Início » Legislação » Estes são os países que mais pirateiam software

Estes são os países que mais pirateiam software

Brasil é o país com menor índice de pirataria de software da América Latina

Paulo Higa Por

Um levantamento da BSA, empresa que defende os interesses de direitos autorais de empresas como Microsoft, Autodesk e Adobe, mostra que a taxa de pirataria de software no Brasil caiu três pontos percentuais entre 2013 e 2015, chegando a 47%. O número está acima da média mundial de 39%, mas é o menor entre os países da América Latina.

Segundo a BSA, a queda pode ser atribuída às campanhas de conscientização, crescimento da cultura de gestão de ativos de software nas empresas e expansão da venda de softwares por meio de assinaturas, como comentamos no último Tecnocast. A Adobe, por exemplo, vende seus softwares apenas por meio do Creative Cloud; recentemente, a Autodesk também decidiu focar no modelo de assinatura.

pirataria

No Brasil, a redução na pirataria vem caindo aos poucos: era de 56% em 2009, passou para 53% em 2011 e chegou a 50% em 2013. As estimativas da BSA indicam que, em 2015, quando a taxa de pirataria foi de 47%, a soma do valor dos softwares não licenciados no Brasil era o equivalente a 1,8 bilhão de dólares.

Esta é a lista dos países que mais pirateiam software:

  1. Zimbábue (90%)
  2. Líbia (90%)
  3. Venezuela (88%)
  4. Bangladesh (86%)
  5. Armênia (86%)
  6. Moldávia (86%)
  7. Iraque (85%)
  8. Belarus (85%)
  9. Indonésia (84%)
  10. Paquistão (84%)

Na outra ponta da tabela:

  1. Estados Unidos (17%)
  2. Nova Zelândia (18%)
  3. Japão (18%)
  4. Austrália (20%)
  5. Áustria (21%)
  6. Suécia (21%)
  7. Dinamarca (22%)
  8. Alemanha (22%)
  9. Reino Unido (22%)
  10. Noruega (23%)

As estimativas levam em consideração uma pesquisa com 20 mil usuários domésticos e corporativos. Elas contabilizam licenças inválidas de qualquer tipo de software, incluindo sistemas operacionais, jogos e aplicativos empresariais, instalados em desktops e notebooks. Você pode conferir o estudo completo nesta página.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André G
Algo que também influencia é que quase todos os países da lista tem políticas anti pirataria, punindo quem baixa pirataria. Em alguns países da Europa não era possível assistir muitos vídeos da VEVO no Youtube até pouco tempo atrás, são políticas extremamente agressivas contra o que consideram pirataria. Um amigo que mora na Alemanha estava me dizendo isso, ele disse que muitos programas de canais de TV dos EUA que são publicados no Youtube eram bloqueados na Alemanha, mas não estou falando de alguém gravar e publicar, estou falando dos vídeos que os próprios canais de TV publicam! O Dropbox e demais serviços de nuvem tiveram alguns problemas no começo pois eram vistos como sites semelhantes a finada Mega Upload, o Drop Box chegou a ser bloqueado em alguns países.
André G
Uma coisa que dificulta a pirataria aqui na Austrália é que você pode ser multado e a multa não é barata. Eu queria baixar um filme mas tenho medo, pois um amigo disse que recebeu uma multa e na minha escola me falaram no primeiro dia para não fazermos downloads pois aqui a internet é limitada e cara e podemos ser punidos por baixar coisas ilegais. A TV a cabo aqui também é bastante popular pois a internet é cara, é lenta e é uma bosta. É bem pior do que a internet que eu tinha em São Paulo, fica oscilando muito, cai com frequência e mês passado fiquei mais de 24 horas sem internet. O pior de tudo é que não é só dessa companhia, todas são igualmente ruins e em muitos bairros você não tem opção de operadora.
André G
Quando comecei a estudar engenharia o preço do AutoCAD era de alguns milhares de reais e não tinha versão para estudante. O jeito foi baixar um pirata pra fazer os trabalhos da faculdade em casa, até pq poucos computadores da sala de estudos da faculdade tinham o AutoCAD instalado, só mesmo no laboratório que todas as máquinas tinham o software. Hoje em dia tem a versão de estudante gratuita com uma marca dágua, diminuindo assim a pirataria por parte de estudantes. Lembro de um editor de vídeo que usei uns 10 anos atrás que também colocava uma marca d'água na versão gratuita, assim acabavam até promovendo o produto. A melhor maneira de combater a pirataria é criando ferramentas que tornem o produto pirata menos atrativo, dando soluções para quem não pode comprar e assim você pode até promover o produto.
zoiuduu .
eu to desempegado entoa posso piratear a vontade hehe
zoiuduu .
Não eskeçe do governo hehe
brunocabral
Outra observação. No Paraguai, muita coisa é carga roubada e contrabando que é GIGANTESCO. E desde quando, ter ar condicionado contrabandeado é sinal de riqueza? Outra informação que talves lhe falte. O Paraguai consome 20% da energia de Itaipu, além do subsidio do governo. Assim qualquer um pode ter ar condicionado. Já o Brasil que tem muitas vezes que recorrer a TERMOELETRICAS e o contrabando é fortemente reprimido, isso não ocorre com tanta frequência. E TER o ar condicionado é a parte fácil, difícil é pagar a conta de Luz, que no Brasil em boa parte vem das TERMOS que gastam horrores em R$. Fora que por ser um país muito mais industrializado que o Paraguai, o consumo de energia é GIGANTESCO. Lei da oferta e demanda, lembra? Ou só apoia o livre mercado quando lhe convêm?
brunocabral
Outro ERRO seu que salta os olhos, é querer achar que um país que tem uma economia minuscula, com um que tem uma gigantesca. Para sermos justos com o Paraguai, vou usar o Uruguai seu irmão platino mais RICO. O Uruguai tem perto de 54 Bi em economia, com seus 4 milhões de habitantes, contra um pib de 41 Bi e 11 milhões de habitantes.
brunocabral
Cara, os indicadores sociais do Paraguai (Fornecidos pelo governo e pela ONU) são piores do que os de Pernambuco, que é uma sombra do que o Rio de Janeiro (que também é pobre) é. E sim, o Brasil está melhor que a maioria dos países latinos, exceto Chile e Uruguai que são mais desenvolvidos. O Brasil não é rico só pq os outros são mais pobres do que ele. Isso só significa que existem países ainda mais pobres que o Brasil. E mais, o Real resistiu ao furacão Dilma. A moeda da Argentina foi pro vinagre assim que outro Kirchiner se elegeu. O Peso argentino vale 20% do que valia a 10 anos, o Real mesmo com a crise-Dilma e o risco de calote ter disparado, até chegou a perder 50% do seu valor, mas já devolveu boa parte das perdas. E de 2,5 por US$, a moeda nacional vale 3,45~3,55 por US$, contra um Peso que dá pra limpar a BUNDA e um Bolivar que nem pra isso serve. O Paraguai é extremamente pobre, e a renda informal é por volta de 60% da economia, contra 30% do Brasil. Antes de bancar o VIRA-LATA trate de conhecer bem do que está falando.
Mano Farid
Não sei em que sentido você vê o Brasil mais rico que o Paraguai, certamente você nunca nem pisou neste país vizinho. Grande ilusão pensar que o Brasil está por cima dos paises vizinhos. Acordem pois já é tarde e não sei como o brasileiro vai recuperar o tempo perdido. Eu que trabalho em varios países da Am. do Sul posso te dizer que não, muito pelo contrário. Nossos vizinhos (exceto VEN) tem IDH maior, poder de compra muito maior. Compara o salário minimo do BR com o de paises como BOL, PY... você vai chorar de raiva. Te dou um exemplo prático: fui realizar um trabalho no interior de SP com um colega paraguaio, era janeiro e um calor do c... e estávamos no alto de um edificio, de repente o paraguaio faz uma observação (no raio de visão do edificio se percebia que apenas uma casa tinha ar condicionado): como fazem aqui no verão para refrigerar neste inferno? (no PY até o pobre mais periférico usa ar condicionado no verão) Eu tive que baixar a cabeça e dizer que o brasileiro pobre não tem AC por que se usar não consegue pagar a conta de luz. Isso é ser mais rico? E a qualidade de vida? Eu poderia fazer aqui diversas ilustrações de como o brasileiro vive mal e pior que os vizinhos. O pior é que o povo é cego e não vê isso. Enquanto isso vamos chegando perto de ter uma qualidade de vida a nível de país pobre africano.
Mr. Morningstar
Os chineses usam piratas e kibam os piratas klkkkkkk
Jose Guilherme
Jogos principalmente. Parei de piratear jogos a um tempo. Hoje em dia tenho meu emprego e dou meu dinheiro suado com gosto, para desenvolvedores que merecem cada centava! CD Projekt RED all the way.
J_Eduardo
Eu valorizo muito o software original, quando a MS baixou o preço do office (independente dos motivos) passei a assinar uma licença anual legítima de office. Hoje uso Mac mas o custo de alguns (a grande maioria na verdade) tem preços surreais. Um aplicativo de senha a U$49.00 dólares considero absurdo, qualquer cliente de email pelo menos U$20.00. Nao sou a favor da pirataria, mas com preços justos,( que poderiam ser revistos já que as lojas são nativas dos países).Ja na Apple store para IOS temos preços mais realistas, apesar de ainda achar altos em alguns casos. Sou contra a pirataria, mas quando o produto oficial tem preço desproporcional, não me sinto mal, ou acho errado, em usar. Por sinal já comprei varios apps inclusive de empresas nacionais q estão começando e considero importante investir nelas e em seus profissionais.
Galo Carijó™
Eu também já trabalhei como prestador de serviço em um orgão do governo municipal e lá era 100% pirata (Windows, Office, WinRar, Photoshop, CorelDraw, etc). Isso foi há muito tempo atrás, não sei como está hoje em dia, mas duvido muito que tenha mudado. La dizia-se que pirateavam porque por ser orgão público, era "imune" a fiscalização.
Manoel Guedes
É errado quando você tem poder aquisitivo e disponibilidade de comprar o software em seu país por um preço justo e preferir "roubar" o software! Qual a diferença de uma pessoa de classe média que faz uso de aplicativo pirata no android que custa menos de 15 reais de um deputado que ganha 33 mil e ainda assim entra para corrupção?
gabriel
Pirataria é errado? Por que?
Exibir mais comentários