona um “modo de janelas independentes”. Mais informações aqui.

Como baixar

Até lá, já é possível contribuir com o Google testando o Android Nougat. Dessa vez, são duas formas: pelo Android Beta Program (que ainda não está funcionando) ou baixando as imagens de cada aparelho e instalando-as, como de praxe. Na primeira, as atualizações são feitas diretamente, por OTA (over-the-air), como se fosse um update comum.

Até agora, os seguintes aparelhos estão cobertos pelo programa de testes: Nexus 5X, Nexus 6, Nexus 6P, Nexus 9 (LTE), Nexus Player e Pixel C. Outros dispositivos vão ter que esperar até o lançamento oficial, que deve acontecer no verão do hemisfério norte (ou seja, até setembro).

Segunda prévia do Android Nougat: atalhos e novos emojis

android-n-atalhos

Atualização em 13 de abril de 2016 às 14h00. Nesta quarta-feira (13), o Google anunciou a segunda prévia do Android Nougat para os desenvolvedores, já disponível via OTA para quem estava com o primeiro developer preview. Se você ainda não baixou e tem um dispositivo compatível, o teste pode ser iniciado aqui.

Um dos recursos novos são os atalhos na tela inicial, ou o que o Google chama de “launcher shortcuts” (imagem ao lado). Esses atalhos servem para ajudar os usuários a executar ações com mais rapidez, em que você apenas precisa tocar no aplicativo para chegar a uma função específica sem que você precisa abri-lo.

Essa funcionalidade lembra muito o 3D Touch, do iOS no iPhone 6s. A diferença, é claro, é que ela não é ativada com um “toque forçado”, uma vez que os dispositivos Android não têm o tipo de tela específico. Ainda assim, é possível enviar uma mensagem a um amigo específico, navegar para um local no Mapas e até mesmo assistir a um próximo episódio da sua série favorita no app de mídia.

emojis-android-n

E, finalmente! O Android Nougat também traz suporte ao Unicode 9, que traz vários novos emojis, incluindo os de bacon, selfie e ¯\_(ツ)_/¯ (também conhecido como shrug). Além disso, os emojis dessa nova versão têm um novo design para as pessoas, valorizando uma aparência mais humana, com direito a diferentes tons de pele. O resultado, como você pode ver acima, é bem-vindo. Ninguém gostava daqueles bichinhos estranhos.

Por fim, o Google disse que aprimorou a Vulkan API, que mexe com gráficos 3D. No Android Nougat, essa API oferece “um controle mais detalhado e direto sobre os processamentos realizados nas unidades de processamento gráfico, diminuindo a sobrecarga para gráficos e, consequentemente, trazendo um melhor desempenho”.

Além do Vulkan, outras APIs foram atualizadas e incluídas, como a de suporte ao multi-window, notificações e outras. O pacote de referências das APIs pode ser acessado aqui. Mais informações podem ser encontradas no blog oficial do Android.

Publicado originalmente em 9 de março. Atualizado em 30 de junho para incluir o nome oficial do Android N: Nougat.