O mágico tablet-que-faz-tudo da Apple foi lançado hoje. E apenas algumas horas depois do lançamento o blog Consumer Reports já reporta a primeira grande falha do gadget: ele só pode ser carregado usando o plug para tomada que vem na caixa ou ao conectar em computadores Macs. PCs rodando Windows não conseguem recarregar sua bateria. O caso é o mesmo para hubs USB.

Alguns Mac fanboys desprovidos de lógica podem argumentar que se a Apple enviou um plug para tomadas junto com o iPad, ele pode ser carregado em qualquer lugar com uma tomada, tornando o PC com Windows desnecessário. Mas esse não é o ponto. Uma grande parte dos consumidores que compraram o iPad terão apenas PCs nas suas residências. E se a bateria acabar no meio de uma sincronização com o iTunes? Os dados serão corrompidos? O que acontece quando ocorrer um pique de energia e o tablet da Apple estiver carregando? Ele corre o risco de explodir e com a força da explosão (dado o tamanho da sua bateria), acertar uma pessoa do outro lado da casa, matando-a instantaneamente? Ok, talvez o último exemplo tenha sido um pouco dramático demais, mas ainda assim.

O que nos resta é confabular sobre a possibilidade desse ser um daqueles casos “that’s not a bug, it’s a feature” (isso não é uma falha, é uma característica), em que Steve Jobs especificamente pediu aos seus engenheiros que isso fosse feito, ou se o iPad precisa de mais energia do que a fornecida por máquinas rodando Windows ou hubs USB.

Qualquer que seja o motivo, a Apple deve consertar logo essa falha ou ela corre o risco de ver vários clientes descontentes fazendo manifestações com tochas e panfletos no meio das ruas norte-americanas. Ok, novamente com o drama. Parei.

[Atualização às 21:11]: Como aponta o nosso leitor Felipe Cepriano nos comentários, um artigo na Macworld confirma que é necessário uma porta USB high-powered (que transmite mais eletricidade do que o normal) para carregar o iPad. Tais portas estão presentes nos novos Macs, mas são praticamente inexistentes em PCs. O artigo também aponta que o iPad irá carregar ao ser conectado em PCs com Windows mas apenas quando estiver desligado e bem mais lentamente do que se estivesse conectado à uma tomada. O problema é o aviso de “Not charging” (não carregando) que aparece ao ligar o aparelho. Algo me diz que essa novela só vai ser resolvida com um firmware update.

[via TUAW]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gabriel Mobilon
As portas USB de traz do pc, tem corrente de 10v, necessário para carregar o ipad, mesmo ligado
Gabriel Mobilon
Mentira, ele carrega sim em pc rodando windows, só que carrega nas portas USB de traz, que são ligadas direto a placa mãe
@eratlapis
Não sei se já avisaram, mas esse post já está desatualizado faz tempo. Olhe aí o Asus Ai Charger. Eu carrego meu Ipad até no netbook. http://blogipad.com.br/2010/12/asus-ai-charger-permite-carregar-baterias-do-ipad-via-pc/
bruno
Acho mais facíl os pcs aniquilarem os ipads,e bem rapido,caso isso ñ seja resolvido.
Clayton Coutinho _ SC
Não entendo de Mac...mas já existe uma usb mais rápida do 2.0 ? pq acho lento pra caramba essa porta..que tbém são usadas pelos hds externos.... além disso tudo que aparelho quer usar usb..até falta no pc..fora que são um porcaria pra encaixar o plug...
Juarez Lencioni Maccarini
Na página de suporte da Apple é explicado em detalhes como funcionam essas portas USB “high-powered” dos Macs mais recentes (desde o fim de 2007, aparentemente). Elas funcionam como uma USB comum quando um dispositivo comum está plugado nela, oferecendo corrente de 500mA sob uma tensão de 5V. Mas quando um aparelho que demanda mais potência é conectado, a porta automaticamente passa a fornecer até 1200mA em 12V. Assim que esse dispositivo é desconectado, ela volta a agir como uma USB comum. A questão do carregamento então não tem nada a ver com o sistema operacional, apenas com o hardware do computador, o que poderia ser testado bootando um Mac recente no Windows, e teoricamente o iPad carregaria sem problemas. Se quiserem que eu faça o teste, será um prazer… o Mac tá aqui, só preciso que alguém me mande um iPad! :P
Bruno Gall
O Problema disso que pode até haver uma sobrecarga em Pen Drives, MP4, Celulares e etc devemos ter cuidado não?
Bruno Gall
^^ Quem diria eu ia comprar e eu não tenho um Mac
Alisson melo
Se isso for uma tática,ele é muito ridícula.
fabiano
um amigo já me disse uma vez, nunca compre lançamentos, afinal depois que planejam e começam a vender um produto sempre aparecerão algumas falhas, ou seja os primeiros realmente servem para testar o produto e corrigir falhas que passaram desapercebidas na criação do produto.... felizmente não fui um dos primeiros rsrs, que piadinha maldosa rsrs
Felipe Cepriano
De acordo com o MacWorld, é isso mesmo. Os Macs mais novos suprem mais energia pela USB que a maioria dos PCs... http://www.macworld.com/article/150356/2010/04/ipadcharging.html
Felipe Cepriano
Não sei se a porta USB de todos os Macs, mas a do Air supre mais energia que o normal, por causa do Superdrive externo. Como o drive é bloqueado para uso em outras máquinas (mesmo Macs) pela placa lógica dele, suponho que outros Macs façam o mesmo. E outros PCs também.
Alberto Lage
E iPods touch e iPhones carregam em qualquer porta USB, não precisa ser 2.0
Rafael Silva
Pffff... o sentido foi defenestrado faz tempo. A razão e o bom senso estão indo logo atrás.
Thiago Mobilon
Acho que é 5V (volts, não Watts), não? Mas se o problema é esse mesmo, então as portas USB de Macs não estão dentro dos padrões USB 2.0? Não faz sentido...
Exibir mais comentários