Início » Mobile » As fabricantes que mais demoram para atualizar seus Androids

As fabricantes que mais demoram para atualizar seus Androids

Por
2 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora
versiones-android

Se existe algo que incomoda usuários de Android é a periodicidade maluca com a qual as fabricantes lançam suas atualizações. Essa situação se agrava quando operadoras resolvem enfiar recursos desnecessários, o que atrasa ainda mais todo o processo.

O Google, inclusive, pode tornar públicos seus relatórios internos, com números que evidenciariam quanto cada empresa demora para liberar novas versões.

Resolvi me antecipar ao Google. Vou me basear nos principais aparelhos do mercado brasileiro para comparar as datas de lançamento das versões oficiais às datas dos softwares liberados pelas principais fabricantes (Asus, LG, Motorola, Sony e Samsung), do KitKat ao Mashmallow, dando preferência a celulares desbloqueados.

android-kit-kat

Android 4.4 KitKat: 31 de outubro de 2013

O primeiro aparelho a receber essa versão foi o Nexus 5, de forma nativa, desde a data de lançamento. Mas como se saem as outras fabricantes?

  • LG Nexus 4: menos de 1 mês (20 de novembro de 2013)
  • Motorola Moto X de 1ª geração: 1 mês (10 de dezembro de 2013)
  • Samsung Galaxy Note 3: 2 meses (13 de janeiro de 2014)
  • Samsung Galaxy S4: 4 meses (6 de março de 2014)
  • Sony Xperia Z1: 4 meses (19 de março de 2014)
  • LG G2: 6 meses (30 de abril de 2014)

Os outros aparelhos sob os cuidados do Google (Nexus 4 e Moto X, na época) receberam a atualização em questão de semanas. Mas a LG chegou a demorar seis meses para lançar sua versão. Samsung se manteve entre dois e quatro meses.

Lollipop-Forest

Android 5.0 Lollipop: 12 de novembro de 2014

Essa versão chegou ao mundo instalado no belíssimo Nexus 6. Em menos de uma semana, já estava disponível para o Nexus 5. Nos outros aparelhos:

  • Motorola Moto X de 2ª geração: 9 dias (21 de novembro de 2014)
  • Samsung Galaxy S5: pouco menos de 3 meses (2 de fevereiro de 2015)
  • LG G3: 3 meses (10 de fevereiro de 2015)
  • Samsung Galaxy Note 3 e 4: pouco menos de 4 meses (5 de março de 2015)
  • LG G2: mais de 4 meses (30 de março de 2015)
  • Sony Xperia Z3: mais de 4 meses (30 de março de 2015)
  • Sony Xperia Z2: quase 5 meses (7 de abril de 2015)
  • Samsung Galaxy S4: quase 5 meses (7 de abril de 2015)
  • ASUS Zenfone 5 e 6: pouco menos de 8 meses (1 de julho de 2015)
  • Motorola Moto X de 1ª geração: pouco menos de 8 meses (2 de julho de 2015)

Aqui existem algumas coisas bizarras a se notar. Logo de cara vemos que a Motorola conseguiu estar na primeira e na última posição ao mesmo tempo, o que deixa claro que eles estavam preocupados em manter atualizados, de forma imediata, os aparelhos mais novos. Donos do Moto X de primeira geração foram meio que deixados para escanteio por um bom tempo. Sony, LG e especialmente ASUS passaram dos 4 meses.

Android-M

Android 6.0 Marshmallow: 5 de outubro de 2015

Como não poderia ser diferente, os aparelhos do Google receberam suas versões enxutas muito antes dos concorrentes. Nexus 5, Nexus 6, Nexus 7 (2014), Nexus 9, Nexus Player, Pixel C, além dos Nexus 5X e Nexus 6P, já estão rodando o Marshmallow.

  • Motorola Moto X Style: pouco mais de 1 mês (12 de novembro de 2015)
  • Motorola Moto X de 2ª geração: pouco mais de 1 mês (12 de novembro de 2015)
  • Motorola Moto G de de 2ª geração: quase 2 meses (23 de novembro de 2015)
  • Motorola Moto X Play: 3 meses (5 de janeiro de 2016)
  • Samsung Galaxy S6 e S6 Edge: mais de 4 meses (15 de fevereiro de 2016)
  • Sony Xperia Z5, Z5 Compact e Z5 Premium: 5 meses (3 de março de 2016)
  • LG G4 Beat: 5 meses (4 de março de 2016)
  • LG G4: mais de 7 meses (19 de maio de 2016)

A ASUS tem planos para atualizar alguns aparelhos da linha Zenfone 2 até o final do semestre, o que novamente resultaria no longo tempo de aproximadamente 8 meses para liberar a nova versão se a empresa não estourar o prazo. Nada foi dito oficialmente, mas ao que tudo indica o Zenfone 5 vai ficar de fora dessa.

Novamente, a ASUS e a LG ficam para trás quando o quesito é atualização do Android, enquanto a Motorola se mostra mais eficiente.

Resumindo…

Para ser justo, resolvi agrupar a média de cada uma das versões para que a gente possa ter uma visão mais completa do que aconteceu nesse universo, ao menos nos últimos três anos:

No decorrer dos anos, a Motorola se mostrou mais rápida no processo de atualização do Android, embora tenha cometido alguns deslizes no meio do caminho, como no caso da liberação do Android 5.0 Lollipop para os proprietários do Moto X de 1ª geração. A Samsung se manteve num prazo aceitável, ao menos nos topos de linha. As mais demoradas são LG, Sony e principalmente Asus, que demora mais de um semestre para liberar uma atualização — quando a próxima versão já foi anunciada.

Agora eu pergunto aos usuários do Android: até que ponto a lentidão das atualizações influencia na sua escolha de compra de smartphones?