Adam e Jamie, os famosos Mythbusters, foram a atração especial da Nvidia para o nVision 2008, que aconteceu na cidade de San Jose (CA). O mito da vez: “GPUs são mais rápidas que CPUs”.

Ao contrário do que vocês podem estar pensando, nenhum experimento com chips foi realizado. A experiência foi feita com dois robôs atiradores de bolinhas de paint-ball. O primeiro deles atirava apenas uma bolinha por vez, em diferentes velocidades. O segundo atirou 2100 bolinhas coloridas de uma só vez, que atingiram um painel a uma distância de 2,43 metros em apenas 275 milisegundos, formando a imagem de Mona Lisa.

A idéia da experiência, é mostrar que um processador gráfico (GPU) seria mais rápido do que um processador comum, simplesmente por ser multi-tarefa (atirar várias bolinhas de uma vez). Levando em conta que o futuro dos CPUs também é uma arquitetura com vários núcleos, a única coisa que eles provaram foi que “processadores com vários núcleos são mais rápidos do que processadores de núcleo único”.

Será que alguém tinha dúvidas quanto a isso?

Tudo bem que se tratando de núcleos de processamento, os processadores x86 ainda estão engatinhando. As GPUs mais modernas já possuem quantidades absurdas de núcleos de processamento, e mesmo assim não dão conta de renderizar certas aplicações – em sua maioria jogos. Até aqui, cada um evoluiu apenas conforme o necessário (ou não).

Existem ainda diversas experiências utilizando uma GPU como unidade de processamento central, mas não dá para comparar os dois processadores desta forma. Cada um é desenvolvido para uma finalidade, e a nVidia sabe bem disso.

Clique aqui e saiba mais sobre o nVision 2008.

via: CrunchGear | TG Daily

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Pedro Adami
Nossa, muito fera mesmo. Esses caras são doidos mesmo. Realmente as GPUs de hoje em dia são muito rápidas, mas acredito muito na evolução dos CPUs, e que um dia estejam avançado a ponto de poder controlar os gráficos a partir de alguns núcleos do mesmo.
Doufer
Meu programa favorito na hora do almoço!
Fernando MS - Pulga
Não sei ao certo se eles provaram alguma coisa... mas o modo como eles apresentaram a teoria chamou bastante a atenção de todos :) show de bola! É uma impressora e tanto ... eheheheh
Tio Eder
Só tô comentando pra ver se aparece o meu navegador chrome... kkk valeu
Geraldo Magella Junior Valadares
Na verdade o argumento é forte, pois as placas de vídeo modernas tem 128 até 256 processadores de stream, orquestrados pela GPU, portanto a relação apresentada é coerente, você tem apenas 1 robô (gpu) porém vários canos (processadores de stream). Deviamos ter CPUs mais inteligentes também, que pudessem p.ex. ter partes distintas para cuidar de funções distintas... sei lá to viajando já! :)
Russo
Pouco importa do que se trata... o final do vídeo é o que importa!!! Uma das coisas mais legais que já ví!
Henrique Artur Wint
O efeito é bacana, mas eles só estão tentando provar o que já foi provado a muito tempo. Como tu mesmo mencionou no texto.