Início » Legislação » Pelé processa Samsung por anúncio com “sósia” e pede R$ 108 milhões

Pelé processa Samsung por anúncio com “sósia” e pede R$ 108 milhões

Por
3 anos e meio atrás

pele-sosia

Pelé está processando a Samsung em Chicago, nos Estados Unidos, devido a uma propaganda utilizada pela empresa que tem um “sósia” do astro. Segundo o ex-futebolista, o ato é inapropriado, uma vez que ele não deu permissão para veicularem alguém parecido no anúncio.

Como você pode ver acima, é questionável se o sósia realmente se parece com Pelé. Segundo a agência de notícias Reuters, a ação diz que a propaganda inclui a imagem de um homem que “lembra bastante” ele. A queixa foi apresentada pela Pele IP Ownership LLC, que controla a marca Pelé e os direitos de imagem do ex-jogador. Eles pedem indenização de US$ 30 milhões, o equivalente a R$ 108 milhões.

Publicado no jornal americano The New York Times, o anúncio promove sua linha de TVs UHD, na resolução 4K. A imagem mostra o suposto sósia do astro animada ao lado de um televisor da Samsung mostrando uma partida de futebol. A campanha tem o slogan “Veja mais. Sinta mais”.

pele1

Acima, o anúncio completo veiculado no jornal, com a legenda “Mais cor. Mais admiração”. A queixa diz ainda que a propaganda tem a foto de um jogador de futebol realizando um chute de bicicleta, que foi “aperfeiçoado e notoriamente usado por Pelé”. Por isso, esse conjunto de elementos fazem com que o leitor supostamente se lembre do astro.

Como justificativa, a empresa diz que grande parte da renda de Pelé vem de propagandas, e o anúncio irá afetar “o valor dos direitos de imagem do ex-atleta e confundir consumidores que podem acreditar que ele endossa produtos da Samsung”. Pelé já tem 75 anos e se aposentou em 1977, há quase 40 anos.

Tudo se agrava com uma negociação feita entre a Samsung e Pelé em 2013, quando a empresa sul-coreana interrompeu o acordo no último minuto. A Pele IP Ownership diz que, por conta disso, a Samsung “nunca obteve os direitos de uso da identidade de Pelé de alguma maneira ou formato”. Fica a cargo dos advogados provar que esse anúncio não foi uma revanche pelo quase-acordo de 3 anos atrás.

Na foto, Joel Santana entrevista Pelé em uma ação para a marca de shampoo Head & Shoulders, controlada pela P&G.

Na foto, Joel Santana entrevista Pelé em uma ação para a marca de shampoo Head & Shoulders, controlada pela P&G.

É verdade que o astro fatura muito com publicidade. Segundo a revista Forbes, Pelé é o 10º atleta aposentado mais bem pago do mundo. A Bloomberg, que tem foco em finanças, diz que, durante a Copa do Mundo de 2014, Pelé ganhou US$ 25 milhões com propagandas para o Subway, Volkswagen, Santander, e P&G.

O advogado de Pelé, Frederick Sperling, disse à Fortune que o objetivo é obter uma “compensação justa para o uso não autorizado da identidade de Pelé, além de prever futuros usos inapropriados”. Ele já representou o astro do basquete Michael Jordan, que ganhou US$ 8,9 milhões em indenização contra um supermercado por uma premissa parecida.

À Reuters, a porta-voz da Samsung Danielle Cohen se negou a comentar. O Tecnoblog entrou em contato com a agência responsável pela parte corporativa da Samsung no Brasil para uma declaração sobre o caso e a empresa afirmou que, por enquanto, não comentará a ação.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: , ,